segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Pneumonia em crianças: 10 coisas que os pais precisam saber sobre a doença




A pneumonia é uma infecção respiratória grave que pode levar a óbito, principalmente crianças menores de cinco anos.1,2Ela é uma das principais causas de hospitalização no Brasil e no mundo, sendo que cerca de 1,2 milhão de crianças morrem anualmente em decorrência desta enfermidade.3
Mas como proteger as crianças da pneumonia? Confira abaixo 10 importantes informações sobre a doença e como os pais tem um importante papel na prevenção de seus filhos.

1) Qualquer pessoa, em qualquer idade, pode ter pneumonia?
Qualquer pessoa pode desenvolver a doença, mas crianças com até cinco anos de idade, lactentes, idosos e pessoas com doenças cardiopulmonares são as mais vulneráveis.2,6,7

2) A pneumonia é uma doença grave?
A pneumonia é uma infecção respiratória grave, caracterizada por tosse, febre e secreção. A doença é responsável por altas taxas de internações e mortalidade, especialmente entre crianças menores de cinco anos. Cerca de 15 milhões de crianças são hospitalizadas, por ano, nos países em desenvolvimento como o Brasil. A doença também é responsável por cerca de 20% dos óbitos anuais em todo o mundo.2
Em 2016, a pneumonia foi a maior causa de mortalidade infantil por doenças infecciosas no mundo. Essa informação foi observada ao analisar crianças menores de 5 anos.6

3) Quais sãos os principais fatores de risco para o desenvolvimento de pneumonia em crianças?
Os principais fatores de risco são baixo peso no nascimento, desnutrição, falta de aleitamento materno (pelo menos nos seis primeiros meses de vida), deficiência de vitamina A, poluição ambiental, exposição à fumaça de cigarro (fumantes passivos) e falta de imunização adequada com as vacinas disponíveis contra as principais doenças infecto-contagiosas que predispõem a pneumonias e contra os principais agentes de pneumonias (sarampo, varicela, coqueluche, gripe, Haemophilus influenzaetipo b, pneumococos).8

4) Quais são os principais sintomas da pneumonia em crianças?
Os principais sintomas são tosse constante, febre, gemidos por causa de problemas respiratórios, dificuldade para se alimentar, apatia, prostração e aumento da frequência respiratória. As crianças que manifestarem esses sinais devem ser levadas para atendimento médico imediato para tratamento adequado.8

5) Os sintomas da pneumonia podem ser confundidos com os da gripe?
Tosse, febre alta, dores pelo corpo e mal-estar são sinais típicos de gripe, mas também podem ser sintomas da pneumonia. Geralmente os sinais da gripe passam em três a quatro dias. Se os sintomas durarem mais que isso e surgir falta de ar, tosse com secreção e dor no peito, há possibilidade de ser pneumonia e um médico/pediatra deve ser consultado.3,9

6) Gripe pode causar pneumonia?
Gripe é provocada por vírus e a pneumonia também pode ser ocasionada por vírus, mas a mais frequente é por bactérias.9Porém, alguns vírus da gripe podem invadir o pulmão e comprometer seu sistema de defesa, deixando a pessoa mais vulnerável e mais suscetível aos agentes que causam a pneumonia.3

7) Fumar perto dos filhos pode contribuir para o desenvolvimento de pneumonia infantil?
De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 700 milhões de crianças no mundo são vítimas do fumo passivo, que sofrem com maior incidência de diversas doenças como a pneumonia. No Brasil, as crianças são 40% das vítimas do fumo passivo.10

8) Quais as principais causas de pneumonia em crianças?
A pneumonia é causada por diversos agentes infecciosos, incluindo vírus, bactérias e fungos, e pode ser transmitida de algumas maneiras.4 Os vírus e bactérias que são encontrados no nariz ou na garganta de uma criança podem infectar os pulmões se forem inalados. Além disso, esses microorganismos também podem se espalhar através de tosse ou espirro, e até mesmo pelo sangue, especialmente durante e logo após o nascimento.4
A bactéria Streptococcus pneumoniae ou pneumococo é a principal causa de pneumonia e de doença invasiva preveníveis através de vacinação, em crianças com menos de cinco anos.5

9) A vacinação é a forma mais eficiente de prevenção da pneumonia bacteriana em crianças?
A forma mais eficiente de prevenir contra a pneumonia causada pelo pneumococo é a vacinação.1,13 O Calendário de Vacinação do Programa Nacional de Imunizações (PNI) recomenda a administração de duas doses da Vacina Pneumocócia 10-valente (conjugada) idealmente aos 2 meses e aos 4 meses de idade e uma dose de reforço aos 12 meses.11
A vacina Pneumocócia 10-valente (conjugada) está disponível gratuitamente nos postos de saúde para crianças menores de cinco anos.11,12

10) Há outras formas de prevenção contra a pneumonia na infância?
Além da vacinação, outras formas de prevenção da doença em crianças são: lavar as mãos regularmente, garantir uma nutrição saudável, não compartilhar mamadeiras, copos e utensílios de cozinha e beber água potável.13,14

Aumenta o alerta para febre amarela no verão

Especialista do Hospital Anchieta explica que a baixa cobertura vacinal e o aumento no número de mortes de macacos infectados podem causar um alto índice de casos.
Resultado de imagem para macaco infectado febre amarela foto ou imagem

Antes mesmo do verão chegar, as autoridades de saúde do Brasil têm alertado a população para o risco de surto de febre amarela durante a estação favorita dos brasileiros. O aumento da temperatura favorece a reprodução dos mosquitos transmissores e, por consequência, o potencial de circulação do vírus. De acordo com números divulgados pelo Ministério da Saúde, de 1º de janeiro a 8 de novembro de 2018, foram registrados 1.311 casos e 450 mortes, quase o dobro do identificado no mesmo período do ano anterior, 736 casos e 230 mortes.
“Há uma possibilidade de um alto índice de casos de febre amarela no Brasil durante o verão. Esta previsão se dá pelo cenário de baixa cobertura vacinal, principalmente nas regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo. O maior número de casos humanos foi entre dezembro de 2017 e fevereiro 2018, no entanto, a detecção em primatas tem se mantido ao longo de todo o ano”, conta o infectologista do Hospital Anchieta, Dr. Manuel Palácios.

A doença

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda transmitida por vetores artrópodes – insetos que se alimentam de sangue e são capazes de transmitir agentes infecciosos entre seres humanos ou animais - e causada por um vírus do gênero Flavivirus, família Flaviviridae.

“Atualmente, a febre amarela silvestre (FA) é uma doença endêmica no Brasil (i.e., região amazônica). Na região extra-amazônica, períodos epidêmicos são registrados ocasionalmente, caracterizando a reemergência do vírus no País. O vírus é mantido na natureza por transmissão entre primatas não humanos (PNH) e mosquitos silvestres arbóreos, principalmente dos gêneros Haemagogus Sabethes (no Brasil). Sendo a febre amarela silvestre uma zoonose, sua transmissão não é passível de eliminação, necessitando de vigilância e manutenção das ações de controle (especialmente por meio de cobertura vacinal adequada. Uma pessoa com febre amarela silvestre pode, porém, ser fonte para um surto da chamada febre amarela urbana, transmitida principalmente pelo Aedes aegypti, um mosquito que vive nas cidades”, alerta o especialista.

Sintomas

De acordo com o Dr. Manuel Palácios, as manifestações clínicas da febre amarela podem variar desde infecções assintomáticas até a quadros graves e fatais, sendo importante destacar que a expressão da doença independe do contexto de transmissão, se urbana ou silvestre. Estima-se que quadros assintomáticos ocorram em aproximadamente metade dos casos infectados.

“O quadro clínico clássico caracteriza-se pelo surgimento súbito de febre alta, geralmente contínua; dor de cabeça intensa e duradoura; falta de apetite; náuseas e dores musculares. Nas formas leves e moderadas os sintomas duram cerca de dois a quatro dias e são aliviados com o uso de sintomáticos, antitérmicos e analgésicos, e ocorrem em cerca de 20% a 30% dos casos. As formas graves e malignas acometem entre 15% a 60% das pessoas com sintomas que são notificadas durante epidemias, com evolução para óbito entre 20% e 50% dos casos. Na forma grave, a dores de cabeça e musculares ocorrem em maior intensidade, acompanhadas de náuseas e vômitos frequentes, coloração amarelada da pele (icterícia) e diminuição do fluxo urinário ou manifestações hemorrágicas, como sangramento nasal, vômitos com sangue e sangramento ginecológico atípico”, explica o infectologista.

Medidas Preventivas

- Evitar viagens para áreas de risco ou em surto (especialmente áreas de floresta na Amazônia Legal).
- Vacinação preventiva com vacina fornecida pelo Ministério da Saúde (MS). Segundo recomendações da Organização Mundial de Saúde, aceitas pelo MS, uma dose plena da vacina confere proteção duradoura não precisando de novas aplicações. (nota: aplicações de dose fracionada, só tem indicação para surtos e não conferem proteção duradoura).

- Uso de telas de proteção e repelente nas potenciais áreas de risco.
- Evitar manipular ou manusear animais mortos encontrados em áreas de floresta ou peri-urbana. Sempre notificar imediatamente a equipe de Zoonoses.

Nego do Borel pede desculpas a Luisa Marilac após polêmica: 'Eu errei'


Coração
Atualização diária  14 de janeiro de 2019
NOTÍCIAS
Nani revela único desejo a concretizar no «clube do coração»
Em celebração do número redondo, o extremo português revelou o único desejo a cumprir pelo «clube do coração»: Ser campeão nacional.
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Com menos ativismo e mais coração, folk se fortalece no Brasil
Historicamente mais longe das barricadas e perto do coração, começa a falar além do amor e do desamor e a dar sinais de amadurecimento.
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Com orgulho no coração do Brasil: confira crítica da peça "Bem sertanejo - O musical"
Para ter acesso a essa e outras matérias e colunas exclusivas, faça o seu login. Ou assine agora e receba o Jornal do Brasil, impresso ou digital, ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Qual dos rapazes vai conquistar o coração de Iara?
Todos lutam pela Top Girl, mas só um vai conseguir conquistá-la. Quem será? Vê o jeito que o homens da casa têm para a esgrima.
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Alma e Coração: Júlia tenta fazer mal a Diana e Vera é apanhada pelo meio
Vitória conversa com Francisca sobre a investigação sobre o grupo neo-nazi e a madrasta diz-lhe que vai deixar essa investigação. Vitória insiste e ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Badaró Art Caffé: férias no coração de São Paulo
As sempre vibrantes esculturas em aço e ferro de Cássio Lázaro, as simpáticas e lúdicas obras de Inos Corradin e assim como as obras de Dolly ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Editorial: A Paz nasce no coração do homem
Por Abílio Raposo, diretor,. Este ano o Papa Francisco na sua mensagem para o Dia Mundial da Paz chama atenção para um aspeto muito ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Resultado da Timemania de sábado (12/01) com prêmio de R$ 9,5 milhões
Para solicitar os prêmios formalmente antes de mais nada o apostador deve acertar de 3 a 7 números e 1 time do coração, lembrando então que ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
O que esperar da história de Kingdom Hearts 3
Em Dream Drop Distance, foi revelado que ele viajou no tempo para colocar fragmentos de seu próprio coração em outras pessoas e, então, criar ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

Jornal de Saúde