quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Previdência Social humilha Segurado na Agência Goitacazes,BH/MG e atende mal

Falta pessoa para a Agência do INSS da rua Goitacazes, em Belo Horizonte, Minas Gerais, acima de tudo administração, organização e pulso firme da direção ou coordenador. A sua desculpa é sempre a mesma, muita gente e poucos funcionários "especializados" ou treinados para atender. No entanto, existem mais seguranças para atrapalhar e conter as reclamações de descontentamento pelo atendimento caótico, onde um atendimento agendado para 11h40 somente ocorre às 14h15 e mesmo assim, muito mal feito pelo atendente que é funcionário de carreira.

Essa agência, central, recebe todo o tipo de reclamação e pedido de esclarecimentos. A maioria, obviamente sobre aposentadoria e a outra grande reclamação é de benefícios, imaginem só, pessoas acidentadas, que comparecem lá, com muleta, cadeira de rodas, mancando e com todos os indícios aparentemente de deficiência para o trabalho e a reclamação é única: "O benefício foi suspenso ou não foi pago a parcela do mês de janeiro". É algo, assustador, mesmo os idosos e as mulheres não estão tendo o privilégio conquistado por lei, dentro de órgão do governo, que passou a régua rasa, já que todos são idosos, atendimento somente para idosos com 80 anos e ainda com problema de saúde grave e comprovado.

Mesmo as atendimentos simples, como o frei que tem dois cadastros de PIS e precisava saber qual ele usaria e assim não ter problema. Não souberam responder, não cancelaram um dos números, ou seja, o mais recente e disseram, aleatoriamente, que poderia usar qualquer um dos números. Isso depois dele passar nas mãos de moça que não tinha treinamento, informação para responder sua dúvida.

Se segurado do INSS que saber quanto tempo ou meses, ou anos, tem de contribuição, eles não informam, expedem um extrato, com todas as contribuições e quem quiser que sente e comece a fazer as contas de ano a ano e mês a mês, ou seja, até ter o tempo, calculado por leigos, sendo que a obrigação seria do INSS para informar ao segurado quantos anos faltam para que ele contribua.

O sentimento que o trabalhador que vai a essa agência da rua Goitacazes, é a de que eles dificultam desde o atendimento agendado até o presencial, para a pessoa desistir de seus benefícios e até mesmo de pagar a previdência social. É, mesmo provável, que isso aconteça, em local de trabalho "humanitário", onde tem mais segurança do que funcionários habilitados para atender, onde a água é quente e fica-se sentando mais de 3 horas para ser atendido em simples problemas que poderiam ser resolvidos por telefone ou mesmo site.

Só que este site não funciona, muitas pessoas, que tentam acesso, através de advogados que estão treinados e pessoas que possuem conhecimento de informática, não conseguem. Qualquer pretexto de erro de nome, de pai ou mãe, endereço o site manda para a Receita Federal, essa quando está no ar, atende e arruma, quando não lhe ensina o passo para que a pessoa mesma faça as mudanças. 

Mas, ainda é uma parcela pequena da população que consegue fazer isso. No entanto, mesmo essa pequena parcela, encontra problemas, o site não aceita e o tal do meu.inss.gov.br manda a pessoa ligar para o 135, que agenda visita a agência mais próxima, que você conhece, e quem cai na Goitacazes está bem que frito, mais do que isso, vai ficar com a coluna, nádegas e ouvidos estressado de tanta conversa atravessada, inclusive as suas, de tanto descontentamento.

O governo, essa semana, exatamente hoje(10/01/19) que vai realizar a operação Pente Fino, logo em cima dos acidentados, ou seja, o segurado que não está recebendo o Seguro por Acidente de Trabalho, aposentadorias, vai demorar mais ainda até que essa auditoria termine e pegue os supostos infratores, ou seja, aqueles que estão bons ou até mesmo nunca tiveram doentes. E, a maioria, um salário mínimo, no máximo, um salário e meio. Enquanto que nos países baixos, se discute de cada cidadão ter o direito a um salário mínimo vigente no país. Isso, sim, é primeiro mundo, economia planejada e não são comunistas, socialistas. 
Esse o o site do INSS, com os dados corrigidos na Receita Federal, ela não deixa a pessoa consultar e manda ligar

Enquanto, o Brasil, o assegurado aposentado, precisa, de se apresentar para dizer que está vivo, mesmo assim seu benefício é cortado e precisa, mesmo entrar com petições e muitos, advogados.
Estes por sua vez, levam a fama, muito merecidos, pois chegam a cobrar mais de 40% em casos de Auxílio Doença ou Acidente de Trabalho suspensos. Há casos, em que, o INSS suspende o segurado depois de pagar 7 meses de Seguro por Acidente de Trabalho. O advogado através de seu cliente, entra com recurso, voltam a pagar por mais 7 meses e suspendem e a pessoa ainda está doente. Ela entra com o recurso, e sempre, o advogado cobrando R$ 900,00 e mais 40% do primeiro vencimento que pode ser mínimo ou mais de salário mínimo. Afinal, que ganham mais com tudo isso?

Os funcionários que atendem não atendem com vontade e fazer o trivial do básico. Parecem muitos solícitos, mas são dispersos, irônicos e a chefia ou coordenadoria, não se organiza nem internamente e tampouco, externamente. Quando indagado sobre a desorganização distorce as palavras e afirma que as pessoas são avisadas que vai demorar e mesmo assim ficam lá do mesmo jeito, por horas e horas, a fio, às vezes, sem comer nada desde 7 horas da manhã, para sair com as mãos vazias e a barriga vazia, mas a paciência esgotada, cheia de descaso, desprezo que o poder público e seus funcionários mantém para com o próximo.

Podiam fazer paralisação e pedir mais funcionários, não atender durante essa reunião interne, onde deveria vir um superintendente, ou responsável, pela agência. Enfim, chamar a imprensa. Pessoas esclarecidas, já estão pré-concebidas, que a Rede Globo, não vem, ora, alguém chamou coletiva de imprensa na agência, ou no INSS de Brasília, sendo que o correto seria discutir o problema do estado, não, pessoas de ótima formação, se aposentando cedo. Agora imagine, as pessoas menos esclarecidas, somente com Deus, se apegar com o golpe de sorte, que alguém neste novo governo faça ao menos sua obrigação, como é mesmo que falava antes, fazer jus ao "rico" salário e a gorda aposentadoria que vai conquistar como ministro, secretário e outros cargos que lidam com Previdência Social.
S




Marcelo dos Santos - jornalista - MTb 16.539 SP/SP




Indústria de alimentos terá desafio em 2019, diminuir açúcar nos alimentos


Recentemente, os representantes das indústrias de alimentos assinaram um termo de compromisso com o governo, que tem como objetivo diminuir a quantidade de açúcar em doces, biscoitos, massas, refrigerantes,  entre outros. A ideia é reduzir o consumo em 144 mil toneladas até 2022, o que representa 62,4% do açúcar presente nos produtos atualmente.

Para Rommel Barion, presidente do Sincabima  - Sindicato das Indústrias de Cacau e Balas, Massas Alimentícias e Biscoitos, de Doces e Conservas Alimentícias do Paraná -, as indústrias terão que se adaptar as novas regras colocadas no termo de compromisso e estudar novas fórmulas  para seus produtos. “Será necessário pesquisar maneiras viáveis de substituir o insumo nos produtos. Não é um processo rápido, mas não podemos negar que o consumo de alimentos com menor teor de açúcar é uma tendência mundial e precisamos estar atentos à essa demanda”, explica.

Ainda de acordo com Barion, a redução, mesmo que pautada em uma porcentagem relativamente modesta, é um passo importante no combate a doenças ligadas ao consumo exagerado do insumo. “O termo não é uma garantia de reeducação alimentar por parte da população como um todo, mas é uma medida importante. Mesmo que o acordo tenha estabelecido valores módicos e isso não afete algumas empresas, visto que a taxa mínima proposta é superior ao praticado por elas, esta é uma ação muito importante para o setor. Devemos acompanhar de perto as medidas que serão tomadas para, então, pensarmos em novas soluções para a indústria”, diz. “No entanto, é importante salientar que todos devem fazer a sua parte no que tange o assunto: além das empresas, os consumidores também devem se conscientizar a respeito do uso abusivo do açúcar. Atualmente, a maior porcentagem de consumo de açúcar é oriunda da adição voluntária por parte do consumidor, e não daquele que integra os produtos industrializados”, finaliza. 


Vamos estudar: [GRADUAÇÃO| MONOGRAFIA] REFORMA PREVIDENCIÁRIA PROPOSTA PELA PEC 287/2016: UMA ANÁLISE À LUZ DE PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS …



[PDF] [GRADUAÇÃO| MONOGRAFIA] REFORMA PREVIDENCIÁRIA PROPOSTA PELA PEC 287/2016: UMA ANÁLISE À LUZ DE PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS …

VGS DE MELO - Portal de Trabalhos Acadêmicos, 2019
A presente pesquisa visa a destacar a relevância da previdência social que faz parte
do sistema de seguridade social. Embora seja de caráter contributivo e cheia de
princípios e regras, é de extrema importância para que o trabalhador sinta-se seguro …
TwitterFacebook

[PDF] [GRADUAÇÃO| MONOGRAFIA] A NECESSIDADE DE REGULAÇÃO INTEGRAL DOS PLANOS DE SAÚDE COLETIVOS PELA ANS

CDEVC FALABELLA - Portal de Trabalhos Acadêmicos, 2019
… CHRISTIANA DE VASCONCELOS COELHO FALABELLA A NECESSIDADE
DE REGULAÇÃO INTEGRAL DOS PLANOS DE SAÚDE COLETIVOS PELA
ANS Recife 2017 … A NECESSIDADE DE REGULAÇÃO INTEGRAL DOS …
TwitterFacebook

[PDF] DIREITO DO CONSUMIDOR-ANUSIVIDADE EM PREÇOS A VENDAS A PRAZO

NGDA COSTA - 2018
… os incontáveis anúncios publicitários dentro de canais televisivos, jornais,
revistas … Art. 4º A Política Nacional das Relações de Consumo tem por objetivo
o atendimento das necessidades dos consumidores, o respeito à sua …
TwitterFacebook

[PDF] A contratação em regime especial de direito administrativo (REDA) e seu impacto nas condições de trabalho docente: o caso dos professores do estado da Bahia

JA da Silva Junior, IF de Oliveira - Revista Brasileira de Sociologia do Direito, 2019
O presente estudo tem por objetivo analisar o fenômeno da contratação temporária
em Regime Especial de Direito Administrativo–REDA de docentes na Rede Pública
de Ensino do Estado da Bahia. Buscou-se compreender a criação da espécie de …
TwitterFacebook

[PDF] [GRADUAÇÃO| MONOGRAFIA] ANÁLISE DA CONSTITUCIONALIDADE DA EC Nº 96/2017 À LUZ DA DECISÃO DO STF NA ADIN Nº 4.983/CE

GDEM FERRAZ - Portal de Trabalhos Acadêmicos, 2019
… Esta forma, apesar de menos utilizada nos dias atuais, ainda assim acontece.
Por fim, vem o 5º(quinto) modelo, mais atualizado, hodiernamente … Tais direitos
– como o direito ao trabalho, à saúde, à educação – têm como sujeito passivo …
TwitterFacebook

[PDF] [GRADUAÇÃO| MONOGRAFIA] REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL: UMA REFLEXÃO JURÍDICA

RAS MONTEIRO - Portal de Trabalhos Acadêmicos, 2019
… como agente ativo e participe na garantia dos direitos estabelecidos, trazendo
a possibilidade de inserção de entes não governamentais, segundo o
presente inciso. § 1º O Estado promoverá programas de assistência integral …
TwitterFacebook

[PDF] O IMPACTO DAS NOVAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA FORMAÇÃO DOS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DE DUAS ESCOLAS DA REDE

JR DOS SANTOS - 2018
… A abordagem da equipe de enfermagem do protocolo de parada
cardiorrespiratória na unidade básica de saúde … preciso ressaltar que é
importante a participação do docente em cursos de atualização para melhor …
TwitterFacebook

[PDF] Experiências e diálogos com a obra “Memórias póstumas de Brás Cubas” de Machado de Assis e o Movimento Sem-terra

J de Souza Santos - LITERATURAe
Semelhantemente a Machado de Assis que na obra Memórias Póstumas de Brás
Cubas inicia a narrativa pela morte, recrio as peças do diálogo entre a narrativa
estilística machadiana dessa obra e as experiências geográficas das práxis de …
TwitterFacebook

[PDF] APRESENTAÇÃO DA METODOLOGIA DE PASSOS UTILIZADA NO LIVRO DIDÁTICO: EQUAÇÕES DIFERENCIAIS ORDINÁRIAS E TRANSFORMADAS DE …

JB LAUDARES, JPC DOS REIS, S FURLETTI - Caderno de resumos do II Encontro de …
… Os professores desistentes alegaram problemas de saúde e/ou sobrecarga
de trabalho … E isso exige estudo, variação e atualização de técnicas de
aprendizagem … Era escrava de um velho cego que residia em Juiz de Fora …
TwitterFacebook

[PDF] Fetichismo da mercadoria cultural, educação e formação1

R Loureiro - LITERATURAe
… bio- grafias de personagens da sociedade do espetáculo, livros de
gastronomia, es- portes, saúde, livros para … que os brasileiros têm cada vez
mais trocado o hábito de ler jornais, re- vistas … a política que envolve as lutas …
TwitterFacebook

Notícias do dia sobre saúde em geral

 Mãe que jogou recém-nascido em açude diz que filho nasceria com HIV por isso cometeu crime
Jornal Midiamax
Ver mais

Exercícios impedem avanço do Alzheimer

Metro Jornal
Ver mais
Ver mais
Ver mais
Ver mais
Foto: Reprodução/Fox News
Ver mais
Rapazes com suspeita de leptospirose em Maringá nadaram em cachoeira do Bosque 2. Acesso ao local é proibido

Saúde alerta para casos de leptospirose

odiario.com
Ver mais

PG registra 1º caso local de dengue em dois anos

arede
Ver mais
Por Impact Photography/Shutterstock
Ver mais

Jornal de Saúde