quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

É possível manter uma rotina saudável nas férias?


*Cibele Bastos Guaringue
 
Com a chegada do período das férias escolares, as crianças e os adolescentes querem mesmo é ficar longe de tudo que lembre a escola. Querem acordar tarde, se alimentar apenas no horário que sentirem fome e escolher aquilo que querem fazer. Até aí tudo bem! Pois após um ano de dedicação aos estudos, tendo que acordar cedo, realizando muitas atividades, exercícios, pesquisas e provas, as férias chegam para desacelerar um pouco essa rotina e para proporcionar momentos diferentes, como assistir a um bom filme, passear no parque, conhecer novos lugares e novas pessoas, contemplar as belezas da natureza e estar mais próximo de familiares e amigos.

No entanto, uma grande parte das crianças e adolescentes não aproveita o período de folga dessa maneira e passa as férias trancada em um quarto jogando no celular, computador ou videogame ou assistindo à televisão. Estamos diante de uma geração que ao invés de aproveitar as inúmeras possibilidades oferecidas, se fecha na individualidade que os eletrônicos proporcionam. Mas como intervir frente a essas questões?

Uma dica é a família sentar com a criança ou com o adolescente e juntos montarem um cronograma com atividades interessantes para serem realizadas durante esses dias. Ações que despertem o interesse, que trabalhem com o corpo, que estimulem o desenvolvimento motor, cognitivo e a interação com outras crianças ou adolescentes da mesma faixa etária. São inúmeras as opções: jogos de tabuleiro, gincanas, culinária, cinema, bingo, caminhadas, passeios de bicicleta, em zoológicos, piqueniques no parque, entre outras. Os jogos eletrônicos podem também fazer parte da lista, mas num período de no máximo duas horas por dia.

Outro aspecto importante a ser considerado é a distância que as crianças e adolescentes mantêm do universo da leitura e da escrita. Questão que muito preocupa os educadores ao término do ano letivo, sobretudo com relação aos pequenos que se encontram no processo de alfabetização. Por que não oferecer à criança aquilo que ela gosta de ler, levá-la a uma biblioteca ou livraria- cafeteria para que escolha um livro que desperte o interesse? Alternar momentos de leitura entre os membros da família, dramatizar a história apresentada, construir um livro com ideias ‘malucas’, registrar no computador o que mais gostou da obra que leu e compartilhar com os amigos. Também é importante que os pais escolham livros para ler, pois as crianças aprendem muito com os exemplos.

Com uma dose de boa vontade e um pouquinho de criatividade é possível fazer dos dias de férias momentos inesquecíveis de lazer, descontração e conexões. Certamente as crianças e os adolescentes voltarão para a escola no próximo ano descansados e muito mais interessados em aprender. 

Cibele Bastos Guaringue é coordenadora pedagógica.


Programa Nanotecnologia do Avesso completa dez anos e Fundacentro é parceira


Programa tem contribuído para levar informação científica para a sociedade
O Programa Nanotecnologia do Avesso, criado em 2009, entre a Fundacentro e a Rede de Pesquisa em Nanotecnologia, Sociedade e Meio Ambiente (Renanosoma), completa, dia 12 de janeiro de 2019, 10 anos de transmissão ao vivo pela web tv, plataforma de conteúdo e direcionada para o Youtube, a partir de 2013.

Para comemorar os "10 anos do Programa Nanotecnologia do Avesso: cada um por todos”, será realizado em São Paulo um encontro que reunirá profissionais do Brasil e do exterior que irão debater as experiências e contribuições obtidas ao longo de uma década.

A idéia de criar um programa para falar sobre nanotecnologia nasceu da percepção do pesquisador, Paulo Martins, que entendia ser necessário levar à sociedade, informações que estavam somente no âmbito da academia. “O programa, além de ter contribuído em uma longa trajetória de informações e discussões ao público leigo, gerou um banco de dados único no Brasil, sobre o processo de desenvolvimento das nanotecnologias no país e no exterior”, conta Paulo. Sua primeira entrevistada foi a pesquisadora da Fundacentro, Arline Sydneia Abel Arcuri.

Parceira da Renanosoma e do Programa Nanotecnologia do Avesso, a Fundacentro vem contribuindo com estudos, medidas de prevenção, palestras e trabalhos científicos que reforçam a necessidade de implementação de politicas públicas, capazes de minimizar os riscos aos trabalhadores relacionados ao uso da nanotecnologia. Entre as produções da Fundacentro estão as histórias em quadrinho e a Nota Técnica no. 01/2018 sobre Nanotecnologia, bem como a realização do XV Seminanosoma - o último realizado em novembro de 2018. Leia mais.

Nesses 10 anos, profissionais de diferentes áreas do conhecimento participaram do Programa abordando conteúdos que dão importância ao tema “engajamento público em nanotecnologia , ciência e democracia”. “Fomos capazes de articular a contribuição de várias pessoas e agora precisamos renovar nossas energias para continuar nosso trabalho por mais 10 anos”, reforça Paulo Martins.

Mas para o coordenador, há uma grande distância entre a socialização de informações entre quem de fato paga pelas pesquisas e quem de fato as recebe. “A nanotecnologia no Brasil está mal posta, isto porque no processo de desenvolvimento destas tecnologias no século XXI, só participaram os membros da academia, membros da academia em postos governamentais, excluindo-se outros atores sociais do processo de participação”, enfatiza Martins.

Confirmaram presença via Skype, video ou presencial (até a data de divulgação deste texto), representantes da Holanda, Bélgica, Alemanha, Costa Rica, Colômbia, México, Estados Unidos, Espanha, Peru, Argentina, Portugal, Itália, e pelo Brasil, a Fundacentro, Renanosoma, Faculdade de Saúde Pública, Apeoesp e Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Unisinos, Universidade Federal de Sergipe, Universidade Federal do Recôncavo Baiano, Dieese, IIEP e Sindicato dos Metalúrgicos de Jaguariúna, entre outros.

Divulgação

A divulgação do Programa Nanotecnologia do Avesso vem se consolidando a cada dia em diferentes mídias. Além do portal institucional da Fundacentro, com matérias publicadas pela Assessoria de Comunicação Social, o Programa atinge um público de mais de 80 mil usuários cadastrados na mala direta da instituição e que recebem informações no Noticias da Semana, boletim elaborado pela área de comunicação da Fundacentro.

No Youtube, os usuários podem interagir por meio de perguntas e receber informações sobre temas voltados à nanotecnologia e agricultura, nanoparticulas para tratar picadas de cobra, contribuição da nanotecnologia no combate ao Alzheimer, monitoramento biológico dos trabalhadores expostos a nanomateriais engenheirados, nanotecidos, músculos artificiais, quantificação e exposição de nanomateriais engenheirados e seus impactos à saúde humana e ambiental, entre outros.

Leia abaixo, matérias divulgadas sobre o Programa Nanotecnologia do Avesso e Nanotecnologia.

Quer saber mais sobre nanotecnologia e seus impactos na saúde dos trabalhadores? Nosubsite “Nanotecnologia” da Fundacentro, o usuário poderá acessar todas as atividades realizadas pela instituição, publicações, materiais para estudo, cursos e entidades parceiras.

Em forma para o Carnaval: ainda dá tempo?


As festas de fim de ano acabaram. Os parentes foram embora, mas a “barriguinha” ficou. E agora, o que fazer?

Se você viu os números na balança subirem e o abdômen aumentar, não se desespere. Muitos querem perder o peso extra de um dia para o outro. Seria ótimo chegar ao Carnaval em forma, não é mesmo?

Nessa hora, cuidado. Existem várias receitas “mágicas” para emagrecer. Mas elas podem ser extremamente danosas para a sua saúde e não trazer os resultados esperados.

Um exemplo é a famosa dieta low carb. Já ouviu falar? Seus adeptos reduzem substancialmente a ingestão de carboidratos e aumentam as proteínas. Existem dietas ainda mais agressivas, sem acompanhamento e controle, com base alimentar a base de alface e água.

Outra loucura é praticar exercícios intensos sem se preparar. Ou então fazer “milhares” de exercícios abdominais por dia.
Essas artimanhas com o corpo, na maioria das vezes, não são bem-sucedidas. Explico.

Dietas radicais ignoram as necessidades nutricionais do corpo. O metabolismo precisa, sim, de calorias. Então, o resultado é negativo: aumento do apetite, irritabilidade e frustração de não conseguir alcançar o resultado desejado.
Já a imersão exagerada em exercícios físicos sobrecarrega o corpo. Principalmente se você estava fisicamente inativo antes. Agindo assim, você vai ficar impossibilitado de fazer atividades por várias semanas, além de correr graves riscos de lesão.

Já os milhares de abdominais para desfilar uma “barriga tanquinho” no Carnaval só funcionam nos vídeos da internet. Para eliminar a gordura localizada e definir a musculatura, é preciso associar vários exercícios – como corrida e musculação, com abdominais como complemento. E, é claro, praticá-los com constância.

Mas e agora, o que eu faço?
A melhor maneira de chegar em forma no Carnaval é a prevenção. Se dedicar ao longo de todo um ano à reeducação alimentar e prática constante de exercícios físicos.

Então você pode começar hoje e mirar no Carnaval de 2020. Que tal? Depois de um ano inteiro de bons hábitos, o corpo fica bonito esteticamente. E o mais importante: saudável.
Para isso, o passo a passo é bem simples:
  • Comece agora sua preparação para o próximo ano
  • Busque a melhor atividade física para as suas necessidades
  • Faça uma reeducação alimentar
  • Procure acompanhamento profissional
  • Progrida aos poucos e respeite o ritmo natural do seu corpo
  • Mude seu comportamento e seu corpo também mudará
  • Seja constante e dedique-se ao longo de todo o ano.
Parece difícil? Mas não é! Basta começar dentro do seu limite e ter dedicação. Os resultados virão e, daqui um ano, você verá que o esforço valeu a pena.
Boa sorte e bons treinos!
Rafael Luciano de Mello é professor dos cursos de Educação Física 

"É de coração", garante Pepe nas redes sociais


Coração
Atualização diária  9 de janeiro de 2019
NOTÍCIAS
"É de coração", garante Pepe nas redes sociais
É de coração. Sempre foi e será com vontade de competir e vencer. Somos e seremos sempre Porto", escreveu o central luso-brasileiro. Pepe, de 35 ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

Vamos à Farmácia | Vacinas Orais


Vacinas
Atualização diária  9 de janeiro de 2019
NOTÍCIAS
Vamos à Farmácia | Vacinas Orais
Broncho-Vaxom – O que são as vacinais orais? Quando se trata de infecções respiratórias, há anos que na Europa se recorre à toma de vacinas ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Estações da CPTM terão vacinação contra febre amarela
Na Estação Guaianases, as vacinas serão aplicadas nesta quarta-feira (9) e no sábado (12), das 10h às 15h. Já na Estação Domingos de Moraes, ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Anticorpos de lhamas podem oferecer proteção universal contra gripe
Embora as vacinas contra a gripe sejam atualmente a ferramenta mais usada no manejo e prevenção de epidemias em todo o mundo, sua eficácia ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Apresentadora contra vacinação morre de gripe H1N1
Mas também gerou polêmica devido a um post de 2011 em seu perfil no Twitter (onde adotava a alcunha Bre) que descrevia a vacinação como “o ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Estação Guaianases terá vacinação contra febre amarela nesta quarta
Vacinas contra a febre amarela serão aplicadas nesta quarta-feira (9) na estação Guaianases, na linha 11-Coral da Companhia Paulista de Trens ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Vacinação contra aftosa cumpre meta na região ao imunizar 100% do rebanho
Depois de um mês do encerramento da segunda etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa de 2018, o rebanho local de bovinos e ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Médicos elaboram contabilidade paralela sobre aumento de doenças na Venezuela
Desde que os boletins epidemiológicos que eram produzidos anualmente pelo Ministério de Saúde da Venezuela deixaram de ser divulgados, em ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

Como preservar a fertilidade no tratamento de câncer?


Cancer
Atualização diária  9 de janeiro de 2019
NOTÍCIAS
Como preservar a fertilidade no tratamento de câncer?
Todo paciente que vai fazer um tratamento de câncer e ainda está em idade reprodutiva deve ser alertado da possibilidade de perder a fertilidade e ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Principal causa do câncer de útero é o HPV. Saiba identificar os sintomas
A oncologista Juliana Ominelli, do Grupo Oncoclínicas do Rio de Janeiro, explica como prevenir; "Janeiro Verde" é o mês de combate ao câncer de ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Mortes por câncer nos Estados Unidos caem 27% ao longo de 25 anos
RIO - Os números de morte por câncer nos Estados Unidos acabam de alcançar uma marca histórica: estão há 25 anos em queda consistente, ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Fumantes tem três vezes mais chances de terem câncer de bexiga
É importante conhecer os fatores de risco para o câncer de bexiga porque com a mudança de hábitos, como instituir boas práticas ao cotidiano, ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Vacinação e exame preventivo ajudam a manter longe o câncer de colo de útero, um dos mais ...
Mortal, mas de fácil prevenção. Descoberto no estágio inicial, o câncer de colo de útero tem, inclusive, chances de cura de até 100%. Entretanto, sem ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Estudo sobre previsão de câncer de boca vence prêmio de inovação
Pesquisa que apresenta uma novo modo de prever o câncer de boca a partir da análise de proteínas, com participação do Instituto de Ciências ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Participante do 'The Wall' revela que usou prêmio para tratamento de câncer
"Os planos de construção da casa ficaram para 2019. Ainda estou em tratamento: já fiz as quimioterapias e nos próximos dias, inicio as radioterapias, ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Depois do câncer, Danieli se apaixonou novamente pela vida pedalando
Danieli Mathias estava acostumada à vida entre o escritório e o sofá. Zona de conforto repentinamente invadida pela sombra de um câncer de ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
WEB
Weight loss in pancreatic cancer...
Weight loss in pancreatic cancer patients is a common — and serious — problem. And now, experts say that it should be treated as aggressively as ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

Jornal de Saúde informa

jornal de saúde

jornal de saúde Bhte, fev/19/02/2019 Araraquara confirma morte de mulher de 28 anos por dengue Leia e fique atualizado sobre saúde todos os...

Jornal de Saúde