quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Por falta de maternidade, grávidas de Santa Luzia, na Grande BH, são obrigadas a sair da cidade ...


Saúde em Belo Horizonte/MG
Atualização diária  2 de janeiro de 2019
NOTÍCIAS
Por falta de maternidade, grávidas de Santa Luzia, na Grande BH, são obrigadas a sair da cidade ...
De acordo com a Secretaria de Estado da SaúdeMinas Gerais perdeu quase 16% dos ... Mas no Hospital Santa Fé, que fica em Belo Horizonte.
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

Hidratação no verão garante organismo saudável

Hidratação no verão garante organismo saudável
Especialista indica cuidados e sinais de desidratação

A estação mais quente do ano mal começou e as altas temperaturas registradas nas últimas semanas fizeram com que muitas pessoas aumentassem a ingestão de líquidos para amenizar o calorão. A falta de hidratação pode prejudicar o organismo e em longo prazo resultar em problemas de saúde.

A recomendação para evitar a desidratação, no caso de um adulto, é o consumo em média de 2 litros por dia, principalmente de água. “Essa medida pode variar de acordo com alguns fatores, como idade, peso, clima e condições do ambiente, presença de alguma doença. O importante é nunca esperar ter a sensação de sede, pois esse já é um sinal de desidratação”, explica a nutricionista e pesquisadora da Fundação Pró-Rim, Fabiana Baggio Nerbass.

Para variar a hidratação é possível beber água de coco, chás naturais gelados e sucos naturais, sem adição de açúcar. Evite consumir refrigerantes, refrescos em pó ou até mesmo de caixinha que contêm muitos conservantes, aditivos químicos e nenhum nutriente aproveitável ao organismo.

A desidratação

O organismo pode perder água na forma de urina, parte das fezes e pela transpiração, muito frequente nesse período por conta do calor. “Há evidências que mostram que a sensação de sede é desencadeada tardiamente, quando o organismo já está levemente desidratado”, explica a nutricionista. E isso parece ser mais relevante em crianças e idosos, cujo mecanismo da sede é ainda mais sensível a estas perdas.

A sede é o principal sintoma da desidratação, mas também pode ser percebida quando a boca fica seca, a pele ressecada, olhos aparentemente fundos, tontura e enjoo. Quando isso ocorre a hidratação do organismo deve ser feita com água, soro, água de coco, bebidas isotônicas, sopas, sucos e chás.

Por meio da urina é possível verificar o estado de hidratação e pode ser monitorado diariamente. As diferentes tonalidades indicam se o indivíduo está mais ou menos hidratado. Quanto mais clara e transparente estiver a urina, melhor hidratado se encontra o organismo.

Fique atento as cores e seus sinais:
Urina bem clara: pode indicar que esteja tomando água em excesso. E ao contrário do que se pensa, a ingestão exagerada de líquidos também pode ser um problema, pois sobrecarrega os rins e traz à perda de sais, inchaço, sonolência e mal-estar.
Amarelo claro: essa é cor ideal.
Amarelo escuro: considerado normal, porém é um sinal de que precisa ingerir mais água.
Ambar ou mel: esse é um sinal de desidratação. É importante beber mais água.
Laranja: pode indicar falta de água ou pigmentos de comida. Se persistir pode ser problemas de fígado ou na vesícula. É importante consultar um médico e realizar um exame para descartar qualquer problema.
Espuma ou efervescente: se for persistente, indica o excesso de proteína ou algum problema renal. Consulte um nefrologista.
Rosa ou avermelhada: se for persistente, pode indicar problemas no fígado, rim, próstata, infecção ou ainda um tumor.
Acastanhada: indica desidratação severa ou problemas de fígado.
Azulado ou esverdeado: pode ser de comida, medicação ou ainda, infecção bacteriana.

Fonte de pureza

Além de ajudar na diminuição de sensação de fome, a água melhora a circulação sanguínea, a disposição, auxilia no funcionamento do intestino, contribui com a saúde dos cabelos e da pele, entre outros benefícios.

O cuidado com a qualidade da água ingerida também merece atenção, pois muitas vezes a ingestão de líquido contaminado pode resultar em doenças, como a leptospirose. Para evitar que isso ocorra, consuma somente água filtrada ou fervida, tanto para o preparo dos alimentos quanto para ingestão. Água de qualidade é incolor e não apresenta cheiro nem gosto.

Como se hidratar

A água é a principal fonte de hidratação, mas você também pode optar por sucos, leites, frutas, verduras e legumes, que contém água na composição. Frutas como melão e melancia têm quase 90% de água e fornecem boa parte da necessidade hídrica do corpo. Já as verduras e legumes são ricos em água e sais minerais, sendo ótimas opções de refeições que combinam com esta estação.

Refrigerantes e sucos artificiais não devem ser substituídos pela água na hora da hidratação. “Essas bebidas contém uma quantidade considerável de açúcar e ausência de nutrientes essenciais, além do excesso de sódio e a presença de corantes”, indica a nutricionista Fabiana. O consumo de bebidas artificiais somado a outros hábitos inadequados podem contribuir para doenças, como diabetes e obesidade.

Para evitar a desidratação, leve sempre com você uma garrafinha de água. Curta o verão com a saúde em dia!




Políticos e redes sociais incentivam crescimento do movimento antivacina


Vacinas
Atualização diária  2 de janeiro de 2019
NOTÍCIAS
Políticos e redes sociais incentivam crescimento do movimento antivacina
Antonio Broto. Genebra, 2 jan (EFE).- Os céticos das vacinas pareciam condenados a ser uma minoria extravagante após séculos nos quais estas ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

"Vamos ter as doenças que os políticos quiserem"


Google
Todas as doenças
Atualização diária  2 de janeiro de 2019
NOTÍCIAS
"Vamos ter as doenças que os políticos quiserem"
«Começamos a envelhecer assim que nascemos», diz Elsa Logarinho. Afinal, é esta a doença que aí vem, de forma crónica, não aguda, e para todos ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Criança de 12 anos moradora do bairro da Mina pode ser o primeiro caso de dengue em Itupeva
... de risco para dengue, zika e chikungunya, todas doenças transmitidas pelo ... Do total, 208 estão em alerta e 42 em risco de surto das doenças.
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

O suco dessa fruta faz emagrecer e perder as gorduras localizadas

Saúde natural
Atualização diária  2 de janeiro de 2019
NOTÍCIAS

O suco dessa fruta faz emagrecer e perder as gorduras localizadas
O suco natural dessa fruta, não é prejudicial para a saúde, porém caso opte pelas cápsulas naturais do morisol, procure um especialista para ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

Bragança-Miranda: «A paz nasce de um coração amado e perdoado» – D. José Cordeiro

Coração
Atualização diária  2 de janeiro de 2019
NOTÍCIAS
Bragança-Miranda: «A paz nasce de um coração amado e perdoado» – D. José Cordeiro
“A paz nasce de um coração amado e perdoado. Em cada celebração manifesta-se o dom da paz e por isso na sua conclusão somos enviados em ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Ex-vice dos sonhos, Magno Malta está no exterior e falta na posse de Bolsonaro
O ex-senador Magno Malta (PR-ES), que foi cogitado para ser o vice-presidente na chapa do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), está em Israel e ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Michelle quebra protocolo e discursa em Libras antes de Bolsonaro
Tenho esse chamado no meu coração e desejo contribuir com o desenvolvimento do ser humano", disse Michelle. Durante a transição, Michelle ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Primeiro pré-carnaval do ano em São Luís será com Máquina de Descascar'Alho
O carnaval de 2019 começa ao som da Máquina de Descascar'alho. E como acontece tradicionalmente há 33 anos, o grupo dá o primeiro grito de ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Ticiane Pinheiro exibe barriguinha de grávida com Tralli e Rafinha! Veja:
César ainda compartilhou uma fofa imagem de Rafinha comemorando a gravidez da mãe. Ele mostrou a menina fazendo coração com as duas mãos ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

Jornal de Saúde