quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Prestigie nossos patrocinadores

Como seria o mundos sem as abelhas?


Icó/CE promove evento no Mês Nacional de Conscientização da Fibrose Cística





Mais de 36 cidades, em todo o Brasil, estarão unidas para organizar eventos para falar sobre a doença, que ainda é desconhecida por grande parte da população.

Ceará, setembro de 2018 - O Setembro Roxo, Mês Nacional de Conscientização da Fibrose Cística, é promovido anualmente pelo Unidos Pela Vida - Instituto Brasileiro de Atenção à Fibrose Cística em parceria com as associações de assistências de todo o Brasil e voluntários, com o intuito de conscientizar a sociedade sobre a doença e a importância do diagnóstico precoce.

A fibrose cística é uma doença genética rara que faz com que a secreção do organismo seja mais espessa que o normal, desencadeando diversos sintomas, como suor mais salgado que o normal, tosse crônica, dificuldade em ganhar peso e estatura, pneumonias frequentes e diarreia.

No dia 14 de setembro, em Icó/CE, ocorrerá em frente à Clínica Escola da Faculdade Vale do Salgado, a partir das 8h, Atividades de Divulgação da Fibrose Cística. Voluntários estarão presentes para explicar os sinais e os sintomas da doença, que se diagnosticada precocemente, dá ao portador melhores condições de vida.

O objetivo do Instituto é promover ações de apoio e conscientização sobre a fibrose cística, que se diagnosticada precocemente e com o tratamento correto, permite que a pessoa tenha melhor qualidade de vida. É possível identificá-la pelo Teste do Pezinho e a sua confirmação se dá por meio do diagnóstico do Teste do Suor.

Campanha de conscientização 2018

Neste ano, a temática da campanha do Setembro Roxo apresenta a relação entre os principais sintomas da doença e as peças de um quebra-cabeça, que sozinhas não representam muita coisa, mas juntas podem significar algo muito maior, como a fibrose cística. Essa patologia atinge cerca de 70 mil pessoas no mundo inteiro. No Brasil, estima-se que a incidência seja de 1 caso a cada 10 mil nascidos vivos, porém, há algumas diferenças regionais, com valores mais elevados nos estados da região Sul.

“Durante todo o mês, nossas peças e vídeos estarão em outdoors, sites, revistas e jornais. É uma grande mobilização para aumentar o alcance da instituição e conscientizar as pessoas”, explica Verônica Stasiak Bednarczuk, portadora da fibrose cística e fundadora do Instituto Unidos pela Vida.

No RGS: Comida de Rua, lançamento de livros e sessões de cinema integram a programação da III AgUrb





3ª Conferência Internacional Agricultura e Alimentação em uma Sociedade Urbanizada - que acontece na UFRGS, de 17 a 21 de setembro - terá atividades abertas ao público geral, com destaque para a Edição Especial da feira Comida de Rua, na Redenção

A III AgUrb - 3ª Conferência Internacional Agricultura e Alimentação em uma Sociedade Urbanizada -  que acontecerá na UFRGS, em Porto Alegre/RS, entre os dias 17 e 21 de setembro de 2018, vai reunir cerca de 170 especialistas de 36 países para discutir o tema central Alimentos saudáveis, sociobiodiversidade e sistemas agroalimentares sustentáveis: inovações do consumo à produçãoNa intensa programação da Conferência, três atividades são abertas ao público em geral: a Edição Especial da Feira Comida de Rua - que terá 15 bancas gastronômicas na Redenção durante todo o período do evento, lançamento de livros e sessões de cinema, que acontecem nos dias 18 e 19 de setembro, na UFRGS. Saiba os detalhes da Conferência e das atividades culturais no serviço abaixo.
Edição Especial do Comida de Rua será um espaço de convivência e alimentação para promover a integração entre os participantes da Conferência, produtores locais e a população de Porto Alegre, em uma experiência aberta ao público para estimular o debate sobre práticas alimentares. Mobilizada pela parceria entre a Comissão Organizadora da AgUrb e o Comida de Rua, conta com a participação e protagonismo de chefs, agricultores e empreendimentos locais, trazendo uma amostra da diversidade dos alimentos regionais e sazonais. O espaço funcionará entre os dias 17 e 21 de setembro no Parque da Redenção (atrás do Espelho d'água), ofertando almoços e lanches que abrangem a diversidade de estilos alimentares e contemplando o público com qualidade e diversidade. Nos dias 19 e 20 de setembro, a FEIRA se estende até às 22h, promovendo uma festa com a participação de DJ's locais, tornando-se um espaço de lazer a céu aberto para a população. Ao longo do dia 20, A Feira traz uma série de atividades abertas: Yoga Danças Circulares  oficina de identificação de PANCS - Plantas Alimentícias Não Convencionais são algumas das atrações. Confira os horários de funcionamento no serviço abaixo e a programação completa em https://goo.gl/GYvTa3.
A escolha dos parceiros gastronômicos se deu em função da relevância da sua atuação e contribuição no meio gastronômico local, trazendo uma diversidade de alimentos regionais e sazonais. São eles: chefs Patrick VargasMathura e Rodrigo PazPitanga BistrôChica - Parrilla y BarCozinha TimbleraEl Toro BurgerCadeia Solidária de Frutas NativasBá KombuchaRede EcovidaTerra Amor Temperos NaturaisFrida PeppersAraxáZapata - Cervejaria Rural e Cervejaria Oito.
A programação cultural da 3ª AgUrb também inclui o lançamento de doze livros relacionados aos temas da Conferência, com sessões de autógrafos que serão realizadas nos dias 18 e 19 de setembro, às 18h30, na Sala II do Salão de Atos da UFRGS. Confira a programação e os títulos no serviço abaixo.
Ainda nos dias 18 e 19 de setembro, a Conferência vai apresentar o Cine AgUrb, trazendo uma mostra de curtas e médias metragens ficcionais e documentais sobre os temas em questão no evento. As exibições acontecem na Sala Redenção, abertas ao público em geral, com entrada franca. Confira os horários no serviço abaixo. 
Serviço - 3ª AgUrb - atividades culturais e gastronômicas
Comida de Rua - Edição Especial 3ª AgUrb
Local: Parque da Redenção (atrás do Espelho d'água)
Entrada Franca
Dias 17, 18 e 21 de setembro: das 11h45min às 17h00min
Dia 19 de setembro: das 11h45min às 22h00min - Festa com DJs Locais
Dia 20 de setembro: das 11h00min às 22h00min - programação especial destinada à confraternização dos participantes da III Conferência Internacional de Agricultura e Alimentação em uma Sociedade Urbanizada. Atividades abertas: Yoga Danças Circulares  oficina de identificação de PANCS - Plantas Alimentícias Não Convencionais. Festa com DJs Locais

Lançamento de livros e sessões de autógrafos
Local: Sala II do Salão de Atos da UFRGS
Dias 18 e 19 de setembro, às 18h30
Entrada Franca
Dia 18 de setembro:
Terry Marsden - "The SAGE Handbook of Nature" (SAGE Publications)
 João Peres e Moriti Neto - "Roucos e sufocados: a indústria do cigarro está viva, e matando" (Elefante)
Marcelo Zaro - "Desperdício de alimentos: velhos hábitos, novos desafios" (EDUCS)
Alexander Chayanov - "A teoria das cooperativas camponesas" (UFRGS)
Marilise Oliveira Mesquita, Deise Lisboa Riquinho, Tatiana Engel Gerhardt, Eliziane Nicolodi Francescato Ruiz (orgs.) - "Saúde coletiva, desenvolvimento e (in)sustentabilidades no rural" (UFRGS)
Daniela Callegaro - "Plataforma Observatório Brasileiro de Economia e Mercados Agroecológicos e Orgânicos" (OBEMA)
Dia 19 de setembro:
Jan Douwe van der Ploeg - "The New Peasantries" (Routledge)
Sônia de Souza Mendonça Menezes e Fabiana Thomé da Cruz (orgs.) - "Estreitando o diálogo entre alimentos, tradição, cultura e consumo" (UFS)
Paulo Niederle e Valdemar João Wesz Junior (orgs.) - "As novas ordens alimentares" (UFRGS)
Eric Sabourin e Catia Grisa (orgs.) - "A difusão de políticas brasileiras para a agricultura familiar na América Latina e Caribe" (Escritos)
Mireya E. Valencia Perafán, Catia Grisa, Iván Peyré Tartaruga e Cesar Adrián Ramirez-Miranda - "Gestão e dinâmicas em desenvolvimento territorial" (UFRGS)


Cine AgUrb
Dia 18 e 19 de setembro (terça e quarta-feira), vários horários
Local: Sala Redenção - UFRGS - Av. Paulo Gama, 110 - Farroupilha - Porto Alegre/RS
Entrada Franca
Classificação indicativa: Livre
{C}·         Dia 18 de setembro, às 16h - seleção de curtas:
O poder da alimentação - Ana Branco, Bela Gil, Bruno Negrão, Cynthia Howlett, Gabriela Chaves e Jorge Jamili apresentam, neste documentário, os problemas dos alimentos processados e a importância da alimentação natural. A alimentação é tratada como um ingrediente para uma vida saudável. https://youtu.be/-kgsHv1KrzkProdução e direção da Philos TV, pertencente Globosat Programadora Ltda.
Interpretação cultural do sabor: Alex Atala - Alex Atala é um chefe de cozinha brasileiro conhecido pelo uso de ingredientes brasileiros, principalmente do norte do país. Neste vídeo de apresentação ao TEDxCampos, ele fala sobre como a cultura influencia nossos gostos e hábitos alimentares e sobre a interpretação cultural do sabor. https://youtu.be/JMl3tI4FYN4Produção do TED na cidade de Campos do Jordão/ SP. Organizador Alexandre Franzolim
O espantalho - O curta-metragem lançado pela rede mexicana Chipotle reflete sobre a produção de alimentos industrializados altamente processados. Nesse sistema, a vida é constantemente desrespeitada. Animais como vacas, galinhas e muitos outros são tratados como meros produtos comerciais na indústria da proteína. https://youtu.be/DY-GgzZKxUQ. Título original: The Scarecrow;  Resin Sculpture: Jim McKenzie; Client: Chipotle; Agency: CAA Marketing; Animation: Moonbot Studios; Music: Fiona Apple
Trazendo a floresta para dentro da roça - Este documentário mostra a experiência da Rede de Sistemas AgroFlorestais Agroecológicos (SAFAs) no sul do Brasil. Os sistemas agroflorestais envolvem a produção de alimentos saudáveis integrando florestas, cultivos e criações de animais. Este sistema otimiza o espaço, respeita as relações ecológicas e a sucessão natural de espécies, aumentando a diversificação produtiva e a autonomia dos agricultores. Esta experiência é inspiradora e nos mostra que é possível produzir alimentos em harmonia com a natureza. https://youtu.be/qNn5YreRIfAO filme integra o projeto "Núcleos de Sistemas AgroFlorestais Agroecológicos do Sul (SAFAS)", resultado da chamada pública MDA/CNPq nº 39/2014 (Processo 472529/2014-15). Coordenação: Prof. Dr. Ilyas Siddique (UFSC) Roteiro e direção: Ana Carolina Dionísio e Gustavo Türck Produção: Karoline Fendel e Camila Argenta.
{C}·         Dia 18 de setembro, 19h - média metragem:
Brasil orgânico - O documentário revela histórias de pessoas que têm na produção orgânica uma forte convicção de vida. O roteiro percorre os biomas brasileiros, apresentando a diversidade de ecossistemas, paisagens e culturas. Da pecuária no Pantanal à produção em larga escala em São Paulo, das frutas tropicais na Caatinga ao extrativismo na Floresta Amazônica; de empresas a agricultores familiares e cooperativas da Região Sul. São histórias e personagens de um país orgânico. https://youtu.be/NCI8xRaB9k4O projeto foi realizado através da Lei do Audiovisual (Ancine), com patrocínio da Tractebel Energia, BRDE - Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul e Parati. Direção: Kátia Klock e Lícia Brancher. Produção: Contraponto

{C}·         Dia 19 de setembro, 16h - seleção de curtas:
Nascentes também morrem - o filme problematiza a exploração dos recursos naturais de forma desenfreada. A água é um bem natural da humanidade e todos nós dependemos dela, assim, não pode ser tratada como um recurso interminável. Esta lógica tem ocasionado à contaminação e a seca de diversas nascentes de água mineral no Brasil. https://youtu.be/t68-ocRwqa0Direção de fotografia:David Obadia; Áudio direto: Mauricio Eiras; Assistente de produção: Pâmela Blumer.
Cinturão verde de Porto Alegre: território em disputa - Localizada em uma zona de transição entre pampa e mata atlântica, cada vez mais a especulação imobiliária tem tentando transformar os espaços de cultivo e floresta de Porto Alegre em condomínios. Na contramão desta lógica temos pessoas dispostas a lutar pelo respeito à biodiversidade local, pelo cuidado com os animais silvestres e plantas nativas.
Teaser: https://youtu.be/ve2uFVLeyo8. Filme completo: https://youtu.be/xXPW24DWqDMRealização: Coletivo Catarse, Amigos da Terra e Econsciência; Direção, fotografia e edição: Tiago Rodrigues e Jefferson Pinheiro.
Repensar o consumo - Nesta apresentação para o TEDxSudeste, o jornalista André Trigueiro reflete refletir sobre o consumo desenfreado e a necessidade da criação de uma consciência coletiva. https://youtu.be/_t223swPVlAProdução e Direção TEDX Sudeste 
Sobre a III AgUrb
Facebook: @AgUrbConference
De 17 a 21 de setembro de 2018
Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
Local: Campus Central da UFRGS
Av. Paulo Gama, 110 - Bom Fim | Porto Alegre | RS | Brasil
Informações: 51. 3308.1191, email: alimentossaudaveis.workshop@gmail.com
Inscrições para participação na Conferência: bit.ly/AgUrbInscricoes
Inscrições para saídas de campo: fieldtripsagurb@gmail.com

De 17 a 21 de setembro de 2018, a 3ª Conferência Internacional Agricultura e Alimentação em uma Sociedade Urbanizada vai reunir reconhecidos acadêmicos e especialistas, além de representantes de governos, instituições internacionais e lideranças de movimentos sociais participam dos painéis. O objetivo é refletir e debater diferentes visões sobre teorias, práticas e processos relacionados a sistemas agroalimentares sustentáveis e resilientes, contribuindo para a articulação e construção de uma nova agenda de pesquisas, estudos e ações. Entre os conferencistas, estão Patrick Caron (Presidente do Painel de Alto Nível de Peritos do Comitê de Segurança Alimentar Mundial - França), Elizabeth Mpofu (Coordenadora Geral da Via CampesinaInternacional - Zimbabwe), Elisabetta Recine (Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - CONSEA - Brasil), Allison Blay Palmer (Diretora do Centro de Governança Internacional e Inovação - Canadá) e Hannah Wittman (Diretora Acadêmica Centro de Sistemas Alimentares Sustentáveis da Universidade da Colúmbia Britânica - Canadá). Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS), Mudanças Climáticas, Segurança e Soberania Alimentar, e Política e Governança são alguns dos assuntos que serão tratados durante as manhãs. Os painéis acontecem no Salão de Atos da UFRGS, com tradução simultânea.
Os Simpósios têm como objetivo contemplar uma ampla gama de discussões em torno da agricultura e alimentação. Ao todo, serão 20 simpósios durante a Conferência, que acontecem no início da tarde, em auditórios para públicos de cerca de 250 pessoas. Entre os palestrantes confirmados, estão Harriet Friedmann (Escola Munk de Assuntos Globais da Universidade de Toronto, Canadá), Marijke D´Haese (Departamento de de Economia Agrícola, Universidade de Ghent, Bélgica), Terry Marsden (Instituto de Locais Sustentáveis da Universidade de Cardiff, Reino Unido), Jan Douwe van der Ploeg(Universidade de Wageningen, Holanda) e Renato Maluf (Pós-graduação em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade CPDA/UFRRJ, Brasil).
Nos Grupos de Trabalho serão apresentadas pesquisas produzidas sobre temas como Sistema Alimentares Sustentáveis, programas de abastecimento, cadeias de produção e processamento, Dinâmicas e práticas de consumo, Governança e Inovação Social, gênero, Agrobiodiversidade, segurança e soberania alimentar, relações campo-cidade, políticas e mercados. O objetivo é criar condições para que pesquisadores, ativistas, formuladores de políticas, agentes públicos e privados possam discutir e compartilhar conhecimentos e estabelecer as bases teóricas, empíricas e metodológicas de questões que precisam ser aprofundadas. Ao todo, serão 21 Grupos de Trabalhos. Conheça aqui a lista completa dos temas: http://bit.ly/WGroups.
Os Relatos de Experiência têm como objetivo possibilitar que grupos da sociedade civil organizada possam partilhar suas experiências e trajetórias.Agricultores e agricultoras, membros da sociedade civil organizada, movimentos sociais, comunidades tradicionais (indígenas, quilombolas, pescadores, pecuaristas familiares), organizações não-governamentais, redes, cooperativas, associações, projetos de extensão, entre outros, vão apresentar suasexperiências.
Desde 2016, uma série de atividades preparatórias têm sido realizadas em diferentes cidades do Brasil com o objetivo de mobilizar pesquisadores, professores, estudantes e a comunidade em geral para a participação na III AgUrb. Ao total, serão realizadas mais de 80 atividades como palestras, workshop, mesas de diálogo e encontros.
A Conferência é promovida e sediada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, uma instituição centenária, reconhecida nacional e internacionalmente como um dos mais qualificados centros de ensino do Brasil. A organização da III AgUrb é conduzida localmente por uma ComissãoMultidisciplinar composta por 20 unidades da UFRGS ligadas ao campo agroalimentar e conta com a coordenação geral do Prof. Dr. Sergio Schneider e a coordenação executiva da  Dra. Potira Preiss (conheça todos os organizadores aqui: http://bit.ly/IIIAgUrbOrganization). A Conferência conta, ainda, com a contribuição da FAO - Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura como sócia estratégica da organização.
Histórico
A primeira edição da Conferência Internacional Agricultura em uma Sociedade Urbanizada foi realizada em abril de 2012 na Universidade de Wageningen, na Holanda. Tendo como tema Agricultura multifuncional e as relações rurais-urbanas (Multifunctional Agriculture and Urban-Rural Relations), o encontro contou com a presença de 253 participantes de diversos países e 19 grupos de trabalho. O evento teve como objetivo reunir especialistas, acadêmicos, gestores e organizações envolvidas com temas agroalimentares e que estavam interessados em discutir novas estratégias de produção, distribuição e consumo de alimentos para o século XXI.
A segunda Conferência - que foi realizada em Roma/Itália, em setembro 2015 - recebeu 370 participantes de mais de 60 países, organizados em 24 grupos de trabalho. Sediada na Universidade Roma Tre, a edição teve como tema central A reconexão da agricultura e das cadeias alimentares às necessidades sociais (Reconnecting Agriculture and Food Chains to Societal Needs). Na ocasião, foi realizada a 4ª edição do prêmio "Inovações Sociais para a agricultura do Futuro", promovida pela Icare, que reconheceu inovações sociais através da agricultura e melhores práticas revolucionárias. Essa edição consolidou o caráter internacional do evento, incentivando a realização em outros continentes. Nesse contexto, o Brasil foi escolhido para sediar a 3ª edição da Conferência, em 2018.

Saúde em Belo Horizonte: Concurso PM-MG Oficial de Saúde: Ganhos iniciais ultrapassam os R$ 8,8 mil!





Saúde em Belo Horizonte/MG
Atualização diária  12 de setembro de 2018
NOTÍCIAS
Adalclever defende PPPs para atrair recursos para a saúde
“Acredito que o modelo de PPPs implementado em Belo Horizonte pelo ... “O governo de Minas Geraishoje retém os recursos da saúde em função ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Servidores da Funed entram em greve na quinta-feira
... da Saúde de Minas Gerais (Sind-Saúde/MG), os servidores da Funed farão ... na porta da fundação, no bairro Gameleira, região Oeste de Belo Horizonte, ... da saúde”, afirma Érico Colen, um dos diretores do Sind-Saúde/MG.
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Falso dentista de Ibirité (MG) é procurado pela polícia
Homem é auxiliar de saúde bocal e fazia procedimentos cirúrgicos nos ... atendia pacientes em Ibirité, na região metropolitana de Belo Horizonte.
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Newton Paiva promove mesa redonda sobre suicídio, quarta maior causa de morte entre jovens ...
Belo Horizonte, 11 de setembro do ano 2018 – No mundo, a cada 45 segundos, uma ... No Brasil, a cada 45 minutos acontece um suicídio. ... abertamente e mais uma vez contribuir para a saúde pública, a Newton Paiva promove a ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

Jornal de Saúde informa

Carvoaria mantinha 23 trabalhadores em situação degradante em Minas Gerais

FISCALIZAÇÃO Carvoaria mantinha 23 trabalhadores em situação degradante em Minas Gerais Todos eles  foram resgatados em ope...

Jornal de Saúde