quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Vacina EUA iniciam testes clínicos em humanos para vacina contra zika


Vacinas
Atualização diária  16 de agosto de 2018
NOTÍCIAS
EUA iniciam testes clínicos em humanos para vacina contra zika
Os Institutos Nacionais da Saúde (NIH, na sigla em inglês) dos Estados Unidos iniciaram testes clínicos em humanos para uma vacina experimental ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Altos funcionários chineses afastados na sequência de escândalo com vacinascontra a raiva
Posteriormente, novas informações revelaram que a empresa tinha recorrido a material fora do prazo no fabrico de vacinas contra a raiva para uso ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Taubaté recebe vacinas contra meningite
Unidades de saúde que possuem salas de vacinação em Taubaté começaram ser reabastecidas este mês com as vacinas contra meningite.
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Por baixo estoque, apenas crianças estão sendo vacinadas contra o sarampo em Ariquemes, RO
A Secretaria Municipal de Saúde (Semsau) de Ariquemes (RO), no Vale do Jamari, anunciou nesta semana que as vacinas contra o sarampo serão ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Saúde Pública: faltam vacinas em USF de Vitória da Conquista
Desde o primeiro semestre desse ano que internautas tem se manifestado dando conta da falta de vacinasem Vitória da Conquista. O caso mais ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Arapongas realiza dia “D” da Campanha de Vacinação contra a poliomielite e sarampo
A Secretaria Municipal de Saúde, vai realizar neste sábado(18), o dia “D” da Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite e sarampo 2018 ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Saiba quais são as três vacinas que as gestantes devem tomar
Sabe-se que, por falta de informações, algumas mulheres não entendem a importância de colocar a carteirinha de vacinação em dia durante a ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Vacinas protegem cães de doenças como a raiva
vacinação contra a raiva é anual. “Por mais que não tenha caso na nossa região, não devemos relaxar quanto as vacinas. A vacina protege o ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Caso não autorizem vacinas, pais de alunos poderão responder por negligência
O objetivo da ação entre Semed e Semsa é imunizar todos os alunos que ainda não receberam a vacinaTríplice Viral, que combate o sarampo, ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

Trombose venosa profunda aprenda a prevenir ao evitar sintomas


Você já deve ter ouvido falar que qualquer cirurgia ou procedimento, apresenta riscos. Por isso, é importante que o paciente compreenda quais são esses riscos antes de se submeter a uma cirurgia ou até mesmo a procedimentos minimamente invasivos. O médico cirurgião sempre deve solicitar exames pré-operatórios, para avaliar se há alguma contraindicação e fatores de risco, como obesidade, tabagismo, doenças genéticas, etc. Além é claro de colher uma completa história clínica do paciente.

Um dos eventos adversos de qualquer cirurgia é a Trombose Venosa Profunda (TVP). A TVP se caracteriza pela formação de trombos, ou seja, de coágulos de sangue. Estes coágulos podem se soltar e circular pelas veias. Caso o trombo atinja os pulmões, por exemplo, pode levar a uma embolia pulmonar. Quando atinge o coração, pode causar um infarto. No cérebro, pode levar a um acidente vascular cerebral (AVC). A consequência mais comum de uma TVP é a embolia pulmonar.

Segundo o cirurgião plástico, Dr. Luiz Molina, Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o mais comum é a trombose venosa profunda que se forma na região das pernas ou na área pélvica, que corresponde de 80 a 95% dos casos.

“Uma boa circulação sanguínea é vital para a saúde. Qualquer cirurgia pode levar a uma trombose, seja ela plástica ou não. Porém, a probabilidade aumenta se há outros fatores de risco associados, como tabagismo, uso de pílula anticoncepcional e histórico familiar, por exemplo, além da complexidade e do tempo da cirurgia”.

É possível prevenir?
De acordo com o histórico clínico, exames pré-operatórios e avaliação do médico, o paciente poderá ter contraindicação absoluta para uma cirurgia estética, por exemplo.

“Porém, quando os exames estão bons e não há fatores de contraindicação, o médico cirurgião irá adotar medidas para prevenir uma trombose, como a prescrição de medicamentos anticoagulantes, uso de meias elásticas, caminhadas leves para melhorar a circulação e massagens nas pernas”, explica Dr. Molina.

No que o paciente deve prestar atenção
As primeiras 48 horas após a cirurgia são as mais importantes, pois é neste período que os trombos costumam se formar. Mas, isso pode acontecer até 14 dias depois do procedimento.

“Cerca de metade dos pacientes não sentem nada até que o coágulo se desprenda e atinja outra parte do corpo. Porém, é preciso ficar atento aos sinais e sintomas, como inchaço, dor, vermelhidão, aumento da temperatura e endurecimento da musculatura das pernas ou da região pélvica”, ressalta Dr. Molina.

Trombose é emergência médica
Ao apresentar qualquer um dos sintomas, é preciso procurar um pronto-socorro imediatamente. A trombose venosa profunda é uma emergência médica. O tempo entre a manifestação dos primeiros sintomas e o início do tratamento pode fazer toda a diferença para um bom desfecho do quadro.

Alguns fatores de risco para a TVP
Além das cirurgias em geral, veja abaixo outros fatores de risco para a trombose venosa profunda:

  • Obesidade
  • Sedentarismo
  • Tabagismo
  • Gravidez
  • Longos períodos sem mexer as pernas (viagens longas)
  • Imobilização, pessoas acamadas
  • Uso de hormônios, como pílulas anticoncepcionais
  • Histórico familiar
  • Problemas circulatórios (varizes)
  • Câncer
  • Doenças genéticas ou autoimunes que alteram a coagulação sanguínea
  • Idade acima de 40 anos

Todas as doenças: Exercícios físicos são aliados para prevenir doenças cardiovasculares

Google
Todas as doenças
Atualização diária  16 de agosto de 2018
NOTÍCIAS
Exercícios físicos são aliados para prevenir doençascardiovasculares
A insuficiência cardíaca é a via final de todos os tipos de doenças cardiovasculares. “Todas elas podem evoluir para essa forma de doença”, explicou ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

Jornal de Saúde informa

Férias escolares: momento importante para atualizar a caderneta de vacinação das crianças e adolescentes

Rio de Janeiro, novembro de 2018  – Férias escolares, viagens, família reunida e festas de fim de ano. Além de todas essas comemora...

Jornal de Saúde