terça-feira, 10 de julho de 2018

Movimento da Fertilidade em Belo Horizonte: iniciativa conscientiza jovens sobre a capacidade de ter filhos




Ação acontece no dia 21 de Julho com a participação de profissionais certificados em reprodução humana

Os cuidados para preservar a fertilidade natural e os riscos da gravidez tardia são os objetivos da segunda etapa do Movimento da Fertilidade  que desembarca na capital mineira em 21 de julho para uma manhã de atividades esportivas e um bate papo descontraído com equipe médicas especializadas em reprodução humana.  O público alvo são jovens em idade reprodutiva - dos 20 aos 35 anos, que representam hoje cerca de 25% da população do país. As atividades físicas acontecem no Parque JK.

Além de dar dicas de como otimizar a fertilidade por meio dos métodos naturais, os ginecologistas e embriologistas vão tirar dúvidas sobre os procedimentos de reprodução assistida.  A iniciativa da Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA) também vai orientar àqueles que desconhecem os riscos de uma gravidez tardia - isso porque, de acordo com o IBGE, as gestações entre 30 e 39 anos aumentaram de 22,5% para 30,8% nos últimos anos.

“Uma parcela da população que opta por adiar a gravidez ainda desconhece as chances do resultado ser bem sucedido. Queremos propagar essa mensagem porque a idade é um fator determinante para a fertilidade. Ao longo da vida, os óvulos envelhecem e a produção de espermatozoides perde qualidade. Todo esse processo demanda um planejamento prévio”, explica a presidente da SBRA, Hitomi Nakagawa.

A programação matinal contempla ações educativas com foco na saúde, entre elas: aulas de dança, treinamento funcional e massagens express. A inscrição, é solidária, e deve ser realizada no ato do evento. Os interessados devem levar um pacote de fraldas, que será doado a entidades de acolhimento a mães e bebês carentes. Outras duas capitais da região Sudeste também sediarão a segunda etapa do Movimento, Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP) no dia 21 de julho.

Movimento da Fertilidade  - A primeira etapa aconteceu em Junho - mês mundial de conscientização sobre a fertilidade - na Região Nordeste. Mais de 500 pessoas estiveram presentes em Recife (PE), Fortaleza (CE) e Salvador (BA). As próximas ações acontecem no dia 28 de julho nas cidades de Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Goiânia (GO) e, no dia 4 de agosto, em Brasília (DF).

DADOS - A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera infértil um casal que mantém relações sexuais sem métodos contraceptivos durante 12 meses sem engravidar. Segundo a OMS, há mais de 50 milhões de pessoas no mundo nessa condição sendo que 8 milhões de brasileiros podem ser inférteis. "Por isso, queremos estimular nas pessoas uma consciência sobre o tema e sobre a importância de adotar hábitos saudáveis de vida somado à uma rotina de acompanhamento médico”, afirma Nakagawa.

Oportunismo dos produtores de leite que rejustaram o litro em até R$ 1,00 terá encontro macro do setor

O Interleite é um dos maiores eventos de produtos de leite no país deve ocorrer nos próximos dias. Mas, coloquei para eles duas perguntas:
Qual o motivo que levou os produtores de leite a jogar toneladas de leite fora ao vivo para todo o Brasil, e não ter chamado a população carente da zona rural, para fazer queijo, levar leite para casa, enfim dar finalidade mais nobre para esse alimento fundamental para as crianças principalmente?

A outra pergunta está para o aumento repentino do leite, pós-greve dos caminhoneiros e o derrame do leite em solo pátrio mãe gentil, ao invés de doar para instituições e até mesmo distribuir aos pobres? Não foi oportunismo dos produtores aumentar em mais de R$ 1,00 depende da marca do leite, em supermercados, o leite em saquinho nas padarias também sofreu reajuste absurdo, ora se ele é fresco, pensa-se em produção semanal e diária. Não haveria motivo de aumentar em mais de R$ 0,70 no valor do litro de leite.

Provavelmente vão afirmar que não se trata de oportunismo e tampouco de desperdício esses atos tresloucados e criminosos. E, que estão na entressafra e os preços aumentam e muitas outras desculpas esfarrapadas. O fato, é que o Brasil, está em crise, qualquer alta de preços em alimentação afeta o brasileiro pobre, que repito, encontra no leite, um alimento básico para se nutrir no dia a dia e o consumo tende a cair, pois o desemprego e o baixo poder de compra do salário mínimo não consegue enfrentar os reajustes, de R$ 1,00 em determinado produto, R$ 0,50 e outro e sucessivamente numa cadeia que corrói a qualidade de sua alimentação diária.

Marcelo dos Santos - jornalista - MTb 16.539 SP/SP

Ansiedade está presente em 50% das mulheres com endometriose, segundo pesquisa brasileira

34% das entrevistas têm diagnóstico de depressão e 50% de estresse

  De acordo com recente pesquisa feita pelo ginecologista Dr. Edvaldo Cavalcante, em parceria com o Grupo de Apoio às Portadoras de Endometriose e Infertilidade, 50% das mais de 3 mil mulheres que responderam ao estudo foram diagnosticadas com o transtorno da ansiedade generalizada. Outras 34% receberam o diagnóstico de depressão e 50% de estresse. 

A pesquisa corroborou dados de vários estudos internacionais feitos ao longo dos anos, que mostraram que a endometriose pode levar ao desenvolvimento de transtornos psiquiátricos, como ansiedade e depressão, por exemplo. Segundo Dr. Edvaldo, a cronicidade da endometriose é o principal fator de risco para os transtornos mentais, juntamente com a dor pélvica crônica e a infertilidade.

“Uma doença crônica, como a endometriose requer diversos cuidados com a saúde e causa preocupações que podem elevar o nível do estresse. A tensão já começa na busca pelo diagnóstico, que pode levar em média oito anos aqui no Brasil, de acordo com nossa pesquisa, sendo a média mundial sete anos. Passar por vários médicos pode ser desgastante, principalmente quando as queixas são desvalorizadas e há dificuldade em confirmar as suspeitas”, diz o médico.

Impacto do diagnóstico
Um momento que é de grande importância é o do diagnóstico, pois pode aumentar o estresse e a ansiedade. “Ao receber a notícia, a mulher se dá conta que tem uma doença incurável, que pode afetar diversos aspectos da sua vida, como o trabalho, os estudos, a vida social, o relacionamento e, para algumas, o sonho de ser mãe, por exemplo”, comenta a coordenadora, Marília Gabriela.

“A notícia deve ser dada com muito zelo por parte do médico e é interessante que a mulher seja aconselhada a procurar ajuda psicoterápica para lidar com o impacto inicial do diagnóstico”, comenta Dr. Edvaldo. Entretanto, isso não é uma realidade no Brasil. A pesquisa mostrou que apenas 24% das entrevistadas foram orientadas a procurar um psicólogo/terapia e só 13% seguiram a recomendação.   

Lidando positivamente com a endometriose
Os estudos também mostram que não são todas as mulheres com endometriose que irão desenvolver transtornos psiquiátricos por conta da doença. Existem fatores protetores e fatores de risco envolvidos na ansiedade e na depressão.

"Há mulheres com histórico familiar destas doenças ou que já tinham o diagnóstico anteriormente ao da endometriose. Mulheres com histórico prévio de baixa autoestima e problemas com a imagem corporal também podem ter um risco maior quando o assunto é ansiedade”, comenta Dr. Edvaldo.

Por outro lado, mulheres sem histórico familiar ou pessoal de ansiedade ou de depressão e que têm uma boa autoestima, assim como aquelas com relacionamentos afetivos estáveis podem estar mais protegidas, segundo os estudos. As pesquisas sugerem que, nestes casos, há maior facilidade em ressignificar o diagnóstico e reorganizar a vida para conviver com a doença.

Dor é o principal fator de risco
De todos os achados sobre o impacto da endometriose na saúde mental, o mais importante, segundo os estudos, é a gravidade da dor pélvica crônica. “Segundo a nossa pesquisa, 91% das brasileiras com endometriose sentem dor em algum momento, sendo que 34% delas sofrem durante 15 dias no mês, entre a ovulação e a menstruação. Certamente, conviver com a dor de forma crônica é o aspecto mais difícil de lidar na endometriose”, comenta Marília.

Estratégias e recursos
Veja agora algumas dicas que podem prevenir quadros de ansiedade e depressão, assim como podem ajudar a gerenciar o estresse e a lidar melhor com a endometriose:
 

  • Procure ajuda: O aconselhamento de um terapeuta/psicólogo é fundamental no momento do diagnóstico e depois também. 
  • Cuide da alimentação: Há estudos que mostram que a alimentação ajuda muito no tratamento e no controle da dor. Procure um nutricionista para ajudar neste quesito. 
  • Pratique atividade física: Além de ajudar a controlar o peso, que pode aumentar por conta do tratamento da endometriose, a atividade física libera substâncias que levam ao prazer e ao bem-estar, diminuem o estresse e ajudam a controlar a ansiedade.
  • Controle a dor: Converse com seu médico. O principal objetivo do tratamento é controlar a dor e isso é possível, seja por meio de cirurgia ou de medicamentos.
  • Gerencie o estresse: encontre uma atividade que você goste de fazer, tenha momentos de lazer, pratique meditação ou qualquer hobby que ajude você a controlar a ansiedade o estresse.
  • Compartilhe sua história: Compartilhar sentimentos, angústias, história pessoal ou dúvidas com outras mulheres que têm endometriose pode ser muito bom. Além do Gapendi, há vários outros grupos espalhados pelo Brasil.

Vamos estudar 2: Medicalização e Produção de Subjetividade: o TDAH como Analisador da Sociedade Contemporânea

Medicalização e Produção de Subjetividade: o TDAH como Analisador da Sociedade Contemporânea

P de Melo Ribeiro - ECOS-Estudos Contemporâneos da Subjetividade, 2018
O presente artigo pretende problematizar a proliferação do diagnóstico de TDAH
(Transtorno com Déficit de Atenção/Hiperatividade) na atualidade, bem como, o
consequente processo de medicalização o qual credita a fatores meramente …
Google+FacebookTwitter

[PDF] AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO E UTILIZAÇÃO DOS MEDICAMENTOS GENÉRICOS APÓS 18 ANOS DA SUA IMPLANTAÇÃO

ASP DELFIM, PA MARIÑO - Revista da Mostra de Trabalhos de Conclusão de …, 2018
… rádio, jornal, revista, etc), inclusive com forte comprometimento do governo federal … Cabe
também ao profissional farmacêutico estar atualizado e disponível para orientações e …
Cadernos de saúde pública, v. 21, n. 6, p. 1808-1815, 2005. BERTOLDI, A. et al …
Google+FacebookTwitter

[PDF] Ferramentas nutricionais nas doenças renais: uma revisão bibliográfica

VH Souza - 2018
… área. LISTA DE REFERÊNCIAS UTILIZADAS NA ANÁLISE FERREIRA, P. A. Atualização
das orientações nutricionais para doença inflamatória intestinal, doença renal crônica
e hipertensão arterial – Page 22. 22 … Biol. Agrar. Saúde, v. 21, n. 1, p. 15-17, 2017 …
Google+FacebookTwitter

[HTML] Use of the FacebookTM social network in data collection and dissemination of evidence

AC Vieira, DM Harrison, M Bueno, N Guimarães - Escola Anna Nery, 2018
… L43y0H6XEH4) criado e disponibilizado no Youtube desde 2014, tendo
sido atualizado em 2016 e … uma estratégia de tradução do conhecimento
direcionado a pais e profissionais de saúde … Associado a isto, foram …
Google+FacebookTwitter

[PDF] O GOVERNO DE SERGIPE E A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL

TA Farias, JS Santos - Revista de Estudos Sociais, 2018
… por fim pelo débito de CR$ 88.902.002,50 junto ao governo federal e
atualizada índice geral … Atualizado tudo por um único índice, o IPCA de
dezembro/2013 alcançaria o valor de R … pela Lei 11.533/07, os recursos …
Google+FacebookTwitter

[PDF] O cotidiano midiatizado e a participação do cidadão comum em grupos colaborativos no Facebook: um estudo de caso do Utilidade Capixaba–ES–UP

JA Martinuzzo, MT Bastos - Educação, Cultura e Comunicação, 2018
… Reclamações, flagrantes, alertas e denúncias de descasos nos postos
públicos de saúde, casos de … a livre utilização científica do mundo, a
cibercultura seria uma atualização dessa requisição … Para ele, o fechamento …
Google+FacebookTwitter

[PDF] Protótipo de uma aplicativo de produção e difusão de notícias colaborativas por geolocalização

LVG Silva - 2018
… Nas experiências no mercado de trabalho, sobretudo no jornal Correio*,
onde fiquei … atributos como a multimialidade, interatividade, hipertextualidade,
personificação, memória e atualização constante … Os dados mais recentes …
Google+FacebookTwitter

[PDF] TRAGETÓRIA DA DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS NO MUNICÍPIO DE NOVA ESPERANÇA-PR

MJB Santana, J Biluca
… disposição final dos resíduos, sem nenhuma preocupação com a saúde
dos funcionários … resíduos sólidos, levantamento de informações provenientes
de dados documentais (jornais, processos, etc … Segundo informações retiradas …
Google+FacebookTwitter

[HTML] A ascendente segmentação de eventos e-sportivos: os esportes eletrônicos como impulsionadores de destinos e equipamentos turísticos

A Júnior, S Isaias, R Tavares Ribeiro - TURYDES Revista Turismo y Desarrollo local …, 2018
… eventos esportivos e turismo, quanto em fontes documentais, sobretudo
matérias de jornais e websites … informal ou organizado, tenha por objetivo
atividades recreativas, a promoção da saúde ou o … De acordo com análise …
Google+FacebookTwitter

[PDF] Análise do uso dos recursos da Web 2.0 na Biblioteca do Senado Federal

FF Bezerra - 2018
Page 1. Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação
Curso de graduação em Biblioteconomia FREDERICO FRANCO
BEZERRA ANÁLISE DO USO DOS RECURSOS DA WEB 2.0 NA …
Google+FacebookTwitter

Vamos estudar: “Educação, saúde e qualidade vida na velhice”-um projeto de extensão bem-sucedido

[PDF] “Educação, saúde e qualidade vida na velhice”-um projeto de extensão bem-sucedido

FN da Rocha - Revista Fluminense de Extensão Universitária, 2018
… health policies, hypertension prevention and control, diabetes and
dyslipidemia, medicinal plants and … precoce, tendo em vista que apresenta
possibilidad e de cura, quando diagnosticado … Na oficina “Desvendando …
Google+FacebookTwitter

[PDF] Marihuana: riesgos de su despenalización

TR López, LRS Labrador - Revista de Ciencias Médicas de Pinar del Río, 2018
… hojas y tallos), un 10 a 12 % en la variante Ganja (flores y hojas de plantas
"mejoradas" genéticamente … ya es legal, y no sólo como terapia medicinal
alternativa, sino también como droga de entretenimiento … Por eso el fenómeno …
Google+FacebookTwitter

Crônicas da globalização (2014-2017): reflexões de um eco-historiador acerca do impacto do ocidente sobre a humanidade e a natureza

A Soffiati - 2018
Google+FacebookTwitter

[PDF] Três pratos

JUG Vieira - REVISTA DA ACADEMIA GOIANA DE LETRAS
… Page 180. 180 Revista da Academia Goiana de Letras cronistas informam
que os portugueses que aqui vinham buscar riquezas, tinham como objetivo
levar o que podia para Portugal: pau-brasil, ouro, pedras preciosas, animais …
Google+FacebookTwitter

Jornal de Saúde informa

Até quando juiz poderá passar por cima da Constituição do STF e soltar liminar que fere o Direito de expressão e a liberdade de imprensa?

Grande equívoco de juiz, ao proibir a Globo de noticias matérias do processo do Assassinato de Mariele Franco e Anderson Gomes. Não podemo...

Jornal de Saúde