quarta-feira, 4 de julho de 2018

Terapias integrativas: Em pernambuco:

Terapias integrativas
Atualização diária 4 de julho de 2018


NOTÍCIAS

Agenda Holística a partir da 27ª semana de 2018
ATENDIMENTO GRATUITO – Flexibilidade, Yoga, Terapia Comunitária Integrativa, Biodança, Contações de Histórias, Psicomotricidade Relacional, ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

A jornalista e escritora Meghan O´Connell mergulha na gestação, parto e pós-parto com amamentação, impressiona

A autora Meaghan O´Connell, que estreia na literatura com Embaraçada, de maneira profissional, segura e com traquejo que o jornalismo ensina no dia a dia, quando o profissional, aborda vários temas em matérias e editorias várias. Seu mergulho em seu universo de mulher grávida e parturiente, é corajoso, verdadeiro, quer ir para a denúncia, mas se retém na incerteza.


O assunto é muito extenso, profundo e a escritora não aprofunda muito, parece que não há tempo, que tudo corre na mesma velocidade dos acontecimentos, em sua mente, não na realidade. Ela quer colocar tudo, mas não tem tempo, o espaço. Como escrever uma notícia de 10 laudas em duas, e corre o risco de ser cortada pelo editor, em uma lauda. Como isso é possível? Quando se é mãe, tudo é possível, isso é Embaraçada.

Meaghan O´Connell ,expõe para as meninas de colégio que vão se deliciar com a leitura, olha o que lhe aguarda, é bom, é ruim, é quente é frio. Ela consegue dialogar com a pessoa que está grávida ou gestante e com aquela que acabou de parir, com toques sutis. Ela meio que fala nas entrelinhas: "Não sou dramática. Isso não é livro de auto ajuda, não. Não é melancolia.".

A tradução, se respeitou sua fluência, ela escreve para ser lida, para não se parar de ler nas dez páginas, ele quer ser devorada, quer ser lida de sentada. Sua mente e a vontade de ser respeitada, lida e entendida naquilo que ela quer passar. Não quer apontar, siga-me, não faça o que eu faço ou vice-versa. Ela simplesmente abriu seu coração, sua intimidade de casal, de mãe, de tormentos, de depressão pós-parto, de angústia, de dúvida, de esquema de indústria da saúde, do parto humanizado à cesariana.

Enfim, escrita com ato de coragem. Talvez, com receio de não ser panfletária, feminista, politicamente correta. Ela não aprofundou em assuntos que geram polêmicas filosóficas, jurídicas, sociológicas, humanitárias.

Penso, que a leitura, tanto para mulheres e  homens, talvez muito mais. Para que ele entenda o universo feminino durante a gestação e o parto. E o depois, nossa, É  muito frustrante, contagiante entre a alegria e a tristeza, ao mesmo tempo, vida e luto, renúncia e conquista de novas metas, novos horizontes.

As adolescentes e mulheres, podem ler, pois vão ficar mais conscientes e raciocionar com ferramentas tecnológicas da escrita de Meahgan, em comparação, que vão levá-las, a conclusões e decepções.

Marcelo dos Santos - jornalista - MTb 16.539 SP/SP

Saúde atualizada: Operação da PF mira esquema de fraude na Saúde


Saúde atualizada
Atualização diária 4 de julho de 2018


NOTÍCIAS

Operação da PF mira esquema de fraude na Saúde
RIO - (Atualizada às 8h55) A Operação Ressonância, nova fase da Operação Fatura Exposta, investiga 37 empresas e os crimes de formação de ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Dados sobre ações da Saúde estão disponíveis na internet
Dados sobre ações da Saúde estão disponíveis na internet ... A página vai ser atualizada em tempo real, com link direto entre os bancos de dados da ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante




Ferramenta auxilia a busca por profissionais da saúde em MT
“A ideia é levar a população uma informação de credibilidade, atualizada e principalmente a certeza de que cada especialidade médica que consta ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Alagoas erradicou sarampo, garante Secretaria de Saúde
Apesar de o sarampo ter sido erradicado em Alagoas, como assegura a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), os pais devem ficar atentos ao ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

Operação da PF mira esquema de fraude na Saúde








Operação da PF mira esquema de fraude na Saúde
RIO - (Atualizada às 8h55) A Operação Ressonância, nova fase da Operação Fatura Exposta, investiga 37 empresas e os crimes de formação de ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Dados sobre ações da Saúde estão disponíveis na internet
Dados sobre ações da Saúde estão disponíveis na internet ... A página vai ser atualizada em tempo real, com link direto entre os bancos de dados da ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante




Ferramenta auxilia a busca por profissionais da saúde em MT
“A ideia é levar a população uma informação de credibilidade, atualizada e principalmente a certeza de que cada especialidade médica que consta ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Alagoas erradicou sarampo, garante Secretaria de Saúde
Apesar de o sarampo ter sido erradicado em Alagoas, como assegura a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), os pais devem ficar atentos ao ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

O botijão de gás deveria ter sensor para avisar antes de acabar

A alta tecnologia, se é que podemos tratar, assim a informatização, ainda não chegou nos botijões de gás que poderia ser inteligentes.

Resultado de imagem para foto de botijão de gás
Acabar o gás na hora em que se está cozinhando a refeição ou no preparo do café da manhã, é uma das decepções, das mais desagradáveis. E, quem não super organizado, e não tem dois botijões de gás, passa apertado. Principalmente, se no dia que acabou esse gás está sem dinheiro e ainda levou cana de cliente que não reconheceu seu trabalho e não pagou, ou seja, calote diplomático.

Bastaria colocar um sensor com programa que captasse o conteúdo do botijão e avisasse quando chegasse no período crítico de troca. Assim, obviamente, a pessoa guardaria o dinheiro, que não é grande soma de dinheiro, mas quando não tem, faz falta e mais ainda a falta do gás para quem depende de alimentação feita em casa, todos os dias.

As grandes empresas de gás já deveriam ter feito isso e talvez esse fato viesse até mesmo desonerar com menor produção de botijões sobressalentes, em termos de material, bastaria apenas um botijão para uso e troca. Mas, se ainda, não foi feito, é porque não há interesse, e ademais isso é para pobre, e pobre no Brasil, sempre está no ferro, não é mesmo.

Marcelo dos Santos - jornalista - MTb - 16.539 SP/SP -

Impecabilidade de Dias Toffolli e a pecabilidade de Sérgio Moro, o carrasco

ARTIGO

José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil, no governo de Luís Inácio Lula da Silva, preso por condenação de 31 anos de reclusão. Ele foi libertado na semana passada por liminar do juiz do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffolli e o juiz que julgou e sentenciou José Dirceu, solicitou tornozeleira durante o período de liberdade para responder a outro processo.

Os advogados, uma pequena e significativa parcela deles, os que recebem milhões em pagamento pelo serviços jurídicos, afirmaram que a decisão de Dias Toffolli de revogar o pedido do juiz Sérgio Moro, de que José Dirceu usasse tornozeleira, é "impecável". Ora cabe dizer que essa impecabilidade se aplica, devido, quase que exclusivamente, o cliente ser endinheirado e nunca ter devolvido um centavo do que desviou durante anos e anos como político do Partido dos Trabalhadores.

Na morte de Celso Daniel, prefeito assassinado covardemente, cujo crime não foi solucionado, pois quase todos os envolvidos foram assassinados ou morreram, quase que misteriosamente. A cobrança de propina onde a mão de José Dirceu aparece está em todas as prefeituras do Partido dos Trabalhadores, em relação a Coleta Coletiva de Resíduos ou Lixo, Transporte Coletivo Municipal e particular. Enfim, em todas as licitações que envolviam dinheiro, muito dinheiro.

Cabe ressaltar, que apenas a sentença de 31 anos, colocaria qualquer autoridade policial ou jurídica em alerta para a evasão do apenado. No entanto, no caso de José Dirceu, ele poderá ter livre trânsito em qualquer lugar do pais, não pode somente se ausentar do país, o seu passaporte está confiscado devido sentença e prisão.

A medida do juiz do STF, que segundo Marco Aurélio Melo, ressentido, afirma que existem três STF-Supremo Tribunal Federa, tamanha é a indecisão e medidas conflitantes. O juiz, baseado na Constituição e na Lei, contrariou o pedido de "cautelar" do juiz Sérgio Moro, o qual acabou por abaixar a cabeça, resignado e afirmou que se equivocou, pois não havia considerado que o juiz havia sentenciado pela plena liberdade, que não caberia restrição de forma alguma.

A conclusão que chegamos é que os crimes de CORRUPÇÃO são tratados no Brasil, como excrecências e que aos políticos como o Fórum Privilegiado, a Lei da Ficha Limpa, que querem derrubar e muitos não cumprem de forma alguma, ou passam pelo Poder Judiciário oficial com liminares ou passam pelo Supremo Tribunal Eleitoral, como fez Paulo Salim Maluf, que se elegeu deputado federal, e ainda recebe salários e exerceu forte influencia política no impeachment de Dilma Rousseff.

Parece e os atos de alguns juízes, principalmente Dias Toffolli, Gilmar Mendes e Lewandovski que estes senhores defendem as prerrogativas dos políticos, como instituição, que não pode ser destruída e reconstruída com mais ética, moral e para isso precisa de reformas e de leis. Ora quem faz as leis, são estes mesmos políticos que estão nos bancos dos réus e presos por corrupção, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, prevaricação e muitos outros crimes.

Portanto, como em outros países, como o terrorismo, que é crime, como a corrupção também é crime, traça-se normas de "exceção" para que os agentes da lei, principalmente federal, possam trabalhar. Não quer dizer que o direito individual vai ser mexido, desrespeitado. Mas, em constituição antigas, onde se respeitam as leis básicas, o direito de ir e vir, é restritivo, devido o combate ao terrorismo, principalmente o islâmico, este que explode carros, prédios em nome de Deus.

Em países, de democracias frágeis, como o Brasil é o contrário. O dinheiro desviado dos impostos serve para pagar advogados, gerar e mover processos e até mesmo influenciar politicamente decisões de juízes em sentenças.

O juiz Sérgio Moro, é pintado pela inteligência brasileira, contrária e que apoia indiretamente os políticos corruptos, porque comiam da corrupção indiretamente, com cargos e salários régios. Este juiz é o inimigo, o carrasco, o malvado. Assim, a Operação Lava Jato começa a ser decapitada e criminosos perigosos e que possuem outros crimes que somente a eternidade é que o julgará, podem ficar livres e xingar, brincar com a Justiça e com a sociedade, grande parte desempregada, sem dinheiro para o mínimo necessário de sobrevivência.

Marcelo dos Santos - jornalista - MTb 16.539 SP/SP

Jornal de Saúde informa

Vamos estudar: Aplicação do cdc ao comércio eletrônico: apontamentos acerca do projeto de atualização n 281/2012

[PDF]   Aplicação do cdc ao comércio eletrônico: apontamentos acerca do projeto de  atualização  n 281/2012 JA Mor...

Jornal de Saúde