quinta-feira, 17 de maio de 2018

Faz lipoaspiração em Hospital Militar e morre, ninguém é preso no Brasil


Ouça a Ave Maria de Franz Schuber. muito especial além de graciosa interpretação


EMPREGO Conselho aprova Programação Anual das Aplicações do FAT para 2018






marca.jpg
EMPREGO
Conselho aprova Programação Anual das Aplicações do FAT para 2018

A proposta de aporte do Fundo de Amparo ao Trabalhador para o exercício deste ano é de R$ 2,51 bilhões.

O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) aprovou as diretrizes para a Programação Anual das Aplicações do FAT em depósitos especiais para o exercício 2018 (PDE/2018).

A PDE consiste em autorização para o Ministério do Trabalho fazer a aplicação de recursos do FAT em projetos de estímulo à geração de empregos e de pequenos e micronegócios. A proposta é de aporte de R$ 2,51 bilhões, a serem investidos em programas de geração de emprego e renda para o exercício 2018.

As diretrizes aprovadas centralizarão recursos em alguns grupos escolhidos pelo Codefat de maneira a proporcionar maior impacto social com menor volume de recursos. 

De acordo com o ministro do Trabalho, Helton Yomura, os projetos terão em vista o aumento das oportunidades de emprego à população, estímulo aos pequenos negócios e melhoria da qualidade de vida do trabalhador. “O Codefat tem aprovado a destinação dos recursos do FAT para financiar projetos de investimentos e de capital de giro para empresas com faturamento de até R$ 10 milhões, potenciais geradores de emprego e renda, além do fomento ao desenvolvimento econômico, à agricultura familiar e ao microcrédito”, explicou o ministro. 

As aplicações do FAT no Programa de Geração de Emprego e Renda (Proger) totalizam mais de R$ 211 bilhões em 21,8 milhões de operações desde sua criação, em 1995.

“A destinação desses recursos para o financiamento de projetos e investimentos é extremamente importante para promovermos a geração de emprego e renda e contribuirmos para a retomada do crescimento econômico do país”, disse o secretário-executivo do Ministério do Trabalho, Leonardo Arantes.
Ministério do Trabalho

Conheça os efeitos do estresse na saúde bucalConheça os efeitos do estresse na saúde bucal









Desde mau hálito até bruxismo, estresse pode afetar drasticamente a saúde da boca

Tido como o mal do século, o estresse atinge cerca de 90% da população mundial, segundo a Organização Mundial de Saúde – OMS, em pesquisa realizada em 2013. Para a população brasileira a situação ainda é pior. De acordo com pesquisa realizada pela Associação Internacional do Controle do Estresse, o Brasil é o segundo país mais estressado do mundo, atrás apenas do Japão. Com os gatilhos causadores do estresse surgindo por todos os lados no dia-a-dia, as consequências no organismo são inúmeras. Na saúde bucal não é diferente. Desde aftas até problemas mais graves, o estresse afeta a saúde da boca. 

Segundo Paulo Coelho Andrade, mestre e especialista em implantodontia e odontologia estética, como o estresse libera os hormônios hidrocortisona e cortisol e produz um alto nível de adrenalina, isso pode provocar um efeito pró-inflamatório. “Além de potencializar a predisposição às doenças periodontais, se for aliado a maus hábitos de higiene bucal, pode desencadear infecção gengival e aftas”, aponta Paulo. Em exposição à situação de estresse, o indivíduo desregula seus hábitos e, muitas vezes, negligencia a saúde. O consumo de álcool, fast food e doces aumenta; o uso do cigarro pode se tornar hábito; e a higiene bucal diária fica de lado. Além disso, a boca seca também é causada com mais frequência nesses casos de alta tensão. Isso porque o nervosismo pode prejudicar a produção de saliva, levando o indivíduo a dor, rachaduras nos lábios e, até mesmo, mal hálito. 

Problema também comum decorrente do estresse é o bruxismo. O transtorno é caracterizado por ser o ato de ranger e apertar os dentes involuntariamente. Além de desgastar e torna-los extremamente sensíveis, o bruxismo pode levar a dores de cabeça, já que a articulação temporomandibular sofre com a drástica movimentação. “Os sintomas devem ser observados, para que o tratamento do bruxismo comece logo no início”, afirma Paulo. O dentista aponta que músculos da mandíbula doloridos, dentes danificados ou amolecidos, perda dos dentes e dores de cabeça são alguns dos sintomas mais recorrentes. Em casos de desgastes dos dentes deve-se reparar a perda com facetas ou coroas de porcelana ou compósitos híbridos o mais rápido possível. Se o amolecimento dental estiver grande ou se houver perda dental, deve ser colocado o implante dental.

Outro problema que assombra muitas pessoas, segundo Paulo, é o herpes. Apesar da maioria da população já ter tido contato alguma vez na vida com o vírus, somente algumas desenvolvem. “O vírus do herpes fica em estado de latência até que seja estimulado por algum fator. Como durante um quadro de estresse ou ansiedade a imunidade do indivíduo cai, o corpo fica menos resistente e apto à lesão”, diz. 

Para evitar consequências mais graves, como doenças periodontais mais severas, o ideal é manter a atenção à saúde bucal sempre, mesmo em períodos mais conturbados. Escovação após refeições, uso regular de fio dental e enxaguante bucal são parte da rotina indicada pelos especialistas. “Além dos cuidados diários com a saúde da boca, é preciso também tratar os agentes causadores do estresse, já que eles podem ser chaves para o distúrbio que desencadeia problemas bucais”, pondera Paulo. 

O Pedagogo e a importância de sua atuação em vários âmbitos








No dia 20 de maio comemoramos o Dia do Pedagogo, um grande profissional que é responsável por toda a organização do processo educativo, seja no âmbito da escola como em outros locais nos quais a educação está presente.

E não é que temos muitos motivos para comemorar? Cada vez mais nos deparamos com um amplo mercado de trabalho para esse profissional, que, por meio da docência, é capaz de mudar vidas e transformar realidades. 

Educação... Um universo de tanta responsabilidade que é capaz de exercer a formação das pessoas combinando ensino e troca de conhecimento. Não é a toa que é considerada a maior riqueza de um país. Como não se apaixonar por essa área, não é mesmo?

Mas qual o passo a passo para implementar um  programa educativo dentro de uma instituição de ensino? Com pesquisas detalhadas, o profissional analisa as necessidades e oportunidades e aplica os resultados no ambiente escolar. Seu trabalho permite a organização dos processos pedagógicos, considerando todas as atividades que envolvem o processo de aprendizagem, de forma sistematizada.

Tanta dedicação confirma a complexidade do processo de formação, bem como a necessidade de dedicação de professores e estudantes, já que a formação do pedagogo prevê ainda o acompanhamento do dia a dia da escola. É ele quem gerencia as ações pedagógicas, além de ser o elemento articulador entre a escola, a família e o aluno.

E não para por aí! O pedagogo também pode exercer suas funções em empresas das mais diversas áreas, além de hospitais, casas de detenção, igrejas, entre outros.

Portanto, não há dúvida: quando se trata de educação, sempre haverá espaço para o trabalho deste profissional. Parabéns pelo seu dia!

O trabalhador não é obrigado a se sindicalizar e pagar

PAGAMENTO DA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL
 
Por Francisco de Godoy Bueno, sócio do Bueno, Mesquita e Advogados; Vice-Presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB) 

Diversos proprietários rurais têm tido dúvidas sobre a cobrança da contribuição sindical para a Confederação Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Seria oportuno aguardar melhor a maturação das discussões e dos posicionamentos. No entanto, já podemos compartilhar certas conclusões: 

A contribuição sindical patronal já foi objeto de diversas controvérsias: não incidência, bitributação, etc. Teses jurídicas, muito bem fundamentadas, foram derrubadas pelos tribunais superiores, confirmando a obrigatoriedade do pagamento. 

Com a reforma trabalhista (Lei nº 13.467/2017), ficou expresso na legislação que o pagamento das contribuições sindicais dependeria da prévia e expressa autorização dos representados. Esse dispositivo tem aplicação controvertida pelos especialistas em direito sindical e vinha sendo questionado pela CNA e algumas Federações de Agricultura.
Acertadamente, a CNA alterou seu posicionamento ao emitir a cobrança aos proprietários rurais pessoa física. Mediante carta assinada pelo presidente, Sr. João Martins da Silva Jr., que reconheceu o caráter facultativo da cobrança, enviada por boleto bancário registrado, mas sem efeito de protesto ou inadimplência. 

Esse posicionamento expresso, público e contundente ao sentido da Lei nº 13.467/2017 permite aos proprietários e produtores rurais, que não se sintam representados pelo sistema sindical patronal agropecuário, que deixem de fazer o pagamento da cobrança e busquem a sua contribuição representativa de forma consensual, junto às suas associações ou seus sindicatos. 

Tendo em vista que há ações de inconstitucionalidade da Lei nº 13.467/2017 em trâmite perante o Supremo Tribunal Federal, é importante manter a questão sob acompanhamento, com a ressalva de que eventual alteração do posicionamento jurídico e político da CNA poderá ensejar a cobrança da contribuição lançada, com acréscimos legais. 

Nesse sentido, sem prejuízo do não pagamento da contribuição, se for o caso, é recomendável que o proprietário comunique expressamente o Sindicato, a Federação ou a Confederação Nacional de Agricultura sobre a discordância com o pagamento, mediante notificação ou telegrama que conste o pedido expresso de “cancelamento do boleto bancário em virtude da expressa não autorização de cobrança da referida contribuição, nos termos do art. 578 da Lei 13.467/2017”.


Cuidados para com a saúde das crianças na escola


Ancar Ivanhoe e Fiocruz promovem ‘mamaço’ no Dia Mundial da Doação de Leite Humano


Resultado de imagem para foto da cantora Ivete sangalo amamentando
Movimento busca sensibilizar a população sobre o tema e dá início à campanha de arrecadação de frascos de vidro, um dos maiores gargalos dos bancos de leite
Rio de Janeiro – Doar leite pode salvar vidas. Por isso, a Ancar Ivanhoe, uma das maiores empresas de shopping centers do país, inicia o projeto nacional de sensibilização para a doação de leite humano com um grande ‘mamaço’ em 14 centros comerciais do grupo, nas cinco regiões em que está presente, em parceria com a Fiocruz.
A ação acontecerá simultaneamente nos shoppings Ancar Ivanhoe no próximo sábado (19), às 15h, com o intuito de conscientizar a população sobre o tema em todo o Brasil com a mobilização de milhares de pessoas em um grande ato de amamentação coletiva. A iniciativa também dá início à campanha Aqui Tem Vida, de arrecadação de frascos de vidro, que será realizado em 19 empreendimentos até o dia 28 de maio e busca suprir um dos maiores problemas dos bancos de leite humano: o armazenamento.
Segundo Diego Marcondes, gerente nacional de Marketing da Ancar Ivanhoe, o movimento tem o objetivo de reforçar a importância de um gesto tão simples que pode reduzir a mortalidade neonatal e infantil do Brasil. “Quisemos usar a força do grupo para promover o bem e fazer a diferença em nossa sociedade. Temos ciência da capacidade instalada de nossos shoppings de atuar como agentes transformadores da realidade e não medimos esforços para promover um grande mamaço aliado a uma campanha de arrecadação de frascos que pode salvar vidas de mais de 160 mil crianças em todo o país”, analisa.
Hoje, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano/Fiocruz (rBLH) necessita de 18 mil frascos por ano para garantir a nutrição de recém-nascidos prematuras e de baixo peso, que não podem ser amamentados pela própria mãe.
Para o coordenador da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano/Fiocruz, João Aprígio Guerra de Almeida, a iniciativa representa um momento de intensa mobilização. “A embalagem adequada para a doação é um ponto sensível para a gente, angariar frascos significa aumentar nossa capacidade operacional. O mamaço vai coroar toda essa ação, vai ser um marco importante até porque nossa expectativa é também divulgar que os bancos de leite são uma casa de apoio à amamentação e estão de portas abertas para qualquer mulher que tem dificuldade para amamentar”, aponta.
O dia 19 de maio emerge como marco histórico da união de esforços entre os países integrantes da Rede Global de Bancos de Leite Humano para a salvaguarda da vida de milhões de crianças que tanto precisam do leite materno como fator de sobrevivência. E apenas um gesto pode fazer a diferença na vida de muitas crianças.
“A parceria com a Ancar é uma experiência ímpar e inédita no Brasil. A empresa, sob a égide da responsabilidade social, encampou o movimento e se disponibilizou a abrir espaço em shoppings de todo o Brasil para a campanha de doação de frascos”, completa Aprígio.
Para apoiar os 219 bancos de leite nos 196 pontos de coleta, basta doar frascos de vidro de até 500g com tampa de plástico e boca larga, como os de café solúvel ou maionese, desde que seja de vidro.
Confira os pontos de coleta dos shoppings:
•                    Shopping Conjunto Nacional
•                    Porto Velho Shopping
•                    Pantanal Shopping
•                    CenterVale Shopping
•                    Shopping Parque das Bandeiras
•                    Golden Square Shopping
•                    Shopping Metrô Itaquera
•                    Shopping Eldorado
•                    Rio Design Barra
•                    Rio Design Leblon
•                    Botafogo Praia Shopping
•                    Shopping Boulevard
•                    Shopping Nova América
•                    North Shopping Fortaleza
•                    North Shopping Maracanaú
•                    North Shopping Jóquei
•                    Natal Shopping
•                    Via Sul Shopping
•                    Shopping Nova Iguaçu
Sobre a Ancar Ivanhoe
Pioneira no setor de shopping centers, a Ancar Ivanhoe é uma das líderes do mercado, com mais de 40 anos de atuação. Sua história teve início na década de 70, quando ingressou na indústria como uma das responsáveis pelo desenvolvimento do segundo shopping construído no Brasil: o Conjunto Nacional Brasília. Em 2006, associou-se à canadense Ivanhoe Cambridge, líder global de serviços imobiliários, e continuou sua trajetória em constante expansão. Após mais de uma década dessa parceria, a Ancar Ivanhoe tornou-se uma das cinco maiores empreendedoras e administradoras de shopping center do Brasil, presente nas cinco regiões do país, com 22 empreendimentos em seu portfólio e única empresa do setor há mais de 10 anos a lista do Instituto Great Place To Work.  Para mais informações, acesse www.ancarivanhoe.com.br .
Sobre a Fiocruz
A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) tem como objetivos promover a saúde e o desenvolvimento social, gerar e difundir conhecimento científico e tecnológico, ser um agente da cidadania. Criada em 1900, como Instituto Soroterápico Federal, a Fiocruz tem uma trajetória que se confunde com o próprio desenvolvimento da saúde pública no País.
Sobre a Rede Global de Bancos de Leite Humano
A Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (rBLH-BR) é uma iniciativa coordenada pela Fiocruz em ação integrada com a Coordenação Geral de Saúde da Criança e Aleitamento Materno (CGSCAM), do Ministério da Saúde (MS). Atualmente, é composta por 218 bancos de leite humano (BLHs) e 194 postos de coleta, presentes em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. No ano passado, a rBLH-BR beneficiou mais de 165 mil recém-nascidos internados em UTI Neonatais e realizou cerca de dois milhões de atendimentos assistenciais às mulheres com dificuldade de amamentar.
Para imagens de apoio da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, acessar: 


No Brasil, o número de doadores de órgãos cresceu, mas a ausência de informação impede que muitas vidas sejam salvas





Segundo a ABTO, a taxa de recusa de doação de órgãos por parentes é de 43%, e a média mundial em torno de 25%

Quanto mais doações de órgãos maior a chance de recomeços. Dados do Ministério da Saúde mostram que no Brasil, atualmente, há cerca de 40 mil pessoas na fila de espera para doação de órgãos. De acordo com a Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), a taxa de recusa de doação de órgãos por parentes é de 43%, e a média mundial em torno de 25%. O Ministério da Saúde busca por meio de campanhas educativas a mudança dessa mentalidade, mas é um processo delicado que envolve a desinformação e a perda de uma pessoa querida.

No Brasil, o número de doadores vem crescendo. No primeiro semestre de 2017 aumentou quase 12%. O país passou de mais de 14 doadores para cada 1 milhão de pessoas, para mais de 16 por milhão de habitantes.

Pioneiro e inovador na ciência de transplantação, o Hospital Felício Rocho, nos últimos dois anos realizou cerca de 442 transplantes, sendo que os órgãos transplantados foram de rim, fígado, pâncreas, coração e medula óssea. Segundo a médica Sandra Vilaça, coordenadora da Unidade de Transplantes do Felício Rocho, as pessoas precisam confiar no sistema de saúde e manter o assunto sobre doação de órgãos presente no seu dia a dia. “O Hospital tem nefrectomia por videolaparoscopia do doador e estamos nos preparando para iniciar o procedimento via robótica”, ressalta.

Sandra Vilaça, diz ainda que no Hospital Felício Rocho existem protocolos humanizados para atender pacientes analfabetos, cegos e potenciais não aderentes. “Temos um ambulatório com profissionais para avaliar tanto o doador como o receptor em cada caso específico. Os órgãos que podem ser doados são: rim, fígado, coração, pâncreas, medula óssea, pele e ossos ”, explica.

Muitas pessoas têm dúvida sobre quem pode ser doador. De acordo com a médica, doador pode ser uma pessoa em vida ou quem tiver morte encefálica (falecido). “Os pacientes transplantados têm alta hospitalar programada e recebem uma cartilha e também têm acompanhamento com uma equipe multidisciplinar: enfermeira, farmacêutica e nutricionista, além de um médico para passar todas as orientações necessárias”, finaliza Sandra Vilaça.

Em 2015, Marluce Andrade, da famosa dupla sertaneja Marluce & Luciano, realizou um transplante de rim, no Hospital Felício Rocho. Ela recebeu o rim do irmão Luciano. Atualmente, a dupla de cantores apoia diversas causas sociais, em especial a doação de órgãos.

Saiba quais são e como fugir das doenças comuns do frio


Saiba quais são e como fugir das doenças comuns do frio
 
Especialista esclarece dúvidas e dá dicas para manter a saúde intacta em dias de baixas temperaturas

A chegada do outono no hemisfério sul já sinaliza dias mais frios. Mesmo considerada agradável por muitas pessoas, acaba servindo de cenário para uma série de doenças, principalmente relacionadas ao sistema respiratório. Segundo o infectologista e professor da Faminas-BH, Ricardo Luiz Fontes Moreira, as mudanças bruscas de temperatura podem desencadear alterações imunológicas locais na superfície do trato respiratório que predispõem infecções das vias aéreas. “Nessa época do ano, as pessoas permanecem mais tempo em locais fechados, com pouca ventilação. Isso aumenta a chance de transmissão de doenças entre os indivíduos que estão em um mesmo ambiente”, revela.

Os resfriados comuns são causados por uma serie de espécies distintas de vírus. “Não existem, disponíveis no mercado, antivirais com resultados satisfatórios para tratamento destas condições. Dessa forma, direcionamos o tratamento de acordo com sintomas apresentados pelo paciente”, alerta. Os analgésicos, por exemplo, são indicados em caso de dor no corpo ou na face e os antitérmicos para controle da febre. O especialista ainda destaca a importância da alimentação e hidratação adequadas para melhor recuperação. “Os resfriados comuns são caracterizados pelos sintomas de vias aéreas superiores, geralmente coriza (secreção nasal), espirros, lacrimejamento excessivo, mal estar leve, geralmente sem febre ou com febre baixa”, completa.

Nos dias frios, as crises alérgicas são mais comuns por causa das mudanças de temperatura e redução da umidade relativa do ar. “Isso causa alterações imunológicas na mucosa respiratória. Entretanto, não confunda alergia com gripe. Enquanto a segunda é uma infecção causada pelo vírus Influenza e cursa, geralmente, com quadro de febre, mal estar, dor no corpo, tosse, dor de garganta, a segunda dificilmente apresenta febre ou sintomas gerais como mal estar e dor no corpo”, pondera Moreira.

Outras doenças comuns

Asma: Como é um período que ocorrem muitas infecções respiratórias, desencadeia os sintomas da asma. A primeira etapa no tratamento é evitar a exposição a fatores que exacerbam as crises de asma, portanto, deve-se evitar esposição a poeira, pelo de animas, cheiros fortes, ambientes muito frios, cigarro e fumaça de cigarro.
 
As medicações inalatórias (bombinhas) são extremamente eficazes no tratamento das crises agudas de asma, e devem ser utilizadas conforme a orientação do médico que acompanha o paciente. Pessoas que não vêm apresentando melhora das crises devem procurar atendimento médico para verificação do que está acontecendo.
 
Irritação na pele: Devido a redução da umidade relativa do ar, e ao hábito de tomar banhos muito quentes no frio, esse período do ano pode piorar doenças de pele como a dermatite atópica.
 
Otite: Otite é a infecção do ouvido. Geralmente as otites externas (do conduto externo do ouvido) são predispostas pelo acumulo de água local. Dessa forma, deve-se evitar molhar o canal do ouvido, e sempre que isso acontecer deve-se seca-lo precocemente. As otites médias são infecções da parte interna do ouvido, geralmente causadas por vírus ou por bacterias de transmissão respiratária, os mesmos que causam quadros de pneumonia e sinusites. Os pacientes podem ter sensação de pressão ou dor no ouvido, ou redução da capacidade de audição, e devem procurar atendimento médico, pois, geralmente é necessário o uso de antibióticos.


Senado aprova projeto que cria Sistema Único de Segurança Pública









polticia nacional
Atualização diária 17 de maio de 2018


NOTÍCIAS



Cooperativas pedem aprovação de política nacional da economia solidária
A principal proposta incluída na plataforma é o Projeto de Lei 4685/12, do deputado Paulo Teixeira (PT-SP) e outros, que cria a política nacional de ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Atingido por política da Petrobras, setor de postos quer mudanças no ICMS
Em nota, a Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis) demonstrou “insatisfação em relação à política de ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Governo cria autoridade nacional contra a violência no desporto
O primeiro-ministro anunciou na quarta-feira a criação de uma autoridade nacional contra a violência no desporto que permita às autoridades agir em ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Fachin autoriza abertura de inquérito contra políticos do MDB
O relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, autorizou a abertura de inquérito contra políticos do MDB no Senado.
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

Jornal de Saúde informa

Vamos estudar: Aplicação do cdc ao comércio eletrônico: apontamentos acerca do projeto de atualização n 281/2012

[PDF]   Aplicação do cdc ao comércio eletrônico: apontamentos acerca do projeto de  atualização  n 281/2012 JA Mor...

Jornal de Saúde