segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Dúvidas sobre homeopatia médica e não-médica e vacina homeopática




Periodicamente, a imprensa veicula notícias em que adeptos da homeopatia, em diversos países, evitam submeter seus filhos aos “Programas Nacionais de Imunizações”, seja por iniciativa própria ou por indicação de “homeopatas” contrários às vacinas clássicas. Outras vezes, estes mesmos “terapeutas” indicam vacinas denominadas “homeopáticas” (isopáticas) em substituição ao calendário de imunização convencional, tendo o seu uso bastante difundido em países em que a homeopatia não é considerada uma “especialidade médica” e é praticada por terapeutas homeopatas “não médicos”.

Infelizmente, matéria publicada no jornal “Folha de São Paulo” (“Até vacina homeopática integra rol de absurdos e boatos sobre febre amarela”, “Cotididiano”, 30/01/2018) reitera estas ocorrências que denigrem a imagem da especialidade médica homeopática.

Em 2009, contrariamente a estas práticas antiéticas que não apresentam comprovação científica de sua eficácia e segurança, e que desrespeitam por si só a própria racionalidade homeopática, eu publiquei no International Journal of High Dilution Research (e na Revista de Homeopatia) uma revisão sobre os aspectos epistemológicos, científicos e éticos do emprego correto da homeopatia em doenças epidêmicas que não apresentam métodos preventivos eficazes, criticando veementemente o uso destas vacinas “isopáticas” (isoprofilaxia):

Recentemente, em resposta às críticas de Isaac Golden (http://highdilution.org/index.php/ijhdr/article/view/687), terapeuta homeopata australiano não médico e um dos maiores difusores destas vacinas “isopáticas”, eu publiquei uma segunda revisão ampliada sobre o mesmo tópico, reiterando que o “programa de isoprofilaxia” proposto por Golden “não é suportado pela episteme homeopática”, “não apresenta evidências científicas que atestem a sua segurança e eficácia” e “viola os aspectos bioéticos da beneficência e da não maleficência”, posição corroborada por instituições homeopáticas de todo o mundo, incluindo a Associação Médica Homeopática Brasileira:

Apesar de essas conclusões afetarem “milhares de praticantes da homeopatia em todo o mundo que usam programas de imunização isopática baseados em nosódios” conforme a alegação de Isaac Golden, o estímulo desses terapeutas não médicos à substituição dos programas de imunização clássica por programas de imunização isopática, sem comprovação científica de sua eficácia e segurança, traz grandes malefícios à reputação da homeopatia, sendo veiculado em diversas ocasiões com o intuito de denegrir a prática médica homeopática ética e consciente.

Para esclarecer estes aspectos, divulgo este material de referência e a síntese abaixo:




Dr. Marcus Zulian Teixeira

 Nota do editor
 Esclarecimento oportunos que desautorizam estes textos que muito das vezes procura divulgar conhecimentos que faltam a base cinetífica médica de uso em mais de 3 mil pessoas. Como também a questão da ética deveras importante. 
Onde me enquadrei, pois teno curso de homeopatia não médica e trabalho com plantas medicinais e havia sugerido o uso da planta Melão de São Caetano e Muriaé para a Febre Amarela. Em receita homeopatizada e chás.

Síndrome do Edifício Doente: você sabia que sua saúde pode estar em perigo?


Por Francisco Pimenta
Cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, dentre inúmeras outras no nosso país, possuem histórias longas, pois foram fundadas logo no início da colonização portuguesa. Isso fez com que muitas das suas construções sejam antigas, em parte por um uso contínuo desses prédios, e também em grande parte pela preservação histórica. Claro que os prédios não são tão velhos quanto a cidade, a maioria data de períodos mais recentes com algo em torno de 40 ou 50 anos, mas o fator histórico mostra uma cultura de preservação dos cidadãos, que é muito positiva para a cidade em termos de turismo, conhecimento e patrimônio cultural. 

O problema é quando esses edifícios, alguns nem tão históricos apenas antigos, possuem problemas de saúde que não são imediatamente notados, pois são problemas de saúde estrutural, uma doença da construção, por assim dizer. Uma delas é a SED, Síndrome do Edifício Doente. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a SED é definida como "um conjunto de doenças causadas ou estimuladas pela poluição do ar em espaços fechados". Estes espaços fechados, em sua maioria, são as grandes edificações as quais começaram a surgir na década de 1970 e hoje são os lugares onde passamos a maior parte de nosso tempo. Em casos extremos chegamos a ter construções do fim da década de 1930. Prédios de serviços públicos ou de empresas mais velhas no centro da cidade, e até mesmo residências, sãos os principais focos do SED. 

É possível notar essas construções pelo estilo arquitetônico da época, pelo tamanho, pela ausência de tecnologias que só vieram a surgir mais adiante, e que não foram atualizadas na construção. No caso de riscos à saúde é que temos um problema. A SED pode ser percebida quando em pelo menos 20% dos usuários (ocupantes) destas grandes edifições aparecem sintomas tais como dor de cabeça, náuseas, ardor nos olhos ou coriza. A existência da SED só foi reconhecida pela OMS na década de 80, quando houve uma contaminação coletiva de pneumonia num hotel na Filadélfia, o que ocasionou a morte de 29 pessoas. 

No Brasil, o caso marcante foi no fim da década de 1990, quando morreu o então ministro das Comunicações, Sérgio Motta, em função do agravamento de seu quadro clínico que, segundo muitos, foi devido à presença de fungos no ar. Segundo especialistas no assunto, a SED não provoca doenças, mas pode colaborar para agravar males em pessoas pré-dispostas ou até mesmo provocar um estado passageiro. Ou seja, quando estas pessoas saem das edificações consideradas com SED os sintomas desaparecem. 

Resultado de imagem para foto da legionella pneumophila
Bactéria assassina Legionella pneumophila
Numa outra linha de raciocínio, a SED pode provocar alguns males (ou doenças) compartilhados. Um exemplo clássico disso é o caso da já citada contaminação coletiva no hotel na Filadélfia (EUA) em 1976 pela bactéria assassina Legionella pneumophila a qual causou uma forma rara e grave de pneumonia. 

Um dos grandes problemas é que não temos uma ideia de quantos prédios hoje sofrem disso, nas grandes metrópoles. Este é um dado difícil de se adquirir, talvez por medo dos responsáveis pela administração dos prédios e condomínios em passar a informação. Porém, segundo a própria OMS, pelo menos 30 % das edificações em todo o mundo sofrem de SED. No Brasil, este número pode chegar a 50 %. São números alarmantes, mas que não tocam as autoridades competentes, surpreendentemente.

Talvez a pergunta mais importante nesse momento, seja: como combater isso? Já que muito está em risco. Uma das primeiras coisas a se fazer é cuidar das instalações de ventilação e climatização, como ar condicionado, desses prédios. Já ouvi dizerem que o ar condicionado é o culpado desse tipo de situação, porém isso é um dado enganoso. O equipamento só é causa quando o mesmo foi mal dimensionado, mal projetado, mal instalado e muito mal mantido. Podemos citar vários outras causas importantes da SED tais como acúmulo de poeira, grande presença de VOC (compostos orgânicos voláteis) e até mesmo os produtos de limpeza, todos eles responsáveis por alergias e irritações nas vias respiratórias. 

Portanto, a melhor forma de combater (ou evitar) a SED é, entre outras, manter o ambiente limpo, ter controle sobre a quantidade de VOC dentro dos ambientes, ter controle sobre a quantidade e qualidade dos produtos de limpeza e conceber um bom sistema de ar condicionado, desde o seu projeto, passando pela instalação e comissionamento, até uma manutenção com qualidade. O próprio ar condicionado é algo necessário, vivemos em um país de altas temperaturas, mas é preciso estar atento aos cuidados pertinentes. 

Os cuidados com o prédio fazem muita diferença, então estar atento a isso é tarefa da administração, mas também pode ser motivada por um olhar cuidadoso e proativo dos ocupantes em geral.

REUNIÃO DOS MAIORES NOMES DO BISTURI



Os reis do bisturi consagrados em diferentes partes do mundo se encontrarão em São Paulo para a XIX edição do Simpósio Internacional de Cirurgia Plástica, que acontece de 16 a 18 de março, no Sheraton WTC São Paulo Hotel.

O hotel se prepara para receber a comitiva internacional com médicos de 7 países diferentes,  além de convidados nacionais de todo o canto do Brasil. Maior evento de cirurgia plástica estética  da América Latina, o simpósio é coordenado pelos cirurgiões Antonio Graziosi, Carlos Oscar Uebel e Ewaldo Bolivar de Souza Pinto.

São esperados mais de 1000 cirurgiões plásticos de todo o mundo durante os 3 dias de evento. Cirurgias ao vivo serão transmitidas. Novas técnicas para rejuvenescimento facial e de pescoço, lifting de lábios, implante capilar e de barba, procedimentos inovadores e utilizados em todo o mundo na melhora do contorno corporal, técnicas para levantamento de sobrancelhas e até uma nova técnica na cirurgia transexual enriquecem a  programação científica do evento.

Confira o time de internacionais:
Representando a Alemanha,  Dr. Wolfgang Funk, professor da Academia Facial de Cirurgia Plástica e Estética, da Universidade Witten-Herdeck e também da Universidade de Greifsward, na área de estética e laser. A Argentina virá com um time de peso: Dr. Fernando Felice, Dr. Javier Cucchiaro, Dr. Jorge Herrera e Dr. Luis Heredia. A Áustria enviará 3 de seus maiores nomes: Dr. Markus Handle, Dr. Hannes Traxler e Dr. Nobert Fock- os dois últimos são os organizadores do inédito Curso de Cadáveres Frescos. Pelo grupo americano Dra. Alexandra Condé-Green, pesquisadora e grande entusiasta dos tratamentos utilizando células tronco, Dr. James Newman e Renato Saltz, referência e um dos pioneiros em cirurgia endoscópica nos EUA. O francês Daniel Labbé também é presença confirmada. O presidente da Sociedade Italiana de Cirurgia Plástica e Estética, Dr. Giovanni Botti prestigiará o evento ao lado do Dr. Mario Pelle Ceravolo e Dr. Vicenzo Colabianchi, também cirurgiões italianos. Portugal estará muito bem representado pelo Dr. Francisco de Melo, um dos mais respeitados nomes da cirurgia reconstrutiva e estética em Portugal e nos Emirados Árabes.

Serviço:
De 16 a 18 de março de 2017
Sheraton WTC Hotel – Avenida das Nações Unidas, 12559 – Brooklin – São Paulo

António Arnaut em entrevista: “Há dinheiro para o SNS com vontade política. É só ver quanto ...


polticia nacional
Atualização diária 5 de fevereiro de 2018


NOTÍCIAS

António Arnaut em entrevista: “Há dinheiro para o SNS com vontade política. É só ver quanto ...
António Arnaut, pai do Serviço Nacional de Saúde (SNS), redigiu a lei fundadora deste serviço há quase 40 anos. Agora, face ao atual contexto e a alterações que acredita estarem a deteriorar o serviço, decidiu rescrevê-la com a ajuda do médico e ex-líder do Bloco de Esquerda, João Semedo.
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

Moro retoma processo do sítio em Atibaia e ouve testemunhas contra Lula


Brasil
Atualização diária 5 de fevereiro de 2018


NOTÍCIAS


Na lava jato, 13 réus já tiveram penas em 2º grau executadas
São Paulo – O Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), que condenou em segundo grau o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no dia 24 de janeiro, determinou desde o início da Operação Lava Jato o envio dos processos para Curitiba para ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante



Moro retoma processo do sítio em Atibaia e ouve testemunhas contra Lula
A partir desta segunda-feira (5) o juiz federal Sergio Moro retoma um dos processos contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na Lava Jato e começa a ouvir testemunhas de acusação. A ação penal diz respeito ao sítio em Atibaia, que o ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante



Juiz suspende liminarmente exportação de gado vivo em todo o País
O juiz federal Djalma Moreira Gomes suspendeu liminarmente a exportação de gado vivo pelo Brasil. O magistrado, da 25ª Vara Cível Federal de São Paulo, acatou na noite de sexta-feira (2), um pedido de liminar feito pela ONG Fórum Nacional de Proteção ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante



Homem é executado dentro de ambulância em frente ao Hospital Albert Schweitzer
RIO - Um homem foi executado com pelo menos 15 tiros, na madrugada deste domingo, dentro de uma ambulância do Hospital municipal Albert Schweitzer, em Realengo. Mikael Barbosa da Cruz seria transferido para o Hospital Salgado Filho, no Méier, onde ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante



Cidadão poderá obter identidade e passaporte em cartórios
Obter um documento de identificação poderá se tornar mais fácil com a publicação do Provimento nª 66 da Corregedoria Nacional de Justiça. O Diário de Justiça da última sexta-feira (26/1) publicou a medida administrativa da Corregedoria que permite ao ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante



Piso cede e esmaga veículos estacionados em garagem de prédio residencial no DF; veja vídeos
Caso ocorreu na 210 Norte, em Brasília, na manhã deste domingo. Segundo Corpo de Bombeiros, 25 carros foram atingidos; não há vítimas. Facebook · Twitter. Por Letícia Carvalho e Camila Guimarães, G1 DF e TV Globo. 04/02/2018 08h50 Atualizado há 6 horas ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante



TRF4 foi mais severo com Lula do que em outros 154 casos similares
ÉPOCA compilou casos semelhantes aos do ex-presidente. Dados apontam que ele foi submetido a um julgamento mais severo do que outros réus da Lava Jato. DANIELA SIMÕES E RODRIGO CAPELO. 03/02/2018 - 09h50 - Atualizado 03/02/2018 09h50. Conteúdo de ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante



Carga viva: liminar autoriza exportação dos 28 mil animais pelo porto de Santos
EEm sua decisão, a desembargadora Diva Malerbi determina a partida imediata do navio e afirma que a reversão do processo de embarque provocaria mais sofrimento e desgaste aos bois. Liberação da exportação vale para todo o território nacional. Notícias ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante



Governo derruba liminar e navio com mais de 25 mil bois deixa o Porto de Santos
Ministro da Agricultura, Blairo Maggi, discutiu com presidente Temer solução para impasse. Ministra Grace Mendonça, da AGU, entrou com recurso, que permitiu a liberação da embarcação. Facebook · Twitter. Por José Claudio Pimentel, G1 Santos. 04/02/2018 ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante



Luisa Mell visita bois 'presos' no Porto de Santos e desabafa: 'Barbaridade'
O deputado Beto Mansur também esteve no local e fez uma visitação ao navio que abriga os bois. Para ele, condições dos animais é boa. Facebook · Twitter. Por G1 Santos. 04/02/2018 16h20 Atualizado há 11 horas. Luisa Mell se reúne com ativista em defesa ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

Jornal de Saúde informa

Drogaria Araújo em BH/MG inova e afirma em publicidade que não cobra frete de mercadoria comprada por aplicativo e retirada em lojas da Drogaria

Drogaria Araújo, inova na enganação publicitária e promete não cobrar frete em mercadoria retirada na loja pedido por App  A Drug S...

Jornal de Saúde