sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Lula manipula alguns milhares do MST, mas não são todos do movimento MTST-Movimento dos Trabalhadores sem Terra

Lula manipula alguns milhares do MST, mas não são todos do movimento MTST-Movimento dos Trabalhadores sem Terra

Certeza absoluta que não a maioria dos Sem Terra, pois o PT e Lula, especificamente, pouco fez para o Movimento, Fernando Henrique Cardoso, com Graziano, secretário de Reforma Agrária, assentou e fez projetos para a agricultura, muito melhores em números de famílias e para a agricultura em geral. Hoje é movimento político eivado por dinheiro. As lideranças artísticas que apoiam Lula, são minorias, atualmente, se revelando apenas em Chico Buarque de Holanda, sua maior expressão, alguns atores da Globo, petistas de última hora de de carteirinha amigos de Zé Dirceu, o mais corrupto dos corruptos dos petistas de última hora, o "guerrilheiro" namorador e depois milionário petista da noite para o dia como Pallocci e outros.Lula manipula alguns milhares do MST, mas não são todos do movimento MTST-Movimento dos Trabalhadores sem Terra
.

Leia mais
http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2017-12-29/lula.html




Governador corrupto, Fernando Pimentel, e Prefeito mentiroso Alexandre Kalil, autorizam aumento da tarifa de bus

Resultado de imagem para fotos de kalim e fernando pimentel
A passagem de governador processado por corrupção será de R$ 5,00
O governador de Minas Gerais e o prefeito de Belo Horizonte, respectivamente essas personas non gratas ao povo mineiro, acabam de anunciar via meios de comunicação sobre o aumento das passagens de ônibus que entram em vigor no dia 1/01/2018 um presente de Natal e Ano Novo para os mineiros.
Resultado de imagem para fotos de Kalil
*A passagem de Kali, o mentiroso será de R$ 4,20, leia abaixo texto que comprova a tarifa mais cara do Brasil


O mais mentiroso deles, sem dúvida é Alexandre Marcelo Kalil, que se elegeu prefeito pelo PHS, partido nanico e corrupto, com alguns dirigentes na Lava Jato, que deve abrigar a candidatura de Bolsonaro, graças a torcida do sofrido Atlético Mineiro, que caiu nas mãos de políticos da Política Suja Mineira, que afundou o Estado na corrupção leia-se, Aécio Neves, Anastazia, Fernando Pimentel e agora Kalil.

Esses burgueses disfarçados de trabalhadores, com discurso pró ativo, de que vai planilhar, que somente aumento com o aval do prefeito, são fanfarronices. Eles são títeres, marionetes dos empresários de transporte público de Minas Gerais, que conseguem aumentar a passagem através de lockout, ou seja greves de empresários, disfarçadas de greve de motorista e trocador.

Na verdade, esses dois corruptos estão a pagar os investimentos, as propinas em campanhas políticas, que seus partidos receberam e vão receber no ano que vem 2018 paraa Eleição para presidente, deputado federal, e parte do senado, mas governadores.

No Estado de Minas Gerais, não conseguimos provar que estes corruptos pagam campanhas com reajustes de tarifas devido os Conselheiros serem indicados pela Assembléia Legislativa. O Ministério Público ser cordenado pela Procuradoria Geral do Estado, e todos os desembargadores serem comportamentalistas e corporativistas. O cidadão mineiro, nunca tem razão.

Com a agravante, o transporte público em Minas Gerais, não respeita o Estauto do Idoso, somente aprova para pessoas de 65 anos a gratuidade das passagens enquanto que na maioria dos Estados, a partir de 60 anos a passagem está franqueada pela Lei estatutária. E, para piorar, é um dos transportes de pior qualidade.

Na capital de ntem para hoje, 28 para 29, foram queimados mais de seis ônibus. A Policia Militar, está orientada para promover bilhetes de origem duvidosa, pois não houve nenhum movimento reivindicatória nas cadeias e penitenciárias do Estado sobre maus tratos e outros pedidos. Já existem historicamente este descaso. Mas, querem imputar na sociedade que a queima dos ônibus é armação de presos e não a insatisfação popular pelo aumento e pelo transporte público de péssima qualidade de carros, horários, vias e sistema.

Essa quadrilha de empresários que conta com Deputado Estadual, como Toninho Pinheiro e família, dona de várias empresas na capital. Consegue barrar o metro e quando recebem verbas como no governo de Aécio Neves, ela some e fazem trens  urbanos e chamam de metro e nunca terminam ou integram o sistema de ônibus com os trens e nem as estações do metro via Savassi, Barreiro, Betim e outros locais de densidade demográfica e de mão de obra que usa o transporte para trabalhar.

O lazer do belohorizontino, então fico, na hiponitzação da televisão, esse politico Kalil, Zezé Perrella e outros, são responsáveis de tornar o ingresso do mineirão um dos mais caros do país, também, junto com a passagem. Não se tem mais lazer em Belo Horizonte. Tudo é caro, a família com dois filhos fica presa, não se pode passear, uma porque não tem ônibus de 15 em 15 minutos e outra o preço de R$ 20,00 para ir a Pampulha, para quem vai ganhar R$ 17,00 de reajuste de salário mínimo, que foi para R$ 954,00 imaginem.

Esses são os nossos políticos, roubam e enganam na hora de dar o troco para a população com a inflação, juros, impstos e tarifas caras, de modo geral.

*https://exame.abril.com.br/brasil/as-capitais-onde-a-tarifa-do-onibus-ficou-mais-cara-em-2017/


São 8 deputados federais a bancada do Rio Grande do Norte, cinco votaram com Temer, cadê o dinheiro da Emendas

 Resultado de imagem para foto de rio grande norte com a greve da PM

Praticamente os mais de 2 mil homens das Forças Armadas(https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/governo-federal-anuncia-envio-de-2-mil-homens-das-forcas-armadas-para-o-rn-em-48-horas.ghtml) e outras, forças fazem uma espécie de intervenção branda no estado do Rio Grande do Norte. Mas, e os deputados federais que na maioria votaram em Michel Temer, desde o Impeachment que demoveu Dilma Rouasseff? Leia essas informações colhidas em reportagem de outubro de 2017 pelo jornal O Globo.

Walter Alves (PMDB), com 191.064 votos. Ele é filho do senador Garibaldi Alves, que atualmente ocupa o cargo de ministro da Previdência Social. Aos 34 anos, Walter Alves possui dois mandatos na Assembleia Legislativa do RN e é formado em Gestão Executiva. O federal mais votado no RN.

Rafael Motta (PROS) teve 176.239 votos no RN e foi o segundo deputado federal mais votado no estado. É filho de Ricardo Motta (PROS), atual presidente da Assembleia Legislativa do RN, que foi eleito para o sétimo mandato como deputado estadual neste domingo. Rafael Motta tem 28 anos, é formado em Engenharia de Produção na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e foi eleito o segundo vereador mais votado de Natal em 2012. (Votou não).

Fábio Faria (PSD) foi reeleito deputado federal com 166.427 votos no Rio Grande do Norte. Ele é filho do atual vice-governador do estado Robinson Faria (PSD), que foi para o segundo turno com Henrique Alves (PMDB) na disputa pelo governo do estado. Fábio tem 37 anos, é formado em Administração de Empresas, e já tem dois mandatos como deputado federal.

Zenaide Maia (PR) foi eleita deputada federal pelo Rio Grande do Norte pela primeira vez com 134.588 votos. Ela é irmã do deputado federal João Maia (PR) e candidato a vice-governador do RN na chapa liderada por Henrique Alves (PMDB). Zenaide tem 54 anos, é médica e atualmente é Secretária Municipal de Saúde de São Gonçalo do Amarante, município da Grande Natal. Ela é casada com o prefeito de São Gonçalo, Jaime Calado. (Votou não).

Felipe Maia (DEM) foi reeleito deputado federal com 113.722 votos. Ele é filho do senador José Agripino Maia (DEM). Felipe tem 41 anos, é formado em Direito e vai assumir o terceiro mandato como deputado federal.
Betinho Rosado Segundo (PP) foi eleito deputado federal no Rio Grande do Norte com 64.445 votos. Ele é filho do atual deputado federal Betinho Rosado (PP) que não concorreu è reeleição porque teve o registro de candidatura indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN). Betinho Segundo tem 32 anos e é engenheiro agrônomo, formado pela Universidade Federal Rural do Semi-árido (UFERSA).
Antonio Jacomé - (Votou não).

Rogério Marinho - (Votou não).

Henrique Alves, candidadou-se e perdeu as eleições, ninguém sabe o motivo, aliados como se apresentou na votação de pedido de cassação ou impeachment de Michel Temer, ele tinha. Hoje, o ex-ministro do Turismo, obrigado a renunciar ao cargo pelo motivo que motivou sua prisão, corrupção, foi deputado federal por mais de 12 mandatos consecutivos.

A conclusão é que o Estado não poderia estar quebrado como está se estes deputados federais e o ex-deputado federal e ministro de estado, que durante o impeachment de Dilma Rousseff, durante o pedido de investigação de Michel Temer na CCJ-Comissão de Constituição e Justiça para que fosse ao plenário da Câmara e se aceita fosse para o Supremo Tribunal Federal. Henrique Alves, preso, e todos os aliados, enfim a bancada, deveria dar conta do dinheiro de Emenda parlamentar que foi paga em adiantado para que os votos fossem possíveis.

O que comprova que o dinheiro, os recursos que cada Estado possui e consegue através de suas bancadas eleitas, para isso que elas servem foram desviados e estão em contas externas ou em contas de milionários riograndenses enquanto que os funcionários públicos, no episódio que gerou a intervenção, a Polícia Militar, não recebe salários, não tem equipamentos para trabalhar, e a segurança chegou ao nível da selvageria, do barbarismo.

No Brasil, intervenção em Estado, aconteceu somente na ditadura militar e era muito branda, mas deixava governadores biônicos, como em São Paulo, José Maria Marín, hoje preso nos USA, por corrupção no futebol, Fifa e CBF.

Em Minas Gerais, Francelino Pereira, que morreu este mês aos 92 anos, piauense. E, outros, pelo país afora.

O que precisa ficar demonstrado com a paralisação da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, que não é fato isolado, isso ocorreu no Estado do Alagoas, durante o governo de Fernando Collor de Melo, durante o governo de José Sarney, onde os policiais vendiam, literalmente suas armas para comprar comida para suas famílias.

Não administração errônea, não é a economia e tampouco a crise que assolou o país. Isso chama-se, corrupção, coronelismo político puro, onde os políticos se tornam carreiristas, ditadores, populistas e bolivarianos. Não existe, dentro da política moderna, dos Estado que são obrigados a se modernizar, abrigo, filosofia para políticas discricionários e de grupos que querem se perpetuar no poder, a verdade hoje, pode ser a mentira de amanhã, em termos, se pensar em resultado econômicos, em investimentos de infra estrutura. Não se pode engessar com equações econômicas mentirosas, com premissas políticas, toda a sociedade. O Brasil, e sua sociedade está desperta e pode mudar esse rumo a qualquer momento e ciclos se repetem e quando a resposta vier vai ser para derrubar muitos privilegiados, estes sim, coronéis, ricos ou financiados pelos ricos que querem sempre manipular os deputados federais, fazerem eles ricos, mas também se perpetuar como seus tutores, a quem eles eternamente vão pedir bença, conselhos e entregar também seus presentes.

Não existe ainda democracia plena no Brasil, não há democracia onde a população seja respeitada como diz na Constituição cidadã, muito bem planejada, mas executada pela escumalha, pela mesquinhez de grupos políticos, desde Tancredo Neves até Michel Temer, o que os políticos fizeram com o país, é um dos maiores crimes de Lesa Pátria, que se tem na história da nação. Para se perpetuar no poder venderam o país diversas vezes no exterior, tudo quanto eles repudiavam, tudo quando eles lutaram, ensinaram, discursaram, fizeram diferente e o saldo de tudo isso, é a volta para a recessão, para a fofoca, para julgamentos, fatos, imprensa, prisões, hábeas corpus. Uma imensa novela, imensa podridão que arrasta as pessoas para a descrença e aos lamentos, porque Deus não me manda a morte, como diz, um poeta em sua canção.

Este que não existe para muitos, principalmente para os políticos corruptos, que o usam quando são pegos, são católicos, protestantes, espíritas ou umbandistas e tudo quanto há, mas, todas as religiões ensinam a não roubar, não matar, respeitar o pai, a mãe, não trair a esposa. Como é isso, será que esses políticos são como os TERRORISTAS da AlQaeda, do Estado Islâmico, que matam em nome de Deus de Alá, Alcorão?

É mesmo, absurdo, pensar assim, perder a esperança e pensar que estes homens mandam no país, mandam em 220 milhões de pessoas, nas suas bocas, pensamentos, vontades. É, eles pensam que sim, e por incrível, que pareça, os brasileiros, parecem, fingir quem, sim.
Dos oito votos da bancada federal do RN, sete foram a favor do impeachment
Somente um deputado federal votou contra o impeachment de Dilma, Zenaide Maria(PR) que era o Partido Liberal

Marcelo dos Santos – MTb 16.539 SP/SP

Como a luta para salvar botos revelou cadeia de contaminação e doenças na Amazônia


Doenças
Atualização diária 29 de dezembro de 2017


NOTÍCIAS

Como a luta para salvar botos revelou cadeia de contaminação e doenças na Amazônia
Pesquisador narra impacto do uso da carne de botos como isca para peixes contaminados por mercúrio no rio Amazonas. BBC BRASIL.com. 28 dez 2017. 14h44. atualizado às 16h11. separator; comentários. O que tem a ver a luta pelos botos-cor-de-rosa do rio Amazonas com vendedores de peixes ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Decifrada a assinatura genética de uma forma comum de demência
Chama-se demência dos corpos Lewy e, apesar das muitas semelhanças com a doença de Alzheimer e de Parkinson, não é a mesma coisa. Agora, uma equipa internacional confirmou isso mesmo com trabalho que resultou numa identificação mais precisa do seu perfil genético único que revela ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Diagnóstico de Câncer já pode ser coberto por seguro
Poucas palavras assustam mais as pessoas que “câncer”, doença que até a década passada tinha o peso de uma sentença de morte. Do início dos anos 2000 para cá, entretanto, muita coisa mudou, e se os últimos meses não foram tão animadores para a economia mundial, foram momentos ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


O caso Raríssimas é uma questão associativa ou do mercado?
Nos últimos dias fomos inundados com as notícias sobre a Raríssimas. Quem nunca ouviu falar em doença rara ou alguma coisa parecida, provavelmente nunca deu muita atenção às notícias associadas à instituição. Mas quem conhece o diagnóstico de alguma doença rara, seja da própria pessoa ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


A praga que ameaça o saboroso café colombiano
"Se você reduzir a diversidade genética, tem menos resistência ao clima, a pragas e a doenças", explica Davis, do Royal Botanic Gardens, Kew. A falta de diversidade mostrou-se desastrosa para outras culturas comerciais. A maioria das bananas vendidas hoje no mundo é clone de uma única planta ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Deputados de SP aprovam 'segunda sem carne' em escolas e prédios públicos
Ele relaciona o consumo de carne “aos direitos dos animais, à crise ambiental, ao aquecimento global, à perda de biodiversidade, às mudanças climáticas e às diversas doenças que afligem a população humana, incluindo doenças cardiovasculares, doenças crônicas degenerativas, colesterol ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


O salto da terapia genética
Devemos saudar o fato de a ciência avançar rapidamente para poder aplicar essa técnica de maneira segura em patologias que hoje não têm tratamento ou para evitar a transmissão de doenças hereditárias. Mas também devemos abrir um debate sobre como isso deve ser aplicado. O mesmo ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


O salto da terapia genética
Depois de demonstrar eficácia em animais, os primeiros testes em humanos foram autorizados em 2016. Devemos saudar o fato de a ciência avançar rapidamente para poder aplicar essa técnica de maneira segura em patologias que hoje não têm tratamento ou para evitar a transmissão de doenças ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


No AP, carcaças de animais são despejadas em lixeira e mau cheiro invade área urbana
... montanhas de lixo no município de Oiapoque. Reclamação foi enviada pelo aplicativo Tô Na Rede, por internauta que teme risco de doenças. ... Eles reclamam do mau cheiro que infesta a área urbana e temem riscos de contaminação e de doenças. O G1 tenta contato com a prefeitura do município.
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Assembleia aprova a "segunda sem carne" em SP
... relacionando tal questão diretamente aos direitos dos animais, à crise ambiental, ao aquecimento global, à perda de biodiversidade, às mudanças climáticas e às diversas doenças que afligem a população humana, incluindo doenças cardiovasculares, doenças crônicas degenerativas, colesterol ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


WEB

Período chuvoso exige maior atenção no diagnóstico de doenças, no Pará
As ações do Estado de controle ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya têm alcançado significativos resultados. Apesar de estar localizado em uma região endêmica, quente, úmida e chuvosa, propícia para a disseminação do mosquito transmissor das doenças, o Pará é o quarto ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


BBC Brasil - De cansaço a doenças cardiovasculares
De cansaço a doenças cardiovasculares: efeitos colaterais do turno da noite podem ser sentidos no curto e longo prazo.
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Hospital Naval de Natal recebe palestra sobre doenças sexualmente transmissíveis e da próstata
O Hospital Naval de Natal recebeu uma palestra intitulada “Doenças Sexualmente Transmissíveis e Doenças da Próstrata” no dia 28 de novembro no Cinemar. O palestrante foi o médico urologista Rômulo Faria, que esclareceu aos militares e servidores civis da Marinha do Brasil aspectos sobre a ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

Jornal de Saúde informa

Férias escolares: momento importante para atualizar a caderneta de vacinação das crianças e adolescentes

Rio de Janeiro, novembro de 2018  – Férias escolares, viagens, família reunida e festas de fim de ano. Além de todas essas comemora...

Jornal de Saúde