quinta-feira, 30 de novembro de 2017

É alarmante: pelo menos 1.496 cidades estão em alerta ou risco para doenças do 'Aedes'


Doenças
Atualização diária  30 de novembro de 2017
NOTÍCIAS
UFJF promove evento de conscientização sobre doenças sexualmente transmissíveis
Colóquio ocorre nesta quinta-feira (30) e tem apresentações de trabalhos, palestras, distribuição de preservativos e doações. Facebook · Twitter. Por G1 Zona da Mata. 29/11/2017 15h44 Atualizado há 41 minutos. A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) promove nesta quinta-feira (30) o evento ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
'Mulher coração' orienta sobre a prevenção de doenças cardíacas
No planeta, 23 mil mulheres morrem diariamente vítimas de doenças cardiovasculares, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. Antônio Carlos Lopes, presidente da SBCM alerta que as mulheres estão mais expostas aos fatores de risco, como pílulas anticoncepcionais, menopausa e ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Voluntários se unem para ajudar afetados por doenças ou violência
Aos 4 anos, Rafael quis tirar a dúvida: "Mãe, quando a minha mão vai nascer?". Sincera, a cabeleireira Mariângela Fernandes, de 45, explicou ao filho que ele era portador de uma má-formação rara e, por isso, não tinha o antebraço direito. Após receber o apoio de um engenheiro voluntário, ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Doenças do Aedes: Ribeirão Preto, Guarujá e Araçatuba estão em risco
A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo informou nesta terça-feira (28), que os dados de infestação por mosquitos Aedes aegypti até o mês de outubro apontam que há apenas seis cidades paulistas em situação de risco para surto de dengue, zika e chikungunya: Ribeirão Preto, Araçatuba, ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Zika vírus pode causar duas doenças graves
O Ministério da Saúde e o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças Transmissíveis) dos Estados Unidos comprovaram a relação entre a zika e a microcefalia. O estudo americano afirma que, assim como já havia sido explicado pelo Ministério da Saúde, apesar de a relação estar confirmada, ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Conheça as gorduras do bem e seus benefícios para a dieta
Os pesquisadores descobriram que nas dietas com baixo teor de gordura houve uma maior probabilidade de morte por todas as causas e maior probabilidade de doenças cardíacas. As pessoas em dietas com baixo teor de carboidratos, por outro lado, apresentaram risco significativamente menor de ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Nova terapia é realizada nos casos de hemofilia
De origem adquirida ou hereditária, a hemofilia é uma doença hemorrágica caracterizada por desordens na coagulação sanguínea e hemorragias de gravidade variável, que podem ocorrer de forma espontânea ou pós-traumática. Os pacientes podem apresentar deficiência do fator VIII de coagulação ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Obesidade não é doença - parte final
Temos visto, a todo tempo, o triste aumento de crianças portadoras das doenças ligadas à obesidade. Elas engordam por que seus pais também ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Dengue: 5% dos municípios tem risco de surto da doença no Paraná
O objetivo é apresentar o risco de transmissão destas doenças devido à presença do vetor. O índice é resultado da comparação entre o número de imóveis visitados pelos agentes de saúde e a quantidade de focos com larvas do mosquito encontrados nas visitas. Dos 368 municípios que realizaram o ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

A falsificação de celulares e eletro-eletrônicos corre solta nos Shoppings populares até no Uai em Belo Horizonte, sem a prefeitura e Polícia Militar e Civil fazerem nada

Falsificadores de shoppings populares de Belo Horizonte, Minas Gerais, são protegidos pela Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, o Procon Municipal se recusa a abrir reclamações contra esses lojistas que vendem mercadorias falsas, clonadas, estragadas.

O Procon Estadual, se recusa e manda para o Procon Municipal, visto haver prévia autorização desses comerciantes de trabalharem nos Shoppings populares. Mas, existem espaços, como o Shopping Uai, na rua Saturnino de Brito, 17 - Centro - Belo Horizonte- Minas Gerais, que não estava na lista de Shoppings populares como o Oi, Tupinambás, Xavantes, Caetés. E, portanto, teria obrigação de cuidar do cadastro dos lojistas.

O maior desrespeito é da própria Prefeitura que ao colocar um comerciante para vender, comprar produtos teria que exigir o alvará de funcionamento do estabelecimento, como exige do Shopping Uai, inscrição, enfim toda a regularização para funcionar. Os lojistas estariam "protegidos" pelo Shopping e sob sua responsabilidade.

Por último, os novos lojistas devem ter seu CNPJ de empresas, chamado MEI, que é projeto da Prefeitura, seria obrigatório. Assim, a prefeitura acoberta a compra de mercadorias sem Nota Fiscal, também o comerciante não emite tic de venda. Enfim, não tem fiscalização de nada e a Receita Municipal, Estadual e Federal, perde receita enquanto que contrabandistas, estrangeiros como os chineses e outros, aliados ao brasileiros, ganham muito dinheiro e ainda esnobam aqueles que eles enganam diariamente quando devolvem o dinheiro. Sempre afirmam que ganham o dinheiro que está devolvendo em minutos e o café da manhã dele custa os R$ 15,00 que lhe devolveu de transações erradas.

Além dos celulares falsificadas, clonados, roubados que circulam na área da rua Curitiba, Saturnino Braga, av. Oiapoque, rua Rio Grande do Sul, e outros lugares, falam que até lojas famosas da cidade vendem produtos pirateados. A fiscalização, fiscaliza e persegue os camelôs, no entanto, não sequer uma chamada para o Boletim de Ocorrência contra a venda de produtos piratas que a Máfia Chinesa e brasileira promove nessas regiões.

O consumidor ainda houve dentro do Procon Municipal que todo mundo sabe que nesses shoppings vendem tudo sem nota fiscal e tudo contrabandeado. A prefeitura que cobra imposto de placa, de salas, enfim de tudo e o estado que cobra a Taxa de Incêndio aceita a máfia enfiar tudo quanto é produto de péssima procedência no brasileiro que ganha pouco, como é que vamos ter Justiça, no país?

A quem pedir ajuda se a Polícia hoje permite ladroes roubar as pessoas de dia e de noite, celulares caros, clonados e vender por bagatelas para comprarem crack. Onde essa máfia troca senhas e alimentam diariamente a compra e venda de aparelhos falsificados, clonados, verdadeiros que somente pessoas do meio, podem falar mesmo que são falsos ou não.

Em Belo Horizonte, os fiscais que perseguem o camelôs junto com a Polícia Militar, são centenas ou até milhares se colocar toda a Grande Belo Horizonte, mas não há um fiscal que cubra poucos Shoppings populares e exija as Notas Fiscais de compra, as notas fiscais de venda. Enfim a origem da mercadoria e a contabilidade do estabelecimento e por último o prazo de legalização, visto que estes shoppings já existem tem décadas em Belo Horizonte e deveria estar legalizados querendo os lojistas ou não, a legalização é necessária, afinal dinheiro não nasce em árvore e nem é capim.

PS. Em conversa com o coordenador geral do Procon, ele esclarece que o Procon é serviço nacional, portanto o Procon Municipal, como o Procon Estadual, não existe. Este Procon que funciona no BH Resolve, ocupa a instalação fĩsica da Prefeitura e não tem relacionamento com a Prefeitura, Câmara Municipal.

Portanto, esclarecido a dubiedade, a prefeitura de Belo Horizonte, funda, cadastra e forma lojistas e ao mesmo tempo não os legalize, nem na Lei do Simples, nem na UMEI e estes comerciantes podem vender brinquedos e utensílios domésticos com plásticos tóxico, celulares, clonados, roubados, eletro-eletrônicos de toda a natureza falsificados. Sem nota fiscal, sem emitir qualquer comprovante legal para o clientes. Assim estes comerciantes, frisa-se, acobertados pela Prefeitura Municipal, receita municipal ajuda a lesar a receita estadual e a receita federal.

E, alimenta com lucros fabulosos a máfia de chineses e brasileiros que ganham rios de dinheiro com esse comércio ilegal.

O Shopping Uai, não é Shopping popular, há rede de lojas como Americana e outras lojas, honestas com cadastro, cnpj e emitem Nota Fiscal e entrega para os clientes. Mas, acoberta este tipo de comerciante que dá prejuízo para quem compra na mão deles. Oferecem produtos que depois não tem e oferecem outros por preços melhores e a pessoa acaba comprando. A garantia é um cartão onde preenchem na hora e depois, quase sempre os produtos estragam dentro do período de garantia que não passa de 30 a 90 dias, essa é muito alta.

O comprador quando vai reclamar eles inventam todo o tipo de desculpa, fecham lojas, mudam de endereço, telefone, mandam para outros lojistas. Enfim, nem a Polícia Militar quando vai nas ocorrência consegue resolver qualquer tipo desses problemas. Mas, já alguma coisa, a partir dessa ida se faz um boletim de ocorrência e começa a aparecer o documento da pessoa e outros dados para que a Justiça seja acionada, a receita federal para que fiscalize esses shoppings que colocam a vida das pessoas em risco, celulares clonados, falsificados, suas baterias também são e podem explodir na orelha de uma criança, a noite que dorme com ele ouvindo música. Pode acontecer vários tipos de acidentes. E, quem compra passa muita raiva, perde tempo, é injuriado, humilhado.


PSD/Açores defende uma "rutura na forma de fazer política" na região


polticia nacional
Atualização diária  30 de novembro de 2017
NOTÍCIAS
PSD/Açores defende uma "rutura na forma de fazer política" na região
O líder do PSD/Açores, Duarte Freitas, defendeu hoje a necessidade de uma "rutura na forma de fazer política" na região e também do ponto de vista social e económico. "Impõe-se acabar com as dependências económicas, sociais e até psicológicas que o governo socialista promove", justificou o ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Comitê interministerial integrará sistemas de monitoramento do Plano Nacionalde IoT
A intenção do ministério é que o sistema estimule a criação de novas aplicações e faça parte do Plano Nacional de Internet das Coisas (IoT). O Departamento de Trânsito (Detran) de Pernambuco e o município de Santo André (SP) serão os dois pilotos onde a política será testada. “A partir dos pilotos ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
PL que visa o reúso da água é aprovado em Comissão da Câmara
O Projeto de Lei 2245/15 altera a Lei das Águas (9.433/97), que institui a Política Nacional de Recursos Hídricos. ... alguns projetos de lei em tramitação no Congresso Nacional e como já o faz a Resolução 54/2005 do Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH), que estabelece as modalidades, ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

Jornal de Saúde informa

Até quando juiz poderá passar por cima da Constituição do STF e soltar liminar que fere o Direito de expressão e a liberdade de imprensa?

Grande equívoco de juiz, ao proibir a Globo de noticias matérias do processo do Assassinato de Mariele Franco e Anderson Gomes. Não podemo...

Jornal de Saúde