terça-feira, 18 de abril de 2017

Os mitos verdadeiros e falsos para quem corre e vai correr, as grávidas por exmplo, leia

Gestantes não podem correr?
MITO. O ideal é que não se pratique a corrida durante o primeiro trimestre de gestação principalmente gestantes que nunca correram antes ou acabaram de iniciar a participação na corrida. Vanessa explica que a corrida causa muito impacto e aumenta demais a frequência cardíaca, o que não é saudável para o bebê. No caso de gestantes que já praticavam a corrida, elas podem até continuar se necessário, mas com acompanhamento com relação à intensidade e e volume dos treinos. Na garantia talvez seja melhor mudar de modalidade e voltar às corrida após o nascimento do bebê.

Piso e calçado adequado são de extrema importância para a corrida?
VERDADE. Pisos mais duros fazem com que o impacto causado pela corrida seja maior e o calçado inadequado pode afetar também na absorção desse impacto. “Pessoas que já praticam a corrida e têm a musculatura preparada pra isso podem não ser afetadas, mas para iniciantes a escolha do piso mais macio e do calçado adequado são de fundamental importância.” Completa Vanessa.

A corrida pode ser praticada em qualquer idade?
VERDADE. A corrida pode ser praticada por crianças e também por idosos. Todos podem ser beneficiados pela corrida, o importante é fazer da maneira correta de acordo com as individualidades, particularidades, objetivos e limitação que devem ser respeitadas.

Correr sem orientação é perigoso?
VERDADE. Apesar da corrida ser uma coisa que parece fácil e pode ser feita por qualquer um, o mais indicado é em primeiro lugar passar por um médico para saber a real condição do corredor através de exames. Se tudo estiver bem é recomendado procurar um educador físico capacitado para que tudo possa ser feito da maneira correta e mais indicada para a atual situação de condicionamento físico do praticante evitando assim problemas cardíacos, lesões e outros diversos tipos de problemas que a prática mal orientada pode trazer.

Correr melhora a celulite?
VERDADE. A corrida diminui a gordura corporal, melhora a circulação e diminui a retenção hídrica que são os fatores responsáveis pelo aspecto casca de laranja.

Correr envelhece?
MITO. O envelhecimento é um processo natural que pode ser acelerado pelo aumento de radicais livres. A corrida pode provocar esse aumento, mas o organismo do corredor também se torna capaz de produzir mais antioxidantes para evitar ataque desses radicais de forma intensa. Além disso, hoje em dia uma boa alimentação acompanhada de uma suplementação para corredores de maiores distância pode cuidar muito bem dessa situação.

Quanto mais eu correr melhor será o meu condicionamento?
MITO. O volume de corrida é apenas uma das variáveis que melhoram o condicionamento. A especialista conta que existem vários outros treinos que se intercalados com o alto volume de corrida podem trazer o mesmo ou até um melhor condicionamento. São eles: treinos intervalados, HIIT, treinos em aclives e declives, dentre outros.

Correr faz mau para os joelhos?
DEPENDE. Se estamos falando de uma pessoa sedentária que se aventura no mundo da corrida sem preparo algum sim. As nossas articulações já sofrem um desgaste natural de acordo com a idade e até mesmo por uso inadequado durante o exercício e com certeza o impacto da corrida pode provocar uma aceleração desse desgaste em pessoas despreparadas. O uso inadequado de calçados e a falta de técnica durante a prática favorecem ainda mais as dores na articulação, mas isso pode ser amenizado com a escolha de um bom calçado, técnicas de correção da passada e sessões de musculação para fortalecer a musculatura dos membros inferiores diminuindo o impacto sobre os joelhos.

Correr em jejum ajuda a emagrecer?
MITO. Correr em jejum pode até ajudar a diminuir o peso, mas não gordura.
Geralmente é muito maior a queima de massa magra ( músculo ) quando corremos em jejum do que da gordura em si. O custo benefício para quem não é atleta de fisiculturismo por exemplo e precisa “secar” nos dias finais para a competição é muito pequeno. Com a perda de massa magra, desaceleramos nosso metabolismo e consumimos menos gordura em repouso o que não é vantagem alguma pra quem quer reduzir gordura corporal. “O ideal é treinar direito e se alimentar de forma equilibrada para reduzir a gordura corporal e não apenas o peso na balança . Emagrecer é matemática, gastar mais e consumir menos. Milagres não existem, pode acreditar.”Finaliza a Coach Vanessa Furstenberger.

Sobre Vanessa Furstenberger
 Vanessa Furstenberger é formada em Educação Física com 20 anos de experiência, é bodydesigner e coach em corrida. Mesmo sendo profissional do esporte sempre sofreu para manter o peso “ideal”, Vanessa não tinha equilíbrio na alimentação e chegou a pesar 98 kg, “Minha vida sempre foi um engorda e emagrece.” Conta Vanessa. Em 2009 a profissional começou a praticar corrida ao preparar uma aluna para a modalidade, foi neste período que Vanessa realmente enxergou o quão fora do peso estava. Aos 38 anos de idade percebeu que o peso atrapalhava muito pra correr, afinal estava 40kg acima do peso ideal, mas não queria abandonar a profissão. Sempre teve alunos, mas nenhuma personal ou treinadora consegue motiva-los estando fora de peso. Com auxilio de nutricionista e a paixão pela corrida (incentivo principal para mudança) Vanessa começa uma reeducação alimentar aliada a corrida e musculação leve; ao longo de um ano atingiu um percentual de 15.5% de gordura corporal e atualmente busca os 12%. Sem cirurgia e inibidores de apetite. Além disso, o emagrecimento rendeu 5 pódios de provas de corrida: no asfalto (4º lugar), corrida de obstáculos (2º lugar ) e 3 pódios consecutivos em prova de montanha ( 1º lugar por categoria, 3º lugar por categoria e 2º lugar por categoria). “Uma glória para uma ex-obesa que perdeu 40 kg aos 40 anos de idade.” Finaliza Vanessa.

  

Qual deve ser a rotina de filho com Transtorno de Déficit de Atenção, dicas profissionais

Digital influencer compartilha rotina de filho com Transtorno de Déficit de Atenção
Julyana Mendes, dá dicas para as mamães que possuem filhos com o mesmo distúrbio



O Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), também conhecido por Distúrbio de Déficit de Atenção (DDA), acomete de 3% a 5% de todas as crianças do mundo, segundo estudos da Associação Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA). Caracterizado por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade, o transtorno tem causas genéticas e, geralmente, aparece na infância e acompanha o indivíduo ao longo de sua vida.

Pensando em auxiliar as mamães que tem filhos nas mesmas condições, a digital influencer Julyana Mendes, do @Mãe de Sete, compartilha sua rotina nas redes sociais. Seu filho Luís Felipe, de 13 anos, foi diagnosticado aos 6. Na época, ele não conseguia se concentrar nas tarefas em sala de aula e tinha dificuldades de relacionamento com os colegas.

“Ele tinha dificuldades de se concentrar e realizar tarefas simples, como ficar sentado enquanto o professor explica o conteúdo. Era setembro, final do ano letivo, e ele ainda não estava alfabetizado. Após o diagnóstico, Luís Felipe passou a ser medicado e, em dois meses, foi albetizado. Ao longo dos últimos anos, temos realizado várias tentativas de adpatação até chegarmos na medicação mais adequada, com o auxílio de neuropediatras, psiquiatras e psicólogos. Hoje ele é uma criança ativa e disciplinada”, explica Julyana.

Além da importância de se procurar auxílio médico e tratamento adequado para as crianças, é preciso que a família se envolva no tratamento, buscando estratégicas que complementem a medicação.

“Eu mesma descobri que sofro do mesmo distúrbio, após conhecer melhor sobre a doença. Portanto, sugiro aos pais reforçar o que há de melhor na criança, não comparar seu filho com outros, cobrar empenho e não resultados e elogiar são algumas das atitudes que os pais podem adotar para contornar a situação.  Outra medida que adotamos com nosso filho foi um espaço exclusivo para estudos, em que o ensinamos a não interromper suas atividades e a finalizar tudo o que começa”, conta Julyana.

Além dessa, outras dicas podem ser encontradas nas páginas da @Mãe de Sete nas redes sociais, nas quais Julyana compartilha sua rotina de mãe de sete filhos.

REJUVENESCIMENTO DO OVÁRIO A CAMINHO DE SER REALIDADE

  • Edição genética poderá permitir que um ovário envelhecido ovule novamente
Permitir que um ovário envelhecido seja capaz de ovular novamente poderia ser a solução para engravidar em caso de menopausa precoce ou também para reverter o envelhecimento natural deste órgão, que é acelerado a partir dos 35 anos e provoca que 10 anos mais tarde, com 45 anos, a maioria das mulheres já não consegue engravidar de forma espontânea.

Atualmente nas clínicas de reprodução humana da Europa, metade dos tratamentos para engravidar são realizados com óvulos doados. “A idade média das pacientes mundialmente é de 39 anos, algo muito parecido com a realidade na nossa clínica no Brasil”, explica Drª Genevieve Coelho, diretora da clínica IVI Salvador e parte do grupo de medicina reprodutiva com mais de 70 clínicas no mundo que realizou a pesquisa. “Muitas pacientes a partir dos 40 anos precisam de óvulos doados, ou porque já não estão ovulando apesar de menstruarem, ou porque os óvulos que possuem não estão gerando embriões”.
Um dos desafios para os especialistas em reprodução humana é encontrar óvulos de qualidade nas pacientes, principalmente a partir dos 38 anos. Segundo as novidades apresentadas recentemente no evento sobre genética e reprodução humana que aconteceu na Espanha, a técnica mais prometedora para este futuro possível é a edição genética.

Como é possível rejuvenescer o ovário?
Existem várias equipes de cientistas pesquisando como fazer com que o ovário, órgão responsável pela ovulação, reverta o processo de envelhecimento e consiga ativar os “óvulos adormecidos”, que são aqueles que permanecem no ovário, mas não se desenvolvem, mesmo com o estímulo de medicamentos.
Quando as pacientes não estão ovulando bem, segundo Drª Genevieve, é realizado um tratamento de estimulação ovariana com medicamentos hormonais para estimular o desenvolvimento dos óvulos, porém a eficácia desse tratamento vai diminuindo com o avanço da idade materna ou a consequência da menopausa precoce, que atinge cerca de 1% das mulheres.
O rejuvenescimento do ovário é um tratamento realizado com células-tronco capaz de ativar os óvulos adormecidos da reserva ovariana que está sendo pesquisado por vários cientistas atualmente. Com a ferramenta de edição genética CRISPR, foi possível ganhar velocidade nas pesquisas, mas ainda não existe uma previsão para quando esta solução estará disponível para as pacientes.

Por que é difícil engravidar após os 40?

Antes mesmo de nascer as mulheres já contam com seu estoque de óvulos para a vida inteira. Ao longo da vida fértil de uma mulher, o corpo prioriza liberar primeiro os melhores óvulos, enquanto os considerados de menor qualidade permanecem e vão envelhecendo, o que afeta ainda mais sua capacidade de gerar um bebê saudável. O resultado dessa seleção natural são menos chances de engravidar na medida em que a idade avança e mais riscos de aborto e problemas genéticos nos descendentes.

Você sabe o que é Hiperplasia Prostática Benigna?

Patologia considerada crônica, pode afetar grande parte da população do sexo masculino

O câncer de próstata é um dos diagnósticos mais temidos pelos homens que ultrapassam a faixa dos 40 anos de idade. No entanto, essa não é a única patologia que merece a atenção por parte do público masculino. A Hiperplasia Prostática Benigna (HPB), que consiste no aumento do tamanho da glândula próstata, também pode impactar severamente na qualidade de vida de quem desenvolve tal distúrbio. Caso não seja tratada, a HPB pode comprimir a uretra, obstruir por completo o canal da urina e, consequentemente, causar retenção urinária e até insuficiência renal.

Segundo estudo realizado no ambulatório de urologia do Centro de Referência da Saúde do Homem do estado de São Paulo, as taxas de incidência da patologia já são significativas: de 25% para a população masculina com mais de 50 anos, 30% para pacientes a partir dos 65 anos,  e 90% para os idosos com mais de 80 anos.

Considerando que a população masculina com mais de 50 anos de idade já chega a quase 18 milhões no Brasil, de acordo com estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o cenário é preocupante, e fica ainda mais evidenciado pelos os dados de uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Urologia, que revelou que 77% dos homens não realizam o exame de toque (também indicado para a identificação docâncer de próstata) por preconceito e 54% por medo.

De acordo com especialistas, atualmente, a combinação dos fármacos dutasterida e tansulosina é uma das mais indicadas para o tratamento da HPB, aliviando rapidamente os sintomas que incomodam o paciente e impedindo, assim, que a próstata cresça e o problema se intensifique. Entretanto,  vale ressaltar que somente o urologista poderá avaliar qual o tratamento medicamentoso mais apropriado para o quadro de HPB do paciente.

Confira agora alguns dos sintomas que podem ser indicadores da Hiperplasia Prostática Benigna (HPB):

  1. Jato de urina muito fraco ou reduzido;
  2. Necessidade frequente de urinar, especialmente à noite;
  3. Sensação de que a bexiga não se esvaziou completamente e ainda persiste a vontade de urinar;
  4. Dificuldade de iniciar o ato de urinar;
  5. Dificuldade de interromper o ato de urinar;
  6. Urinar em gotas ou jatos sucessivos;
  7. Necessidade de correr ao banheiro, podendo, inclusive, ocorrer vazamento antes de chegar nele.

No paralisante governo de Temer, tudo está em risco: Programa Mais Médicos está em risco, alertam Secretários de Saúde


Jornal de Saúde
Daily update  April 18, 2017
NEWS
Programa Mais Médicos está em risco, alertam Secretários de Saúde
Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o presidente do Conasems, Mauro Guimarães Junqueira, confirmou a preocupação. "São cartas feitas ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Anápolis pode se tornar referência em saúde pública animal
... de um complemento suplementar na cidade”, explica a vereadora ao Jornal ... A matéria que torna Anápolis em referência em saúde animal está ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Príncipe William e Lady Gaga conversam sobre saúde mental
RIO — Após o príncipe Harry ter decidido falar sobre a dor que sentiu devido à perda da mãe, o irmão, príncipe William, ligou para a cantora pop ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Saúde do Recife espera vacinar 430 mil pessoas contra a influenza
Campanha de vacinação contra a influenza foi lançada hoje. Só nos primeiros meses de 2017 mais de 3.300 casos de gripe foram notificados.
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Celular na mão e atenção à postura
A cena já é comum. Pode ser no trem, no ônibus, na sala de espera do consultório médico, no intervalo no trabalho ou até na sala de casa: alguém ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Aos 100 dias de Cunha, Saúde entra em crise aguda
O Governo Fernando Cunha (PR) completou 100 dias à frente dos interesses dos olimpienses, no dia 10 passado, segunda-feira. Além de não ter ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Brasileiro está mais obeso, diz Ministério da Saúde em pesquisa
Na última década, o brasileiro ficou mais obeso e, em consequência, sofreu mais com doenças cardíacas crônicas. Pesquisa do Ministério da Saúde, ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Secretaria de Saúde distribuirá vacina contra H1N1 a professores do DF
Professores das redes pública e privada de ensino do Distrito Federal também receberão vacina contra H1N1 neste ano. Segundo a Secretaria de ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Susam inicia ciclo de palestras sobre saúde mental
A gerente da RAPS do Amazonas, Luciana Diederich, ressalta que as palestras são voltadas tanto aos servidores da Secretaria de Estado de Saúde ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Cubanos serão substituídos por brasileiros no 'Mais Médicos'
O Ministério da Saúde vai oferecer as vagas do programa Mais Médicos, ... A decisão do governo cubano foi antecipada pelo jornal “O Estado de S.
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
POR QUE FECHOU?
O atendimento nos postos de saúde é importante. A comunidade tem a possibilidade de buscar o atendimento mais próximo em casos menos graves, ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Congresso no Rio debate medicina e espiritualidade
Segundo o Dr. Luiz Felipe Guimarães, presidente do Congresso, na relação médico ou profissional de saúde e paciente, os cuidados essenciais tem ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Médicos têm vários empregos enquanto Prefeitura não controla expediente
É o que mostra o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (Cnes), do DataSus. Muitos profissionais apresentaram um número excessivo de ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Especialistas investigam caso de bebê indiano que pesa 17 quilos
A mãe de Chahat, Reena, de 21 anos, está preocupada com a saúde de sua filha depois que ela perdeu seu primeiro bebê no parto. "Antes de ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Vereadora em menos de 24 horas é remanejada para duas secretarias
A vereadora Edilene Cristina Alarcon, (DEM), conhecida como Edilene da Saúde, estava prestando serviço há 10 anos na área da saúde, onde, ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Cunha critica exclusividade da Unimed na Santa Casa
Mas hoje a situação exige que haja maior diversidade de atendimento em planos de saúde, no entender do prefeito. “Hoje não importa o tanto de ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Mais da metade dos brasileiros está acima do peso, diz Ministério da Saúde
A mais recente edição da pesquisa do Ministério da Saúde Vigitel revela um avanço sem tréguas de doenças consideradas fatores de risco para ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Gripe: Meta é vacinar 90% do público-alvo
Conforme calendário divulgado pela secretaria estadual da Saúde, o qual a Vigilância Epidemiológica da cidade segue, em seguida serão ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Hospital de Câncer leva atendimento gratuito para Vila Bela e região
Os exames preventivos acontecerão nos Postos de Saúde de Família (PSF) de cada localidade e a expectativa é que 500 atendimentos sejam ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Universitários são presos ao falsificarem receita de 'heroína caipira'
Segundo a delegada Cristiana Angelini, responsável pela investigação, a dupla está no décimo período de medicina na Faculdade da Saúde e ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Cresce número de pessoas que dirigem após consumir álcool, diz governo
Pesquisa feita por telefone pelo Ministério da Saúde em capitais brasileiras mostra que 12,9% dos homens e 2,5% das mulheres admitem dirigir ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Dourados-MS, Segunda-feira, 17 de Abril de 2017
O Ministério da Saúde recebeu, por meio da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) a solicitação de uma reunião de representantes do Brasil ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
'Chora sem parar', diz pai de jovem que perdeu quíntuplos
Apesar do quadro de saúde estável, emocionalmente a jovem está muito abalada com a morte dos bebês, nascidos na 23 ª semana de gestação.
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant

Jornal de Saúde informa

Férias escolares: momento importante para atualizar a caderneta de vacinação das crianças e adolescentes

Rio de Janeiro, novembro de 2018  – Férias escolares, viagens, família reunida e festas de fim de ano. Além de todas essas comemora...

Jornal de Saúde