quinta-feira, 13 de abril de 2017

MiniCia Teatro estreia peça inspirada em tese de Jacques Lacan

“Acusação a uma atriz” tem como ponto de partida o “caso Aimée”, estudado pelo psicanalista francês
Após circular por cidades paulistas, percorrendo mostras e festivais, o espetáculo teatral “Acusação a uma atriz”, desembarca na capital para uma curta e inédita temporada, de 5 a 27 de abril, sempre às quartas e quintas-feiras, às 20h, no recém-inaugurado Teatro de Contêiner Mungunzá, no centro de São Paulo. A MiniCia Teatro, formada pelas atrizes Clara de Cápua, Heidi Monezzi e Mariza Junqueira, é o primeiro grupo de teatro convidado pela Cia. Mungunzá para se apresentar no novo espaço.
“Acusação a uma atriz”, encenado pelas atrizes Clara de Cápua e Heidi Monezzi, tem como ponto de partida o “caso Aimée”, estudado pelo psicanalista Jacques Lacan em sua tese de doutorado “Da Psicose Paranóica em suas Relações com a Personalidade”. Aimeé é o nome com o qual Lacan rebatiza sua paciente, Margueritte Anzieu, presa e internada após tentar esfaquear uma importante atriz da época, Huguette Duflos, por crer que Duflos a perseguia e participava de um complô para assassinar seu filho. Num longo relato clínico, Lacan demonstra como Margueritte era atravessada, desde cedo, por um sentimento de deslocamento em relação aos papéis femininos que seu meio lhe impunha, e cultivava um misto de ojeriza e fascínio pelas chamadas “mulheres do mundo”: atrizes e mulheres de letras que representavam simultaneamente seu objeto de ódio e seu ideal inconfesso.

Dirigida por Mariza Junqueira, a encenação da peça privilegia o jogo de duas atrizes que se desdobram em diferentes funções, assumindo e abandonando figuras na medida em que estas lhe convêm para dar realidade à história de Aimée. Com um leque de personagens à disposição, como a própria Aimée, a grande atriz Sra. Z, a Irmã, a Mãe, a melhor amiga Srta. C. de La N, entre outros papéis femininos, o jogo explora a noção de paranoia não apenas como eixo temático, mas também como princípio de construção formal. A mobilidade das convenções que se erguem e desabam diante do espectador procura remontar o drama persecutório de Aimée, e por meio dele suscitar um possível reconhecimento de uma dimensão delirante na realidade de cada um.
A peça “Acusação a uma atriz” estreou em 2014, no Centro Cultural Leny de Oliveira Zurita, na cidade de Araras, em São Paulo. Logo depois, foi selecionado para o XXI FENTEPP - Festival Nacional de Teatro de Presidente Prudente, para a XI Mostra de Artes Cênicas de Jacareí e para o XI Festival Nacional de Teatro de Limeira.

SINOPSE
Em uma noite parisiense da década de 30, Aimée se desvia de seu caminho, compra um facão e vai ao teatro com o propósito de assassinar uma atriz da época, a célebre Sra. Z - história real. Em uma noite qualquer, de outro tempo, uma atriz sobe ao palco em busca do papel de Aimée, quando então se vê frente à outra, uma rival, com quem terá que jogar para conseguir representá-lo. Ficção e realidade se misturam numa construção paranoica.
“Acusação a uma atriz” apresenta, através de um jogo de ataque, perseguição e espelhamento das atrizes, os principais episódios da vida de Aimée que desembocaram no atentado: sem jamais conseguir se encaixar nas circunstâncias que a vida lhe reservara – esposa, mãe e funcionária pública –, ela passa a acreditar ser vítima de um complô para impedi-la de desempenhar o verdadeiro papel que lhe cabe. O desenrolar dos episódios aponta Aimée como sofredora de uma paranoia de autopunição: ao atacar a atriz, ela teria buscado dilacerar a si mesma, ao ideal de eu pelo qual se sentia subjugada. Até quando uma mulher é capaz de representar?

Os pés que doem pode mexer com o humor. A podologia explica como tratar e manter os pés saudáveis




A podóloga Katia Aparecida de Couto Sales, profissional a 22 anos, em entrevista gravada ao Jornal de Saúde, comentou sobre sua experiência em podologia e seu dia a dia em inúmeros tratamentos com os pés. Para ela tratar os pés é qualidade de vida, segurança e prevenção para as pessoas que precisam ter os pés bem tratados como os diabéticos.

A podologia, é o tratamento dos pés, podo em grego, é pé e logia, estudo, seria o estudo dos pés e seu tratamento, conforme Kátia informa. São vários os tratamento sendo os mais marcantes para as pessoas em geral são: as unhas encravadas, dói muito e algumas pessoas chegam mesmo a radicalizar e fazem cirurgias para tirar a unha e se não tratar conforme informa a podóloga Kátia, a unha pode nascer torta novamente, e no decorrer dos cortes, pode inflamar.

O segundo, seria como tratar calos e as calosidades onde se procura tratar para que no decorrer do tratamento melhore e os calos não se formem ao ponto de doer e incomodar de usar sapatos e até mesmo para a simples marcha de caminhar.


O pensamento da profissional e da podologia é a de prevenir. Tanto é verdade que os tratamentos mais efetivos e comuns é o de calosidade e de cantos de unha, como prevenção para  não inflamar. Tudo contribui quando a pessoa não trata, o sapato apertado, a calosidade na planta do pé. Depois trato muito aqui de unhas encravadas e depois calos. Os pés diabéticos está em terceiro lugar, mas trato muito, e todos com recomendação médica.

"Corte errado inflama" Essa afirmação é universal e quando se faz isso, com cortador de unha e outros, com pouco assepsia, é fatal, inflama o canto das unhas. Ela afirma que trata primeiro com produto químico que puxa essa inflamação e depois trata o local para limpar e posteriormente desinflamar. Ou seja, acabar com a carne esponjosa e a infecção.

A calosidade e a rachadura, pode ser proveniente dos rins. Mas, fazemos um retirada da queratose - parte dura que se forma no calcanhar, espécie de calosidade -. Após ser retirada é feito a reidratação local e a pessoa precisa também tomar mais líquidos, principalmente água para que os rins possa funcionar melhor. Somente com a raspagem e os cremes com hidratante é que a pessoa vai ficar livre das rachaduras. Nota-se que em alguns casos ocorre através dessas rachaduras inflamações que pode complicar com outra inflamação, as varizes, portanto o tratamento de calcanhar rachado é muito importante, pois é canal de entrada de bactérias que na rua se tem aos bilhões.

Pés diabéticos

A podóloga Kátia explica que ela trata o pé diabético, bem diferente de pedicure, que vai fazer a unha da pessoa e pode acidentalmente ferir ao retirar a cutícula. O diabético devido problemas hormonais de insulina, de pâncreas não tem cicatrização normal. Então qualquer ferimento pode levar muito tempo para cicatrizar e até mesmo meses.

Assim, ele afirma que trata e usa até mesmo medicamentos, quase sempre receitados pelos médicos para os pés diabéticos. Assim eles podem caminhar e usar sapatos e tênis sem que tenham problemas de ferimentos nos pés. Isso acontece muito com atletas amadores, correm e fazem bolhas na sola do pé ou em outros locais. Já imaginou o diabético que andou muito.

Ela diz que não estética, pedicure, em muitos casos é estética. Trato muito pé diabético com indicação médica.

Micoses

Os tratamentos para a pessoa ficar tranquila e ter a qualidade de vida que mencionei precisa no mínimo de uns seis meses de tratamento. As micoses por exemplo nas unhas, não é na primeira, segunda sessão que vão melhorar. E, depois melhoram. Precisa de remédios, os ácidos e aplicação de laser. Alguns pacientes já vem com receitas para que aplicamos. É necessário sempre fazer a limpeza para aplicar o remédio no local.

Não há idade para o tratamento dos pés, Kátia cita que há bebês, que já nascem com unha encravada e precisam de tratamento. "Não há idade para começar o tratamento. Já tratei desde crianças até idosos".

A cantoplastia é indicada quando tratamos unhas maiores que o leito e no decorrer do tratamento vemos que não está tendo o resultado que deveria. Assim recomendamos a cirurgia para que se faça o corte das unhas nos cantos e pedindo ao médico que faça cauterização do canto específico. Assim ele não cresce mais e pode se tratar para ficar agradável para o pisar do cliente. O tratamento evita o que é mais comum, arrancar a unha, mesmo que seja com cirurgia, não é o ideal, ela pode nascer com problema novamente.

Por último, Kátia abordou os casos de Joanete e o popular olho de peixe. A joanete, ela diz que é tendência, em muitos casos, de família mesmo. A pessoa já chega aqui com esse histórico. Mas, existem outros casos, provocados por sapato de bico fino, provocados por deformação de metatarso. Tanto faz em homem quanto mulher e isso vai de tendência e sapato errado

O olho de peixe, segundo ela, é o cravo que nasce mesmo no pé e se não retirado ele cresce e começa a doer. É preciso usar uma enenucleadora para retirar esse cravo e fazer toda a assepsia do local.  Como é de atrito pode voltar, por isso, precisa sempre estar cuidando.

A dor pode provocar o mau humor e outros problemas. Tratar os pés é conforto que as pessoas que cuidam bem de sua saúde podem encontrar na podologia, com segurança e qualidade.
Sobre o famigerado chulé, para encerrar, ela ri e diz que melhorou muito, atualmente. Mesmo assim, ela recomenda enxugar bem os pés após o banho ou quando molhar, com toalha e até mesmo com toalha de papel, que absorve mais os pés. Não usar meias de nylon e sim as meias de algodão. Outra lembrança é cuidar bem dos sapatos e tênis com a assepsia correta, que dizer, o sapato precisa ser limpo, passar algum produto, tomar sol.

Tudo isso pode evitar o pé de atleta, aparece mais com a umidade, e prolifera bactérias e fungos. A
receita é a mesma secar, sempre e bem os pés.

Marcelo dos Santos - jornalista - MTb 16.539 SP/SP





Arnold Classic South America será ‘passarela’ para beldades fitness

Evento de Schwarzenegger vai reunir belas mulheres entre modelos e atletas no Transamérica Expo Center, de 21 a 23 de abril, em São Paulo
São Paulo - No Arnold Classic South America tudo é superlativo: 10 mil atletas competirão em 37 modalidades, espalhados em uma área de 100 mil metros quadrados do Transamérica Expo Center. Eles serão acompanhados por um público estimado em 80 mil pessoas que passarão pelo evento, que consumiu investimento de R$ 10 milhões e vai gerar negócios na casa dos R$ 100 milhões. Tudo isso nos três dias de uma das maiores feiras de nutrição esportiva do mundo, de 21 a 23 deste mês, em São Paulo. No quesito beleza, o Arnold Classic também é de tirar o fôlego.

Beldades desfilam tanto pela feira de nutrição esportiva e fitness como nas competições, transformando o Arnold Classic South America em uma verdadeira passarela. Os 150 expositores levarão para o Transamérica Expo uma legião de modelos fitness para atender ao público e divulgar seus produtos. As famosas, como Carol Saraiva, Eva Andressa, Gracyanne Barbosa, Juju Salimeni, Fernanda D’Avila (ex-bailarina do Domingão do Faustão), Mari Gonzales (a baianinha do Pânico na TV), Michelly Crisfepe (ex-BBB), entre outras, são as mais requisitadas. Contudo, todas, mesmo as que ainda não atingiram a fama, fazem a festa das selfies com o público.

As atletas, especialmente nas competições de fitness, exibem corpos perfeitos. O Figure Pro, que tem estreia da categoria profissional da modalidade no Brasil, traz 12 atletas que aliam beleza à grande forma física. São elas: as norte-americanas Swann De La Rosa, Cydney Gillon e Latorya Watts, a chilena Maria Luisa Baeza, a argentina Susana Alegre, a paraguaia Karina Grau e as brasileiras Danielle Balbino, Michele da Silva Pinto, Janaína Ferreira, Rose Lopes, Bruna Miyagui, Andressa Ribeiro.

O pole dance também oferece um espetáculo de beleza e performance. Com a disputa da 3º Copa Pan-Americana, reunirá 20 entre as melhores profissionais femininas do continente. Mas ao todo, são esperados mais de 200 atletas nacionais e internacionais, reunindo campeões dos mais expressivos países das Américas na modalidade, como Venezuela, Colômbia, México, Estados Unidos, Canadá, Argentina, Chile e Peru, além do Brasil. Vale lembrar que também há disputa masculina, mas a força deste esporte está mesmo na presença feminina. A competição é organizada por Vanessa Costa, presidente da Federação Brasileira de Pole Dance e referência na modalidade.

Legião de fãs nas redes sociais - Os fãs das modelos e atletas que estarão no Arnold Classic South America costumam ‘seguir’ suas preferidas pelas redes sociais. Algumas delas, arrastam uma legião de apaixonados, especialmente no Instagram. Exemplos: Juju Salimeni (@jujusalimeni - 11,4 milhões de seguidores), Eva Andressa (@eva_andressa - 4 milhões de segudires), Gracyanne Barbosa (@graoficial - 4,8 milhões de seguidores) e Carol Saraiva (@carolsaraivafitness - 1,5 milhão de seguidores). Entre as competidores do Figure Pro, destaque para as norte-americanas Swann De La Rosa (@swanndelarosa - 47,5 mil de seguidores), Cydney Gillon (@vytamin_c - 29,7 mil de seguidores) e Latorya Watts (@latoryawatts - 85,1 mil de seguidores). Entre as brasileiras, temos Rose Lopes (@roselopesatletaifbbpro - 22,2 mil de seguidores) e Janaína Ferreira (@janabodyfitness - 102 mil de seguidores), entre outras.

Concurso de beleza - Nada resume melhor o conceito de estética que o Arnold Model Search, o maior concurso de beleza fitness do mundo e que terá a segunda a etapa brasileira em São Paulo. E a expectativa é grande quanto ao alto nível da disputa. Isso porque, a campeã nacional de 2016, Juliete de Pieri, conquistou o título mundial neste ano, no evento realizado no Arnold Festival, em Ohio, nos Estados Unidos.

Para elas - Na mesma proporção da participação de modelos e atletas femininas, os homens também têm espaço no quesito beleza no Arnold Classic Souh America. No Arnold Search, por exemplo, o campeão de 2016, Rafael Ferreira, também conquistou o título mundial na disputa do Arnold Festival, em Ohio, no final de março. Atletas e modelos, como Felipe Franco, entre outros, fazem a festa do público feminino na Expo.

Entrevista Coletiva - Arnold Schwarzenegger e os diretores da Savaget & Excalibur, organizadores do evento, concedem entrevista coletiva na sexta-feira (21), às 17h, no hotel Transamérica, em São Paulo. Os interessados na cobertura da coletiva devem solicitar participação pelo e-mail redacao@zdl.com.br, independentemente de quem já fez o credenciamento para a feira pelo sistema do site. É preciso enviar nome dos profissionais, função e veículo. As vagas são limitadas e pedidos serão analisados e as confirmações enviadas por e-mail.

Credenciamento de imprensa - O credenciamento de imprensa para o Arnold Classic South America está aberto para jornalistas. Os profissionais devem solicitar a credencial na área de imprensa do site arnoldclassicsouthamerica.com.br (clique aqui para o credenciamento). Não serão aceitos credenciamentos solicitados de outra forma.

Somente profissionais com comprovada atuação editorial serão credenciados. Não serão atendidos pedidos de freelancers sem nenhuma atuação editorial, sites e fan pages pessoais, de menores de idade, de membros de áreas comerciais, de sites a serem lançados, veículos experimentais, blogs sem atualização no mínimo semanal e outros a critério da assessoria de imprensa e da organização do evento. Todos os pedidos de credenciamento são individuais e, além das informações solicitadas, é necessário anexar uma foto do profissional.

As solicitações serão avaliadas e os jornalistas receberão e-mail confirmando a autorização do credenciamento, com local e horário de retirada da credencial. Só será permitida a entrada de jornalistas credenciados. O número de credenciais é limitado. Todos os pedidos serão analisados e a organização se reserva ao direito de aprovar ou negar as solicitações.

Essa credencial dá direito a entrada na Expo e arenas esportivas em geral. Porém, não permite acesso ao BB Pro (e toda a programação do palco principal no dia do evento), Arnold Conference, Meet & Great, entre outros eventos paralelos. O credenciamento para BB Pro e outros eventos paralelos será feita em separado.

Evento Global - O Arnold Classic é hoje um evento de alcance mundial. Além da América do Sul e América do Norte, Schwarzenegger ampliou sua área de atuação nos demais continentes. É realizado também na Europa, Ásia, Oceania e África.

O Arnold Classic South America tem patrocínio diamond de Atlhetica Nutrition, Black Skull, Integralmedica, Max Titanium e Midway, patrocínio gold de Champion e apoios de WW transportes, Água Legítima Lindoia e Stadium. A realização é de Savaget Excalibur Promoções e Eventos.


NE. O Jornal de Saúde foi aprovado pela direção do evento para participar da coletiva do evento com o Arnold Schwartnegger, no entanto, hoje teve que declinar por falta de patrocinador.
Agradecemos a direção e para outra ocasião poderemos participar desde que tenha a devida contrapartida. As despesas de passagem, hospedagem para equipe, repórter e fotógrafo precisam ser pagas e quem as pagas são os patrocinadores.

Brasil no caos político precisa da moralização judiciária e de eleições gerais, imediatas com devolução de dinheiro usurpado

EDITORIAL




Abril 13, 2017

As eleições diretas para vereador até presidente da República, com as últimas delações, vídeos e reportagens, é o remédio para curar esse cancro que assolou o país e já causou 13 milhões de desempregados, corte de investimentos em obras públicas vitais, como energia, saneamento básico, moradias, creches e outras.

Os delatores deveriam ser enquadrados no sin qua non, devolver o dinheiro em valor líquido, em espécie, ou dispor de patrimônio, para tentar amenizar o quanto ganharam com contratos escusos e, na verdade, negociados e pagos a políticos que se elegeram e permaneceram no poder. Somente a Odebrecht saiu essa semana ganhou entre R$ 5 a 7 bilhões e apenas com obras na Petrobras. Essa construtora com investimento do BNDEs possui obras em vários países. São bilionários.

A corrupção política e empresarial não pode paralisar o país, conforme Michel Temer, se pronuncia, do jeito que está o país está paralisado, sim. Internacionalmente o Brasil é visto como país instável, sem credibilidade e afugentam os investidores, empresas que poderiam investir e abrir frente de empregos diretos e indiretos. Bem como, como a crise da carne fraca, afasta os compradores e as exportações de nossos produtos vão ser cada vez mais contestadas, começou com a carne e pode chegar no café, na soja, no milho e qualquer produto que o Brasil tenha para exportar. 

As empresas brasileiras lembra o bilionário do Petróleo Rockefeller, os seis irmãos, que mandavam na política nos USA e até mesmo na Rússia, pós revolução de 1917, conseguiram comandar o governo dos Bolcheviques, os vermelhos, e fundar uma grande companhia de Petróleo, que lhes deixaram mais ricos ainda e acirrou a concorrência com os irmãos suecos Nobel, com seus campos petrolíferos rentáveis e promissores.

O país está nas mãos do Judiciário, como na antiguidade, em Israel, quando faltou a sucessão de Reis, os juízes governaram o país e com tanta lisura, moral e respeito aos súditos até novamente subir ao trono uma linhagem de soberanos que governasse de acordo com a ética e moral da época, que era mais concentrada na religião e no respeito a Deus, onde não havia o Estado laico, com a separação de poderes e a exclusão da religião da coisa pública, ou da política de estado.

Não pode o Brasil permitir esse Estado, esse capitalismo de Estado, como se comenta. Isso é criminoso e leva qualquer país a falência. Como permitir o mercado negro, o mercado paralelo ou governo paralelo. Não se pode permitir quadrilhas mandar no governo, comprar apoio, comprar contratos, licitações. Os políticos não podem trabalhar para empresas e sim peara a nação e para a sociedade.

Por último, o que percebemos em todos os 96 políticos processados de mais de 13 partidos políticos, é que todos são velhos na política. Muitos foram exilados pela ditadura, muitos possuem mais de quatro mandatos. Enfim, por isso é que precisamos de eleições diretas, já e universais para tentar com o voto democrático, limpar. Aproveitar a Lei da Ficha Limpa e as novas regras de financiamento. Não deixar mais esse Congresso e as Câmaras e Assembleias legislarem, exemplo; os deputados estaduais de Minas Gerais, aprovaram Lei que permite o governo pegar Alvarás de viúvas, mães solteiras, mães separadas que requerem pensão. E, não pagam esses alvarás. No Congresso querem acabar com o aposentado futuro e com os que estão aposentados, vão achatar seus salários. Nas câmaras, é permitido vereador com processo de desvio de mais de R$ 20 milhões, receber salários e continuar trabalhando e o prefeito de Belo Horizonte fretar jatinho para ir em Brasília e gastar nada mais do que R$ 40 mil reais de fretamento com dinheiro público que poderia ser o alicerce de uma UMEI - educandário para crianças de dois anos para cima.

A política brasileira está de perna para o ar. Cabe ao Judiciário e os juízes, se responsabilizarem, e colocar essas pernas no chão, bem seguras. Caso contrário, o país afunda, no caos que ele já está há mais de 50 anos e nas mãos de civis, piorou mais ainda, a tortura agora é psicológica, onde os ricos ficam mais ricos e os pobres voltam a miserabilidade nas praças, viadutos e outros lugares pelo Brasil afora.

O editor

Operação Examinação investiga fraude milionária no IPE Saúde


Jornal de Saúde
Daily update  April 13, 2017
NEWS
Cecília Malan revela problema de saúde em jornal da Globo
Na ocasião, Monalisa Perrone, âncora do jornal, quis saber mais sobre o que estava acontecendo. A jornalista, então, explicou que estava doente.
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Operação Examinação investiga fraude milionária no IPE Saúde
Operação desencadeada, na manhã desta quarta-feira (12), no interior gaúcho, aponta para fraude milionária contra o Instituto de Previdência do ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Saúde atendeu mais de 300 mil em S. Gonçalo
A rede municipal de saúde de São Gonçalo atendeu, nos 100 primeiros dias de governo do prefeito José Luiz Nanci 308.939 pessoas. Os números ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Dr. Cláudio é cardiologista e já foi secretário de saúde de Jundiaí
O prefeito Dixon Carvalho (PP) nomeou nesta quarta-feira (12) o novo secretário de Saúde em Paulínia. O novo secretário é Cláudio Ernani ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Conheça o detox do fígado evesícula, método que auxilia na recuperação da saúde
Estilo de vida corrido e uma má alimentação levam muitas pessoas a terem o corpo intoxicado no decorrer da vida. Os alimentos industrializados, os ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Brasil e Índia fortalecem cooperação para biotecnologia, indústria e saúde
Brasil e Índia fortalecem cooperação para biotecnologia, indústria e saúde. Os dois países mantêm parceria desde 2006, quando foi assinado o ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Jornal de maior circulação do MS demite mais de 10 profissionais
jornal Correio do Estado, veículo de maior circulação do Mato Grosso do ... do Trabalho (TRT), para não ser obrigado a pagar o plano de saúde.
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
De acordo com o balanço da Secretaria Municipal de Saúde, mais de 130 pessoas foram atendidas
A Prefeitura de Araxá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com o Hospital Dr. Hélio Angotti, a Associação dos Ruralistas do Alto ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Hospital Parque Belém tenta retomar atendimento pelo SUS
A alegação era de que a entidade não atendia aos requisitos necessários para integrar a rede pública de saúde. Um contingenciamento de ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Mais de 30 mil ficam sem plano de saúde em dois anos na região
Nos últimos dois anos, 30.466 pessoas deixaram de ter plano de saúde nas 27 cidades da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS). O número ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Deputado federal Luiz Sérgio se reúne com prefeito e vereadores
A maioria destes pedidos, segundo o parlamentar, foi dirigida a área da saúde. “Como nós deputados possuímos um limite pré-estabelecido para ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Vacinação contra a febre amarela terá agendamento no Rio
O processo é feito na Unidade de Saúde mais próxima do morador. O objetivo, segundo a Prefeitura, é evitar o desperdício de doses. A sala de ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Durante sessão, Ramim pede por acompanhantes de pacientes do SUS
Na indicação feita à Sems (Secretaria Municipal de Saúde), o vereador pediu que maior conforto fosse dado aos acompanhantes, já que muitos ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Crise na saúde faz CRM cobrar autoridades contra hospitais precários em MG
O Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (CRM-MG) cobrou ontem que autoridades do setor de saúde tomem providências para reverter a ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
POSSE - Adjuntos da Procuradoria e Semusa são empossados
A determinação do prefeito é buscar fazer tudo o que for possível em benefício da população, e isso também inclui a saúde. “Das nossas secretarias ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
WEB
Jornal da Saúde (03/09/2015)
Jornal da Saúde (03/09/2015) Nesta edição do Jornal da Saúde: – Ministério da Saúde lança campanha para mulheres lésbicas e bissexuais ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Jornal da Saúde (16/07/2015)
Jornal da Saúde (16/07/2015) Nesta edição do Jornal da Saúde: – Ministério da Saúde apresenta Projeto de Lei que propõe a criação do Instituto ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Jornal da Saúde (18/08/2015)
Jornal da Saúde (18/08/2015) Nesta edição do Jornal da Saúde: – Governo Federal lança plano de cuidados para mulheres do campo – ANS ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Jornal da Saúde (29/07/2015)
Jornal da Saúde (29/07/2015) Nesta edição do Jornal da Saúde: – Etapas municipais da 15ª Conferência Nacional de Saúde foram realizadas este ...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant
Prefeitura realiza missa ao Dia Mundial da Saúde
Na última sexta-feira, 07, foi comemorado o Dia Mundial da Saúde de 2017. A campanha deste ano é em alusão a depressão, transtorno que pode...
Google PlusFacebookTwitterFlag as irrelevant

Jornal de Saúde informa

Cuba abandona programa Mais Médicos. 11 mil Profissionais devem ir embora

Jornal de Saúde informa sobre saúde e outras notícias Atualização diária  ⋅   16 de novembro de 2018 NOTÍCIAS Cuba abandona programa ...

Jornal de Saúde