sábado, 30 de setembro de 2017

Autárquicas: Candidato do PS a Faro critica falta de política na habitação social


polticia nacional
Atualização diária  30 de setembro de 2017
NOTÍCIAS
Autárquicas: Candidato do PS a Faro critica falta de política na habitação social
O candidato do PS à Câmara de Faro, António Eusébio, criticou hoje o executivo pela falta de política no setor da habitação social, sublinhando que a ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Dirigentes do Nacional de Patos querem presença maciça da torcida contra o Desportiva
Nacional de Patos vai colocar cinco mil ingressos para o primeiro jogo da final do Campeonato Paraibano da Segunda Divisão, que acontece no ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Representação feminina acima da média mundial
O presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, reconheceu que a situação política, económica e social do país exige ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Ingresso do PDT no governo estadual é ensaio para aliança nacional
Ingresso do PDT no governo estadual é ensaio para aliança nacional ... seria a definição das regras eleitorais, com as votações da reforma política.
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Creasi comemora o Dia Nacional do Idoso
Vale salientar que desde 1994, com a Lei nº 8.842, o Estado brasileiro já havia inserido a figura do idoso no âmbito da política nacional, criando o ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
"Política do PSDB está entregando ativos nacionais ao capital estrangeiro", diz Jeová
Jeová lembra que o Brasil poderia ser autossuficiente na questão do proliplopireno, mas, ao invés de estimular a indústria nacional, a política ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

Vamos Estudar: Plantas: Estudo Etnobotânico em Comunidade Quilombola Salamina/Putumujú em Maragogipe, Bahia

[PDF] Estudo Etnobotânico em Comunidade Quilombola Salamina/Putumujú em Maragogipe, Bahia

MS Lisboa, AS Pinto, PA Barreto, YJ Ramos… - 2017
... mulheres está relacionado, em geral, com a facilidade de obtenção das plantas medicinais,
geralmente encontradas ... Deve-se levar em conta que, embora o emprego das plantas com fins
terapêuticos ... o que determina a procura por um remédio convencional ou uma planta é a...
Google+FacebookTwitter

[PDF] Aprimoramento da busca ativa aos portadores de hanseníase no município de Prata-MG

RAV ALMEIDA - 2017
... lesões causadas na pele, sejam por queimaduras, lúpus, sífilis, escarlatina, escabiose,
descamações, câncer de pele e a lepra verdadeira. ... usando – se plantas medicinais para
o tratamento e cura da doença, o que na maioria das vezes ...
Google+FacebookTwitter

[PDF] Reações adveRsas na cavidade oRal em decoRRência do uso de medicamentos

AB Pires¹, ACA Madeira¹, KM D'Araújo¹…
Resumo Introdução: as reações adversas a medicamentos constituem um problema
importante na prática do profissional da área da saúde, já que essas reações são causas
de hospitalização, aumento no tempo de permanência hospitalar e da morbimortalidade. 
Google+FacebookTwitter


[PDF] Assuntos Polêmicos de Direito

ÂF da Silva, ÁAD de Sousa, KS de Melo Gusmão
... Doutorando em Ciências da Saúde pela Unimontes. ... Esta pesquisa tem como
objetivo geral verificar se existe relação entre o feminismo no Brasil e nos demais
países. ... 16 - polícia, ocupações de fábricas e greve geral". ...
Google+FacebookTwitter

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

No Congresso INCA 80 Anos, Instituto apresenta resultados inéditos do Projeto ITC, estudo sobre tabagismo no Brasil e outros 27 países e pede doação de sangue para o seu Banco de Sangue

49% dos fumantes brasileiros planejam deixar de fumar nos próximos 6 meses, maior índice entre todos os países pesquisados

Rio de Janeiro, 29 de setembro de 2017 - Os fumantes brasileiros estão altamente motivados para deixarem de fumar e apoiam fortemente novas ações governamentais para a cessação do tabagismo, de acordo com o Projeto ITC Brasil, pesquisa que mede o impacto psicossocial e comportamental de políticas para o controle do tabaco. Os resultados do estudo foram divulgados no Congresso INCA 80 Anos.

O Brasil tem a maior porcentagem (49%) de fumantes que planejam deixar de fumar nos próximos 6 meses nos 25 países pesquisados (em três países esta pergunta não foi feita). O índice é bastante elevado, principalmente se comparado a de países desenvolvidos com programas estruturados de controle do tabaco, como EUA (índice de 37%), França (34%), Inglaterra (33%) e Alemanha (apenas 10%).

A pesquisa indica que os fumantes e não fumantes apoiam a criação de novas ações governamentais para a cessação do tabagismo. Existe um forte apoio até mesmo para uma proibição total da comercialização dos produtos de tabaco – algo que não está em pauta, mas demonstra a aprovação da atuação do Estado no controle do tabagismo. O Projeto ITC perguntou a todos os entrevistados se eles apoiam ou se opõem a uma proibição total de produtos de tabaco nos próximos 10 anos, dado que o governo forneceria tratamento para ajudar fumantes a deixarem de fumar. Os resultados mostram que 68% dos fumantes e 77% dos não fumantes pesquisados "apoiam" ou "apoiam fortemente" essa proibição.

Fumantes e não fumantes apoiam fortemente duas políticas-chave para reduzir publicidade e promoção de produtos de tabaco: a proibição de exibição de produtos de tabaco nos pontos de venda e a padronização de todas as embalagens de cigarros. Aproximadamente três quartos dos fumantes (72%) apoiam a proibição de displays de cigarros dentro de lojas e quase metade (49%) apoiam embalagens padronizadas. O apoio é ainda maior entre os não fumantes: 86% apoiam a proibição de displays de cigarros dentro de lojas e 56% apoiam embalagens padronizadas.

“Houve uma mudança na aceitação social do ato de fumar, que era bem-visto e amplamente estimulado no Brasil entre as décadas de 70 a 90. Essa mudança é fruto de um longo trabalho desenvolvido pelo INCA e Ministério da Saúde, em parceria com secretarias de Saúde e sociedade civil,” analisa Tânia Cavalcante, secretária-executiva da Conicq/INCA. “Nosso desafio é o de ampliar o acesso desses fumantes ao tratamento para deixar de fumar, que é uma das intervenções médicas mais custo efetivas.”

A pesquisa perguntou aos fumantes e ex-fumantes quais as razões que os levaram a pensar em deixar de fumar nos últimos 6 meses ou os levaram a parar. As razões mais comuns para pensar em deixar de fumar "muito" entre fumantes e ex-fumantes eram preocupações com a própria saúde (68% dos fumantes, 89% dos ex-fumantes); dar exemplo para crianças (66% dos fumantes, 63% dos ex-fumantes); e preocupações sobre os danos causados pelo tabagismo passivo em não fumantes (51% dos fumantes e 60% dos ex-fumantes). O preço dos cigarros foi o motivo na metade dos entrevistados (50% dos fumantes e ex-fumantes).

Sobre o ITC

O Projeto Internacional de Avaliação das Políticas de Controle do Tabaco (Projeto ITC) foi desenhado para medir o impacto das políticas da Convenção Quadro para o Controle do Tabaco da OMS (CQCT), o grande tratado público mundial em resposta à epidemia do tabaco, ratificado pelo Brasil em 2005. Esta é a terceira edição do Projeto ITC no Brasil – a primeira foi em 2009 e a segunda em 2013. Além do Brasil, a edição 2017 englobou outros 27 países, onde residem dois terços dos fumantes no mundo. No Brasil, a pesquisa ouviu 1.358 fumantes e 470 não fumantes.

O projeto ITC do Brasil é coordenado pelo INCA em associação com a Universidade de Waterloo, do Canadá, e em parceria com a Fundação do Câncer, CETAB/Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Aliança de Controle do Tabaco (ACTbr) e Secretaria Nacional da Política sobre Drogas (SENAD).

Congresso INCA 80 Anos

O INCA apresentou as informações inéditas do ITC Brasil durante o Congresso INCA 80 Anos, encontro médico e científico que marca o aniversário de fundação do Instituto. O Congresso, realizado nesta sexta-feira e sábado (29 e 30 de setembro) no Rio Othon Palace, em Copacabana, conta com a participação de cerca de 700 pessoas por dia, 300 palestrantes, 30 convidados internacionais, 157 palestras e 32 mesas-redondas.


INCA precisa de doações de sangue

O Banco de Sangue do INCA precisa de doações para suprimir a demanda gerada pelo grande número de cirurgias realizadas na instituição.

“É muito importante ter estoque de sangue e plaquetas para que o tratamento dos pacientes prossiga e que a possibilidade de uma transfusão seja assegurada”, afirma Iara Motta, chefe do Serviço de Hemoterapia do INCA.

Doar sangue é seguro. Qualquer pessoa em boas condições de saúde, entre 16 e 69 anos e pesando mais de 50kg pode doar sangue. Não é necessário estar em jejum, mas é importante evitar alimentos gordurosos três horas antes da doação. Pessoas com febre, gripe ou resfriado não podem doar temporariamente, assim como as grávidas e as mulheres no pós-parto. Os doadores devem apresentar documento oficial com foto e os menores de 18 anos só podem doar com consentimento formal dos responsáveis.

O Banco de sangue do INCA está localizado na Praça Cruz Vermelha, 23, Centro do Rio e funciona de segunda a sexta-feira: das 7h30 às 14h30. Aos sábados o horário de atendimento vai das 8h às 12h.

Câmara dos Deputados conclui redação de temas da reforma política


polticia nacional
Atualização diária  29 de setembro de 2017
NOTÍCIAS
Câmara dos Deputados conclui redação de temas da reforma política
A Câmara dos Deputados concluiu nesta quinta-feira (28) a redação final de alguns temas da reforma política. Como o texto sofreu modificações, ele ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Jerónimo avisa: resultado nas autárquicas terá consequências no plano nacional
Jerónimo de Sousa considera que as eleições autárquicas não são um referendo à solução de governo adotada em 2015. "São eleições para o ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
General recomenda que insatisfeitos com situação política se manifestem 'ordeiramente'
O comandante militar do Sul, general Edson Leal Pujol, afirmou, nesta terça-feira (26), que as pessoas que estão insatisfeitas com a situação política ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Classe política repercute decisão contra Aécio Neves
Brasília/Washington. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse, ontem, que existe um "vácuo legal" em relação à situação do senador ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Política de incentivo às empresas já custou R$ 177,9 bi aos cofre públicos
Segundo o Tesouro Nacional, até 2060 haverá um custo adicional de R$ ... Essa política de estímulo ao crescimento deteriorou as contas públicas.
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
"Tormento" de secretário de Estado prova falência da política de Saúde do Governo - PSD
O PSD comentou hoje as declarações do secretário de Estado da Saúde sobre o tormento de governar nas atuais circunstâncias, afirmando ser "um ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Resumo do dia: confira o que movimentou a política nacional
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, defendeu a regulamentação na Constituição sobre a restrição de liberdade de autoridades com mandato ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Fernando da Piedade foi reconduzido
Eleito para o círculo nacional pela lista da UNITA, o jurista lembrou que ... Nacional, em termos de debates e argumentação técnica e política, tendo ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Plano Nacional de Saúde Integral LGBT é aprovado em assembleia de secretários de Saúde
O Piauí, assim, se torna referência nacional neste tipo de assistência. Em poucos estados há essa política pública implantada. A previsão é que ainda ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

Jornal de Saúde informa

Até quando juiz poderá passar por cima da Constituição do STF e soltar liminar que fere o Direito de expressão e a liberdade de imprensa?

Grande equívoco de juiz, ao proibir a Globo de noticias matérias do processo do Assassinato de Mariele Franco e Anderson Gomes. Não podemo...

Jornal de Saúde