sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Délio rebate críticas sobre excesso de PPPs - Parceria Pública e Privada


jornal de saude
Atualização assim que ocorre 19 de agosto de 2016


NOTÍCIAS

Délio rebate críticas sobre excesso de PPPs
No encontro, cada candidato teve 10 minutos para falar sobre assuntos da cidade, como mobilidade e saúde. Depois, cada um respondeu a duas ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

Sete dicas imperdíveis para empreendedores de primeira viagem

Sete dicas imperdíveis para empreendedores de primeira viagem

Por Thaís Vagas
Empreender é o sonho de muitos brasileiros. Estima-se que três em cada dez adultos entre 18 e 64 anos possuam uma empresa ou estejam envolvidos com a criação de um negócio próprio. Esses números fazem com que o Brasil seja o líder mundial no ranking de empreendedorismo. Se esse também é o seu desejo, confira sete dicas preciosas que listei para empreendedores de primeira viagem.

Comunique-se: Se comunicar é fundamental para quem quer empreender. Pessoas reclusas, que gostam de ficar sozinhas e tem dificuldade de interagir, dificilmente terão sucesso no empreendedorismo. Antes de conquistar seu CNPJ é preciso se comunicar muito, a fim de testar suas habilidades num negócio e fazer muito networking!

Informe-se: Não dá para empreender sem antes estudar bastante. Busque informações em rodadas de negócios, estudos de mercado e principalmente in loco. Converse com quem já atua na área que você deseja empreender para entender os desafios diários. 

Alie-se: Procure se aliar a marcas e pessoas experientes, que podem contribuir para o seu crescimento. Nesse sentido, buscar uma rede de franquia pode ser o caminho mais curto e seguro para o empreendedorismo. Ao entrar para uma rede inovadora, de prestígio, que já possui know how, suas chances de sucesso serão muito maiores.

Planeje: Essa é a palavra de ordem para todo empreendedor. Fazer um bom plano de negócios, levando em consideração ações de curto, médio e longo prazo, é de extrema necessidade para o bom funcionamento de um negócio. Então, planeje sem moderação!
Gerencie: Gerenciar é vital. O empreendedor precisa gerenciar bem o tempo, as finanças, as pessoas, os clientes, o estoque e todo o resto da empresa. Organização e disciplina tem que ser características natas de quem deseja ser dono do próprio nariz.

Teste: Sua ideia pode ser muito boa, mas ainda assim, fracassar. Por isso, teste à exaustão. Nem sempre boas ideias criam bons negócios. Mostre seus planos para o maior número de pessoas e colha a opinião delas. Não seja tendencioso e esteja muito aberto à críticas, elogios e sugestões. Todo diamante precisa ser lapidado para se transformar numa grande joia.

Persista: Não desista se as coisas não saírem como planejado. Grandes empreendedores já faliram empresas antes de experimentarem o sucesso. Não seja teimoso, insistindo em algo que já se provou inadequado, mas seja persistente, tente de novo. Aprenda com seus próprios erros e suba degraus valiosos na longa caminhada para o êxito. 

Thaís Vargas é sócia-fundadora da franquia de churros gourmet Loucos por Churros.

Tratamento de olhos e idas ao oftalmologista deve ser desde criança. Assim muitas cirurgias seriam evitadas

Em nossa sociedade existe um hábito de que as visitas ao oftalmologista só devem acontecer a partir da adolescência e ir aumentando a freqüência com o aumento da idade.  Muitos pais, inclusive, levam seus filhos para as primeiras consultas com os oftalmologistas quando eles começam a ter dificuldade de ler e enxergar. Entretanto, a Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica orienta a realização de consultas oftalmológicas semestrais até os dois anos de idade e anuais a partir dos dois anos, além da realização do Teste do Olhinho na maternidade antes da alta, após o nascimento. Todo esse cuidado é essencial, porque a criança não nasce enxergando normalmente como os adultos, a visão vai se desenvolvendo desde o nascimento até atingir seu ápice, por volta de sete anos de idade. Nesse período, a presença de qualquer problema ocular, se não for diagnosticado e tratado adequadamente, pode comprometer de forma irreversível a visão da criança. Com o diagnóstico precoce, grandes partes das pessoas com baixa visão ou cegas poderiam estar enxergando.

Você acha bacana fazer uma entrevista abordando esse tema e alertando os pais da importância de levar as crianças e os recém nascidos no oftalmologista? A Oftalmopediatra, Dra. Ana Gabriela Zum Bach, do Hospital de Olhos Rui Marinho, está disponível para falar sobre o assunto.

Seguem algumas verdades e dados sobre o tema:
*A primeira visita ao oftalmologista deve acontecer rotineiramente, assim como um neném vai a sua primeira consulta com o seu pediatra: ele não precisa estar doente nem com suspeita de doença, ele simplesmente vai para fazer seu acompanhamento. 

*Os dados da Organização Mundial da Saúde são alarmantes. De acordo com a OMS, 19 milhões de crianças com menos de 15 anos tem problemas visuais. Desse total, 12 milhões sofrem de condições que poderiam ser facilmente diagnosticadas e corrigidas. Em nosso país, estima-se que cerca de 33 mil crianças ficaram cegas devido a doenças que poderiam ter sido tratadas e até mesmo evitadas, se fossem identificadas precocemente. Por isso, reforço, as crianças devem visitar o oftalmologista pediátrico com freqüência e desde o nascimento.

*Um grande avanço que vem ajudando a amenizar essa situação foi a obrigatoriedade das maternidades realizarem o Teste do Olhinho  nos recém nascidos. Afinal, desde junho de 2010, todos os planos de saúde são obrigados a cobrir o exame, de acordo com a ANS.   Esse teste é importante para detectar doenças muito graves e que devem ser tratadas imediatamente para não prejudicar o desenvolvimento visual normal da criança ou mesmo colocar sua vida em risco, como, por exemplo, o glaucoma congênito, catarata congênita, tumores intra oculares, malformações oculares.

*A criança “aprende” a enxergar e o período em que esse aprendizado é mais rápido ocorre do nascimento até os dois anos, por isso as consultas semestrais. Após os dois anos o desenvolvimento continua até os sete anos. 

Osorio visita Hospital Souza Aguiar e afirma: 'Precariedade no atendimento à população'


jornal de saude
Atualização assim que ocorre 19 de agosto de 2016


NOTÍCIAS

Quando o maior fica ainda melhor
Segundo o executivo, o presente na área da saúde é a maneira preferida da companhia de deixar melhorias para a cidade que recebe os Jogos ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Osorio visita Hospital Souza Aguiar e afirma: 'Precariedade no atendimento à população'
"A saúde está abandonada. Conversei com trabalhadores e pacientes e a situação é de calamidade. Hoje, a população só tem uma saída: rezar para ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Advogados querem liberdade ou uso de tornozeleira eletrônica.
No documento, advogados destacam a situação de saúde de Bumlai e dizem que o empresário vem “sofrendo diversos males”, que os sintomas ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Veja a entrevista de Jorge Gomes na TV Jornal Caruaru
Veja a entrevista de Jorge Gomes na TV Jornal Caruaru ... Gomes falou sobre a situação da cidade e fez propostas nas áreas de saúde, educação, ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

A goleira que gozou o Brasil não deve ir para Miami: Nos EUA, casos de zika são investigados em Miami Beach


jornal de saude
Atualização assim que ocorre 19 de agosto de 2016


NOTÍCIAS

Saúde reduz médicos em UPHs e PAs e sindicato faz protesto
Saúde reduz médicos em UPHs e PAs e sindicato faz protesto ... nesta semana pela Secretaria da Saúde, conforme publicação no jornal oficial da ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

jornal de saude
Atualização assim que ocorre 19 de agosto de 2016


NOTÍCIAS

Amanhã tem feira sobre diabetes em João Pessoa
A Feira da Saúde será realizada no Shopping Tambiá, Centro da Capital, das 9 às 16h deste sábado, dela podendo participar a população em geral.
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

jornal de saude
Atualização assim que ocorre 19 de agosto de 2016


NOTÍCIAS

Saúde reduz médicos em UPHs e PAs e sindicato faz protesto
Saúde reduz médicos em UPHs e PAs e sindicato faz protesto ... pela Secretaria da Saúde, conforme publicação no jornal oficial da Prefeitura, ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Repasse não deve aliviar situação dos filantrópicos
O anúncio do pagamento de R$ 182 milhões por parte da Secretaria Estadual da Saúde (SES) aos hospitais gaúchos foi visto com bons olhos pela ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Mesmo com tropas federais, Acre tem ataques
... usados para transporte escolar e pela Secretaria de Saúde foram queimados por bandidos. ... As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

jornal de saude
Atualização assim que ocorre 19 de agosto de 2016


NOTÍCIAS

Nos EUA, casos de zika são investigados em Miami Beach
Autoridades do setor de saúde investigam uma série de possíveis casos de zika em Miami Beach. Os episódios sugerem que a disseminação do ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

Médica alerta sobre importância da avaliação oftalmológica na infância Depois do teste do olhinho, feito logo após o nascimento, acompanhamento oftalmológico deve ser semestral até os 2 anos da criança, segundo consenso da Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica Perceber alteração de visão em crianças em fase pré-escolar não é tarefa fácil e muitos problemas visuais podem passar despercebidos pelos pais. O importante é torná-los cientes de que a criança não nasce sabendo enxergar, ela vai aprendendo a enxergar. Cerca de 90% da visão se desenvolve até os 2 anos de vida e o restante ocorre até os 6-7 anos. Segundo a Dra. Tania Schaefer, médica oftalmologista da Clínica Schaefer, de Curitiba, "o cérebro necessita de um estímulo visual perfeito para que o olho da criança aprenda a enxergar corretamente", afirma. Em função disso, a avaliação oftalmológica deve ser iniciada logo nos primeiros dias de nascimento com o "teste do olhinho". Segundo o consenso da Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica, o acompanhamento oftalmológico deve ser semestral até os 2 anos e, a partir daí, anualmente até os 10 anos de vida, época em que já se completou o desenvolvimento visual. Além dos erros refracionais (miopia, astigmatismo e hipermetropia), o exame com o oftalmologista avalia a presença de ambliopia (olho fraco), estrabismos, catarata, malformações congênitas e tumores, como o retinoblastoma. "Mais que prevenir a cegueira, essa avaliação precoce também pode salvar uma vida", alerta a especialista. Se houver indicação de óculos, eles devem ser adequados à faixa etária da criança, com armações confortáveis, lentes resistentes à quebra e riscos. As crianças que necessitam da correção óptica precisam ser avaliadas periodicamente a cada 6 meses e as lentes trocadas por alteração do grau e do crescimento da face. Um problema relativamente comum na infância, o estrabismo, necessita ser investigado logo ao seu início, pois pode levar à ambliopia ou mesmo à cegueira legal (quando uma pessoa tem visão menor que 0,1 ou 20/200 no olho com melhor acuidade). Por conta do estrabismo, o cérebro infantil não se desenvolve corretamente (córtex visual) devido às imagens remetidas pelo olho estrábico serem bloqueadas. "Existem vários tipos de estrabismos e somente o médico oftalmologista poderá prescrever o tratamento adequado. Na presença da ambliopia, o uso de oclusores deverá ser orientado para garantir o desenvolvimento visual do olho mais fraco. Não é tarefa fácil para a criança, nem para os pais, que precisam ser devidamente alertados sobre a importância do tratamento", diz a médica. A conscientização dos pais e pediatras é a melhor forma de prevenir a baixa de visão irreversível no adulto. Muitos pacientes chegam ao nosso consultório tardiamente e nada pode ser feito para recuperar o tempo perdido na sua formação visual.

Médica alerta sobre importância da avaliação oftalmológica na infância

Depois do teste do olhinho, feito logo após o nascimento, acompanhamento oftalmológico deve ser semestral até os 2 anos da criança, segundo consenso da Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica
Perceber alteração de visão em crianças em fase pré-escolar não é tarefa fácil e muitos problemas visuais podem passar despercebidos pelos pais. O importante é torná-los cientes de que a criança não nasce sabendo enxergar, ela vai aprendendo a enxergar. Cerca de 90% da visão se desenvolve até os 2 anos de vida e o restante ocorre até os 6-7 anos. Segundo a Dra. Tania Schaefer, médica oftalmologista da Clínica Schaefer, de Curitiba, "o cérebro necessita de um estímulo visual perfeito para que o olho da criança aprenda a enxergar corretamente", afirma.

Em função disso, a avaliação oftalmológica deve ser iniciada logo nos primeiros dias de nascimento com o "teste do olhinho". Segundo o consenso da Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica, o acompanhamento oftalmológico deve ser semestral até os 2 anos e, a partir daí, anualmente até os 10 anos de vida, época em que já se completou o desenvolvimento visual.

Além dos erros refracionais (miopia, astigmatismo e hipermetropia), o exame com o oftalmologista avalia a presença de ambliopia (olho fraco), estrabismos, catarata, malformações congênitas e tumores, como o retinoblastoma. "Mais que prevenir a cegueira, essa avaliação precoce também pode salvar uma vida", alerta a especialista.

Se houver indicação de óculos, eles devem ser adequados à faixa etária da criança, com armações confortáveis, lentes resistentes à quebra e riscos. As crianças que necessitam da correção óptica precisam ser avaliadas periodicamente a cada 6 meses e as lentes trocadas por alteração do grau e do crescimento da face.

Um problema relativamente comum na infância, o estrabismo, necessita ser investigado logo ao seu início, pois pode levar à ambliopia ou mesmo à cegueira legal (quando uma pessoa tem visão menor que 0,1 ou 20/200 no olho com melhor acuidade). Por conta do estrabismo, o cérebro infantil não se desenvolve corretamente (córtex visual) devido às imagens remetidas pelo olho estrábico serem bloqueadas.

"Existem vários tipos de estrabismos e somente o médico oftalmologista poderá prescrever o tratamento adequado. Na presença da ambliopia, o uso de oclusores deverá ser orientado para garantir o desenvolvimento visual do olho mais fraco. Não é tarefa fácil para a criança, nem para os pais, que precisam ser devidamente alertados sobre a importância do tratamento", diz a médica.

A conscientização dos pais e pediatras é a melhor forma de prevenir a baixa de visão irreversível no adulto. Muitos pacientes chegam ao nosso consultório tardiamente e nada pode ser feito para recuperar o tempo perdido na sua formação visual.

Dieta ruim na gestação pode estar ligada a TDAH em crianças ou Transtorno de deficit de atenção


jornal de saude
Atualização assim que ocorre 19 de agosto de 2016


NOTÍCIAS

Bairro dos Coelhos recebe mutirão de saúde e cidadania
A sede do Centro Comunitário de Assistência Social da LBV receberá neste sábado (20) a Ação Cívica Maçônica (Acima) 2016. O evento irá ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Dieta ruim na gestação pode estar ligada a TDAH em crianças
... em seus filhos pequenos, de acordo com artigo publicado nesta quinta-feira pelo periódico científico "Journal of Child Psychology and Psychiatry".
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante



Infecção por zika também afeta células cerebrais de adultos, aponta estudo
Uma nova pesquisa realizada por cientistas norte-americanos revela que a infecção por zika mata células-tronco neurais em camundongos adultos.
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
ornal de saude
Atualização assim que ocorre 19 de agosto de 2016


NOTÍCIAS

“Vou enfrentar os grandes grupos econômicos que dominam Goiânia”
É necessário criar um fórum de debate permanente para discutir política urbana, uso do solo, saúde, toda as demandas estão relacionadas, ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


NSA interceptou informações médicas de ONGs e instituições de saúde
Essas informações médicas eram interceptadas de ONGs e órgãos de saúde do mundo todo. A obtenção de tais comunicações possibilitou a análise ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

Jornal de Saúde informa

Drogaria Araújo em BH/MG inova e afirma em publicidade que não cobra frete de mercadoria comprada por aplicativo e retirada em lojas da Drogaria

Drogaria Araújo, inova na enganação publicitária e promete não cobrar frete em mercadoria retirada na loja pedido por App  A Drug S...

Jornal de Saúde