quarta-feira, 22 de junho de 2016

1.616 casos de microcefalia no país, é muito e Michel Temer diminui verba do SUS, é demais


jornal de saude
Atualização assim que ocorre 22 de junho de 2016

NOTÍCIAS


Jornal O Globo
Ministério da Saúde confirma 1.616 casos de microcefalia no país
RIO — O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira que 1.616 casos de microcefalia foram confirmados no país até o dia 18 de junho. O número ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

Saúde de Parobé é destaque em simpósio estadual
A Secretaria de Saúde de Parobé participa nessa quinta-feira (23) do Simpósio de Boas Práticas na Atenção Domiciliar, promovido pelo Hospital ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


O Nortão Jornal
Quatro cidades são beneficiadas com emendas de Maluf para a saúde
Ribeirãozinho, Cuiabá, Jauru e Paranatinga receberão o total de R$ 1 milhão em verbas para a saúde. Ribeirãozinho, Cuiabá, Jauru e Paranatinga ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Manchete Online
Mulher é atingida por bala perdida em tiroteio no Alemão
Já a moradora da comunidade segue internada, mas apresenta estado de saúde estável, segundo a Secretaria de Estado de Saúde. Na noite desta ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

Atlético aprende o caminho do gol e joga aguerrido rumo a vitória é 0 11o. primeiro na tabela e pega América/MG no domingo

O Atlético Mineiro com essa vitória suada conseguida no segundo tempo com gols de Fred, depois de lançamento de Marcos Rocha que recebe uma excelente bola de Dátolo que entra no segundo tempo com fome de bola, correu muito. Não descuida e disputa uma bola perdida entre zagueiros que parece estava em impedimento ao receber a bola Marcos Rocha.

Cazares adivinhou o tempo e o lance da bola com a zaga do Corinthians dando uma tremenda boneira e colocou o Galo mineiro em 11a lugar na tabela do disputado Campeonato Brasileiro de 2016 onde os times pequenos estão despontando e muitos times considerados grandes e que investiram para a Copa da Libertadores, como o Atlético, estão za rabeira do campeonato. O Galo se desculpa devido a muitas contusões, com o Menino Maluquinho ou chaveirinho do Galo, Luan inciando os treinos e Luccas Pratto assistindo a partida no campo. Parece que o Atlético começa a se organizar e a ganhar quando precisa de ganhar e sobe na tabela e a tendência ficar para cima agora com o time sendo acertado pelo excelente e bicampeão Marcelo Oliveira que quer mais uma taça em sua coleção e no seu coração de atleticano, o que seria muito, mas muito para ambos, para a torcida então, a glória de empenho e sonho realizado.

O Atlético Mineiro no domingo tem a oportunidade de tirar a dúvida em cima do América Mineiro jogam e talvez o Galo devolve a terrível derrota no campeonato mineiro de 2016 que desarvorou o Atlético na Libertadores com a despedida do técnico Diego Aguirres, que teimava com escalações e treinava pouco o time taticamente.

O Corinthians estava vivo e ainda deixou seu gol para incomodar o Victor e o Atlético que jogou até os 49 minutos devido a cera de Victor, o juiz não perdoou e acrescentou mais um minuto.
Marcelo dos Santos - jornalista - MTb 16,539 SP/SP

Operação Lava Jato e Eduardo Campos, ex-candidato a presidência: Paulo Morato encontrado morte e procurado pela Polícia Federal

Paulo Morato encontrado morte e procurado pela Polícia Federal
Operação Turbulência entra em zona de desconforto um dos envolvidos considerado foragido é encontrado morto em Motel, na cidade de Recife. A Polícia Federal analisa se tem relação com a procura desde 21 de junho e está ligado ao esquema de propina para a Campanha de Eduardo Campos, que o PSB, nega e a família, que ainda chora a perda devido acidente sem explicações que matou Eduardo e mais seis e dois pilotos.

Leia mais http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/2016/06/empresario-foragido-da-operacao-turbulencia-e-encontrado-morto.html


Trânsito: a terceira causa de mortes no Brasil




Buonny alerta para a prevenção de acidentes nas estradas
 A cada 22 minutos uma pessoa morre vítima de acidente de trânsito. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), no mundo ocorrem 1,2 milhão de mortes por ano com mais de 50 milhões e feridos. No Brasil, são 45 mil mortes/ano e o Governo gasta, em média, R$ 90 mil com vítima não fatal de acidente de trânsito. No caso de morte, o valor sobe para R$ 550 mil, segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).
De acordo com o Ministério das Cidades, o consumo de álcool, mesmo em quantidade pequena, aumento o risco de acidentes, tanto para condutores como para pedestres. Outras drogas também são causadoras de acidentes graves, como maconha, cocaína, mazindol, crack, femproporex, ecstasy, heroína, metanfetaminas ou anfepramona.
O uso de drogas e álcool provoca a diminuição de funções indispensáveis à segurança ao volante, como visão, reflexos e capacidade de discernimento. Assim, causam comportamentos de risco, como excesso de velocidade.
Diante disso, é fundamental que motoristas se conscientizem sobre os cuidados que devem ter no trânsito, principalmente os profissionais que trafegam diariamente nas rodovias brasileiras.

A Buonny, empresa que atua na área de gerenciamento de riscos, inclusive na área de saúde, dá dicas para ajudar na prevenção de acidentes, seja pelo uso de drogas ou falta de atenção:

- caso tenha ingerido qualquer quantidade de bebida alcoólica ou drogas, nunca assuma a direção do veículo;
- cheque sempre se seu veículo está em boas condições;
- não dirija com sono ou cansaço;
- use sempre cinto de segurança;
- respeite velocidades máximas permitidas pelas vias e sinalização;
- atenção aos pedestres;
- motociclistas devem usar capacetes, obrigatoriamente;
- não fale ao celular;
- em pistas molhadas, cuidado com derrapagens e colisão traseira;
- caso um veículo com farol alto venha em sua direção, olhe para baixo e à direita, em direção à faixa branca que delimita a rodovia ou ao meio-fio da rua. Isso evita o ofuscamento da visão e um possível acidente;
- ultrapassagens: só faça em locais permitidos e com segurança.

Curitiba recebe evento focado no pré-natal odontológico


Evento é promovido pelo grupo secreto Clube da Alice em parceria com o Grupo Qualidade em Saúde


Curitiba, 22/06/2016 – Poucas mães sabem que o cuidado com a saúde bucal dos bebês tem início ainda na gestação, período em que os hábitos das mamães podem influenciar diretamente a saúde das crianças. Pensando na importância desse assunto, no dia 2 de julho, Curitiba vai receber o evento “Pré-natal Odontológico: Cuidados fundamentais para a saúde do seu bebê”, que será promovido pelo grupo secreto Clube da Alice em parceria com o Grupo Qualidade em Saúde.

Durante o evento, serão tratados assuntos que irão abordar, por exemplo, os cuidados bucais em todas as fases das crianças, o uso de chupetas, as dentições provisórias e permanentes, e também a importância dos aparelhos ortodônticos. As atividades serão comandadas por cirurgiões-dentistas e médicos, além de terem o apoio de outros profissionais da saúde, como fisioterapeutas, nutricionistas e enfermeiros.

Serão realizados, também, workshops para gestantes sobre nutrição, fisioterapia e enfermagem, em que as participantes receberão dicas para prover um bebê com mais saúde e equilíbrio, além de tratarem da alimentação em cada uma das fases das crianças, desde o aleitamento materno.

O evento “Pré-natal Odontológico: Cuidados fundamentais para a saúde do seu bebê” será realizado no OrbitCity (Rua Coronel Dulcídio, 588), das 10h às 18h. Além do ciclo de palestras, as gestantes poderão visitar uma feira de exposição montada exclusivamente para as futuras mamães. As inscrições são gratuitas.

Ambev, Coca-Cola e Pepsi tiram refrigerante de cantinas das escolas


jornal de saude
Atualização assim que ocorre 22 de junho de 2016

NOTÍCIAS


Jornal do Comércio

Ambev, Coca-Cola e Pepsi tiram refrigerante de cantinas das escolas
Dados da Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde (PNDS) do Ministério da Saúde apontam que 7,3% das crianças com menos de cinco anos têm ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

A humilhação do brasileiro face a corrupção- Homem faz protesto solitário em frente ao Ministério Público: “Eu não tenho plano de saúde”


jornal de saude
Atualização assim que ocorre 22 de junho de 2016

NOTÍCIAS


Jornal Opção
Homem faz protesto solitário em frente ao Ministério Público: “Eu não tenho plano de saúde
Em protesto solitário na frente do Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), um homem manifestou sua indignação com o esquema revelado na ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

Plantas medicinais apenas 12 plantas de um estudo de 71 plantas são aprovadas pelo Ministério da Saúde, que boa vontade


jornal de saude
Atualização assim que ocorre 22 de junho de 2016

NOTÍCIAS


O Tempo

ministério da saúde
O ministro da Saúde, Ricardo Barros, disse nesta quarta-feira (22) que das 71 plantas com princípios ativos que interessam ao Sistema Único de ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Sputnik Brasil

Portugal registra caso raríssimo de parto quatro meses após morte da gestante
Segundo informou a chefe da clínica, doutora Ana Campos, "Penso que este caso revela que o serviço nacional de saúde em Portugal conseguiu dar ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante


Jornal Opção

Confira a lista dos presos na investigação de fraudes em UTIs de Goiás
O Jornal Opção conseguiu, com exclusividade, os 24 nomes que tiveram pedidos de prisão temporária decretados, supostamente envolvidos no ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante

Dia Nacional de Combate ao Diabetes é um alerta a população sobre a prevenção e cuidados com a doença

Dia Nacional de Combate ao Diabetes  é um alerta a população sobre a prevenção e cuidados com a doença
Cerca de 14 milhões de brasileiros sofrem com o problema, mas apenas metade sabe que tem a doença e a outra metade não adere ao tratamento adequado
Nova tecnologia ajuda pacientes na adesão ao tratamento e no controle da doença
Dia 26 de junho é o Dia Nacional de Combate ao Diabetes, uma das únicas doenças não infecciosas que pode ser considerada epidêmica no nosso país. De acordo com dados da Federação Internacional de Diabetes (FDI), em todo o mundo mais de 400 milhões de pessoas têm a doença e um alto percentual vive em países em desenvolvimento¹. No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, já são cerca de 14 milhões de pessoas com diabetes e, a cada dia, aparecem 500 novos casos².
“O Brasil é o 4º país do mundo com o maior número de pessoas com diabetes, atrás apenas da China, Estados Unidos e Índia. O grande desafio é que boa parte da população não sabe que tem a doença e a outra metade que sabe costuma não fazer o tratamento adequado, principalmente pelo desconforto em medir a glicemia pela ponta de dedo”, afirma Dr. João Salles, endocrinologista, Vice-Presidente da Sociedade de Endocrinologia e Metabologia e Professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.
Para se ter uma ideia, estima-se que apenas 1/3 dos pacientes segue as recomendações de monitoramento3 e 2/3 admitem pular o teste da ponta de dedo por considerá-lo dolorido e invasivo demais4.  O problema é que o não controle do diabetes pode levar a pessoa a ter mais episódios de hipoglicemia, quando o nível de açúcar no sangue cai muito, colocando a vida do paciente em risco, e a sérias complicações, como cegueira e amputações.
 
Um novo jeito de medir a glicemia                                                                                     
A Abbott, empresa global de cuidados para a saúde, lança neste mês do Dia Nacional do Diabetes  o FreeStyle® Libre, uma nova tecnologia revolucionária de monitoramento de glicose para as pessoas com diabetes. O produto é a única solução do mercado que livra o paciente da rotina5 diária de picadas no dedo.
O FreeStyle® Libre é composto de um sensor e um leitor. O sensor é redondo, tem o tamanho de uma moeda de 1 real e é aplicado de forma indolor na parte traseira superior do braço. Este sensor capta os níveis de glicose por meio de um microfilamento (0,4 milímetro de largura por 5 milímetros de comprimento) que, sob a pele e em contato com o líquido intersticial, mensura a cada minuto a glicose presente no líquido intersticial. O leitor é escaneado sobre o sensor e mostra o valor da glicose medida em menos de um segundo.
“O novo monitor contribui para que as pessoas com diabetes tenham mais liberdade para aproveitar uma vida saudável e ativa, trazendo mais conforto à rotina de controle da glicose”, diz Sandro Rodrigues, Country Manager da Divisão de Cuidados para Diabetes da Abbott no Brasil.
“A maioria dos pacientes acaba não fazendo a medição da glicose por conta da pulsão no dedo. Com isso, aumenta o risco de doenças relacionadas com o diabetes, como cegueira, amputações, paralisação do rim, infarto e derrame. Para se ter uma ideia, de cada 10 pacientes com diabetes, 15% são do tipo 1 e não fazem a medição da ponta de dedo corretamente. Nos casos de pacientes com diabetes tipo 2, este número não passa de 5%. A tecnologia do FreeStyle® Libre vai nos ajudar a acabar com este grande desconforto dos pacientes”, completa Dr. João Salles.

Instituto Movere comprova a melhora da aptidão física em crianças e adolescentes com obesidade


O Instituto Movere, organização que atua desde 2004 com crianças e adolescentes com sobrepeso e obesidade, promoveu um estudo com 100 crianças e adolescentes da faixa etária entre 6 e 17 anos, durante um ano, e comprovou, que por meio de intervenção de atividade física, nutrição e mudança de comportamento, 95% destas crianças melhoraram no teste de resistência de força abdominal, 89% na flexibilidade, 84% no teste de membros inferiores, 89% o testes de membros superiores e 95% na agilidade. Esta pesquisa foi realizada em conjunto com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD) e Prefeitura de São Paulo.
O grupo apresentou, antes de iniciar o programa de intervenção, todos os parâmetros relacionados à aptidão física, abaixo do esperado. O excesso de gordura corporal pode refletir nos baixos índices de aptidão física e na composição corporal dessas crianças e adolescentes. Porém, após os doze meses, foi observada a melhora em todas as variáveis mencionadas anteriormente. Tal resultado foi estatisticamente significante, demonstrando que o protocolo de exercícios estabelecido, associado à orientação dietética promoveu modificações importantes na aptidão física para esse grupo.
Para esta avaliação, foi realizada uma bateria de testes neuromotores antes e após o programa de intervenção. Quanto maior o número de experiências, maior será o desempenho realizado por elas. Crianças e adolescentes com obesidade apresentam padrões diferenciados em relação aos que não estão obesos, tais como: menor eficiência mecânica, maior gasto energético em tarefas, que exigem deslocamento ou projeção da massa corporal e diferentes respostas metabólicas e hormonais. Um estudo realizado em 1995, pela Fundação BYK, chamado Atividades Motoras na Obesidade, mostrou que as crianças com obesidade tinham piores desempenhos em todos os parâmetros de aptidão física em comparação com os seus pares. Este atraso motor pode ser causado pela inatividade ligada ao estado de obesidade, dificuldade para realização de atividades e vergonha da exposição de sua aparência corporal.
Este cuidado para não se expor proporciona à criança com a condição a escolha de atividades com baixo gasto calórico. Muitos jovens com obesidade não suportam o sentimento de exclusão em suas atividades diárias e acabam muitas vezes se isolando socialmente.
O programa de treinamento físico desenvolvido pelo Instituto é adaptado para crianças e adolescentes com obesidade com o objetivo de proporcionar ganho de força, flexibilidade e condicionamento físico sem que ocorram lesões. Todo o trabalho foi coordenado pela presidente do Instituto Movere, Vera Lúcia Perino Barbosa, Doutora em Ciências da Saúde pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa.

Criado em 2004, o Instituto Movere é uma organização não governamental, com uma missão desafiadora: prevenir e tratar a obesidade em crianças e adolescentes com suas famílias com atuação baseada em evidencias científicas, nas áreas de nutrição, psicologia, educação física, fisioterapia, buscando a mudança comportamental. Com projetos aprovados no Conselho Municipal da Criança e Adolescente (CMDCA) e Fundo Municipal da Criança e adolescente (FUMCAD), a pessoa jurídica e a pessoa física podem apoiar os projetos do Instituto Movere por meio do incentivo fiscal.

Jornal de Saúde informa

Cuba abandona programa Mais Médicos. 11 mil Profissionais devem ir embora

Jornal de Saúde informa sobre saúde e outras notícias Atualização diária  ⋅   16 de novembro de 2018 NOTÍCIAS Cuba abandona programa ...

Jornal de Saúde