terça-feira, 12 de abril de 2016

Uma vitória que combaliu o governo, no entanto, o povão não está muito ai com impeachment

Com o placar, parece partida esportiva, ontem apareceu a vitória de 38 versus 27 do governo foi aceito como correto o relatório ou parecer do relator do Impeachment de Dilma, um deles, segundo o presidente todo poderoso do Congresso ele tem mais nove processos.

Com isso segue para o Congresso que vai também votar até no domingo se Dilma Vana Rousseaff deve ser afastada de suas funções ou não de presidente do Brasil, legitimamente eleita pelo voto direto e nas urnas. Ainda, requer a aprovação do Senado Federal, para que se consuma, no entanto, a oposição comemora. Tanto que o Michel Temer, líder da promoção do Impeachment e o beneficiado de linha direta, ele vice-presidente da República, assume a presidência em caso de a presidente atual sair mesmo via processo.

Em seus discurso promete não interromper os benefícios sociais. Aqui em Minas Gerais, em Betim, fecharam seis restaurantes populares e afirmam que vão investir o dinheiro em saúde, maior investimento o que em Saúde como prevenção da doença: anemia, baixa imunidade entre outras, não existe. No entanto, o discurso de posse parece mais de Salvador da Pátria, que ele não tem condições nenhuma de executar nem a curto e nem a longo prazo devido ter tido dois mandatos e não ter conseguido ser um vice expressivo, participativo. Sempre foi das intrigas palacianas e tramou, tanto que muitos o chamam de conspirador, traidor do governo onde ele pelo PMDB foi eleito, sua história ficará manchada por essa suspeita, essa nódea de traidor ou conspirador, que dá no mesmo.

Os mais engraçado é a disparidade de deputados na Comissão que aprovou por 38 votos. Somente o PSDB, principal articulador e um dos maiores interessados devido ao Aécio Neves, Serra e Alckmin terem sido derrotados sistematicamente pelo PT, possuem 7 parlamentares. Isso causou um grande conforto para o PSDB e para que seu ódio ao partido da situação se difundisse ainda mais.

O governo perder e ainda se acha vivo na luta, foi apenas o primeiro round. Está combalido, ensaguentado, a surra foi acachapante. No entanto, com o descanso volta e vai lutar até o final e o corpo a corpo é o mais interessante e significativo. Se a justiça prevalecer talvez Michel Temer sofra a Síndrome do já ganhou que ocorreu com Fernando Henrique Cardoso que levou lata spray para desinfectar a cadeira quanto disputou a eleição à prefeitura de São Paulo contra Jânio Quadros, caiu do cavalo ou da cadeira, ele perdeu por pouquíssimos votos em debate onde ficou calado quando perguntaram se ele creia em Deus. Como não respondeu o eleitor não respondeu nas urnas, engraçado isso.

Muitos artistas estão dando pleno e irrestrito apoio ao governo como Chico Buarque, entre outros, Wagner Moura, Vander Lee em Minas Gerais, entre os mais conhecidos. Existem muitos anônimos. O mais interessante foi o apoio que o povão deu ao governo. Não foi as passeatas dos chamados "coxinhas" da wall streat brasileira, av. Paulista da Fiesp. O Caco Barcellos fez um programa na Globo onde entrevista e constatou que o povão que trabalha e acorda cedo e dorme tarde, pois mora longe, não foi e não é totalmente contra o governo e tampouco apoia o impeachment com tanta secura e vontade de vitória como os nacionalistas da paulista, classe média alta, formados sem emprego e outros segmentos da sociedade. O bem ou mal, com corrupção ou sem ela, o pobre saiu do fundo do poço, do esquecimento total e pode ser notado, com o mísero: Bolsa Família, que foi plano do PSDB, mas que tanto preocupa a direita raivosa, corrupta, cooperadora com as forças repressoras da ditadura e que sempre teve alto lucros com todos os governos.

Marcelo dos Santos - jornalsita.

A bruxa está solta homem ateia fogo no próprio corpo em Brasília


jornal de saude
Atualização assim que ocorre  11 de abril de 2016
NOTÍCIAS
EXAME.com
Homem que ateou fogo ao próprio corpo tem quadro desaúde estável
O homem que ateou fogo ao próprio corpo na manhã de domingo (10), em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília, continua em observação ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Sem pagamento, firma ameaça retirar contêineres de hospital pediátrico
A Fundação Municipal de Saúde (FMS) firmou contrato com a Ideias para a administração do Getulinho em outubro de 2013. A OS recebeu ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Jornal do Brasil
Aspectos Históricos da Criminalização do Aborto foram discutidos na Academia Nacional de ...
... Gomes Temporão, Ministro da Saúde de 2007 a 2011, e expert no assunto foram debatidos os aspectos históricos da criminalização do aborto.
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Terra Brasil
Microcefalia: SUS vai oferecer estimulação precoce para desenvolvimento infantil
Portaria do Ministério da Saúde publicada nesta segunda-feira (11) no Diário Oficial da União inclui a estimulação precoce para desenvolvimento ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Económico
Jornal britânico "Daily Mail" analisa fazer proposta de compra do Yahoo
A proposta da Daily Mail & General Trust, controladora do jornalbritânico, pode acontecer de ... Em fevereiro, fechou sete revistas digitais, incluindo sites dedicados à cobertura de temas como alimentação, maternidade e saúde.
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

Começa em muitos estados a vacinação contra a Gripe H1N1, cuida da prevenção também


jornal de saude
Atualização assim que ocorre  11 de abril de 2016
NOTÍCIAS
O Tempo
gripe h1n1
A aposentada acordou às 5h e chegou na unidade de saúde as 6h. Após a espera sua preocupação era com os mais novos. "É um absurdo, está ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante
Jornal na Net
FF inaugura UBS no Clementino com capacidade para 21 mil atendimentos mensais
Com capacidade para realizar até 21 mil atendimentos mensais a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Clementino foi inaugurada pelo ...
Google PlusFacebookTwitterSinalizar como irrelevante

Justiça que tarda, justiça que não é justiça, favorece a classe abastada, sempre


Os advogados que pedem o Impeachment da presidente Dilma, não fazem nada contra os juízes que demoram anos e anos para decidirem sobre processos. Que não respeitam prioridades. Enfim, seria querem demais, para ser juiz é preciso estudar Direito, se formar, tirar a licença da OAB e também estudar mais ainda e prestar prova.


Então se conclui que a mente de um juiz é tal qual a de um advogado que para em determinado estágico e evolui para defender a Lei e a do Juiz para aplicar. Logo, um não vai contra o outro. Tanto é previsto que reclamam dos juízes, xingam e concordam com o cliente em tudo e até mesmo colocam a culpa no juiz. E, não fazem absolutamente nada para mudar o quadro da Justiça que demora, que se torna injusta, cruel e desonesta. Pois, atende a todos os reclamos dos advogados tanto da parte autora quanto da parte ré, são petições e agravos até que não se aguenta mais. É vergonhoso o volume que determinados processos tomam em papel, na era da informática e alta tecnologia, apenas para embaraçar.

Os juízes não ficam atrás dos advogados e quando não querem decidir ou procrastinar sua decisão pedem provas para o autor que são descabidas. Não tem como o autor colocar nos autos provas que podem suscitar contraprova ao seu pedido. Mas, no direito brasileiro, parece que isso é previsto, os juízes pedem, em suma, provas para o autor, um verdadeiro acinte ao direito e a inviolabilidade da liberdade.

Existem advogados que julgam que os juízes não gostam de sua família, de pai, mãe, filhos. Enfim que são pessoas preparadas para serem frias, imparciais, objetivas. Isso é a performance de pessoas cruéis que julgam apenas com a razão, técnicas, leis e não usam sequer na emoção e dos sentimentos. É óbvio que nas leis não existem sentimentos, mas elas, podem e devem ser interpretadas em cada caso um caso, e não são.

Para um juiz, mesmo que agora o Código Civil, diga que processos mais velhos, com muitos anos, sejam julgados, respondidos primeiros, eles não respeitam. Nos Juizados Especiais eles publicam amenidades como o autor leio a decisão, prazo de leitura e tantos quanto eles queiram inventar que não consta na Lei 9.099 que prevê prazos de 5, 15 e 30 dias sendo que o todo poderoso juiz pode estender esses prazos ainda mais, mas até 45 dias. Então isso é enrolação perversa e perniciosa para o direito das pessoas ou não?

De volta aos advogados. Eles são pagos pelos clientes que os contratam, mas lutam contra este cliente que lhe põe o pão na mesa no primeiro instante que não estiverem mais ditando as regras do jeito que eles querem. Certos advogados processou o seu cliente e pegou todas as publicações em emails, mais algumas matérias publicadas no blog do autor, e formou um processo no qual pediu uma indenização de R$ 15.0000,00 quer dizer colocou seu cliente contra os juízes, advogados e ainda quer ganhar dinheiro em cima. Não comenta hora nenhuma de sua falta de profissionalismo e honradez em fazer as coisas corretamente e assumir seus erros com galhardia e hombridade.

os juízes mesmo informados sobre problemas de saúde, problemas financeiros e qualquer, desculpe a palavra, infortúnio, que a pessoa possa estar passando eles não arredam o pé da materialidade técnica. Sequer olham o processo; não para decidir para a pessoa, porque ela está doente, que a outra parte entra com recurso, aliás nosso direito oferece tantos recursos para as partes, principalmente para o réu, que é um absurdo falar que isso é direito, internacionalmente, deve ser considerado, enrolação proposital para não cumprir o que a Lei e a decisão do juiz já apontou e ganhar tempo, primeiro para enrolar o autor, depois para enrolar o próprio juiz e seus auxiliares. Isso ocorre muito, causas ganhas que se perdem devido o próprio juiz esquecer da sentença devido a tanto tempo e proferir outra que anula a outra e derrota quem tinha direito e ganho anteriormente.

O país está parado pela política; o Impeachment será aceito pelo deputados federais. A lei assim preconiza o direito de se pedir, se é legítimo, é o fulcro da discussão. No entanto, os responsáveis falam em democracia e justiça, qual? Quem promoveu esse Impeachment não foi o povo, foram os patrões, os ricos, a classe média alta, a classe média-média, e a classe média baixa está à deriva entre aderir e não aderir. Isso é Justiça? Não, o Congresso que teve o voto direto não representa a totalidade do país. Seria Justiça, se na Lei houvesse um artigo que colocasse o país em Plebiscito para se saber se a maioria dos brasileiros querem que sejam pedido o Impeachment, ponto final.

É tão verdade que a indústria do Impeachment não pára. Todos ouviram, quem quis, o deputado federal, processado pela PGR-Procuradoria Geral da República, processo no Supremo Tribunal Federal, e que continua presidente do Congresso, o dr. Eduardo Cunha. As suas palavras foram taxativas e ameaçadoras; se o Supremo aceitar o pedido de Michel Temer, que todos sabem é o vice-prresidente, líder do impeachment e arquiteto do apeamento do PMDB do poder, que saltam como ratos quando o barco pode afundar, é característicos destes animaizinhos.

Ora, com isso, Cunha afirmou que vai aceitar e tramitar vários, cerca de nove pedidos de Impeachment contra a presidente Dilma, isso é Justiça, isso é democracia, isso fará bem para o país. Este deputados que estão a promover o impeachment eles o fazem em nome da Justiça ou em nome próprio, para limpar sua "barra" na justiça, com a Operação Lava Jato todos os dias descobrindo podres do Congresso eleito democraticamente, são quase 30o. políticos envolvidos e na sua maioria deputados federais, eis a justicinha do impeachment atual que sem o plebiscito vai trazer outros e outros se não conseguirem com este; chutarem a presidente do cargo, onde ela, até então, conquistou com as mesmas armas e truques que todos que foram eleitos. Deve ter tido de tudo, compra de voto, dinheiro de empreiteira, mentiras, promessas.

Os juízes do STF-Supremo Tribunal Federal assistem a tudo isso, passivos e eloquentes, alguns outros taciturnos, outros estrelas e astros. Cadê a Justiça brasileira que quando se precisa dela ela se esconde atrás da capa preta, não deixa filmar, fotografar e não fala, nada, nada a declarar. Não age com a opinião pública, a justiça de lixa se houver passeada de um milhão ou dois milhões. No entanto, é quem tem tudo nas mãos nas horas de indecisão. Como provar se houve fraude nas eleições, se a chapa Dilma-Temer, recebeu dinheiro de empreiteiras e que esse dinheiro era ilegal, que houve favorecimento para qualquer uma das investigadas em impostos e em obras do governo. Então, precisaria parar o país, a economia? Essa pára porque os capitães de indústrias, o bilionários não gostam de mulher no governo, não gostam de comunista no governo, não estão lucrando como os banqueiros, como a empreiteiras, então resolveram desde o primeiro mandato puxar o tapete que quem está sentado ou anda sobre ele, o tombo é proporciona ao uso.

Acredito que não seja a frase perfeita, mas Justiça que tarda, não é justiça. Não é sofisma, não é de efeito, para o Brasil, de hoje, e de muito tempo, aplica-se em grau, número e gênero, cai como uma luva, como diziam os antigos. Quantas pessoas morreram e sequer tiveram a honra de serem recebidos pelos juízes em julgamento de seus processos. Quantos filhos sem pai ficaram na miséria e na vergonha a vida toda devido aos embaraços da justiça, falta de dinheiro, não tem advogado, do Estado, demora quase que a vida toda e mesma assim sai torto. Enfim, as covas rasas é que podem falar sobre isso.

Quando se comentou, em ter algum mecanismo sobre a Justiça, ninguém conseguiu se fazer nada. Luiz Fux, hoje juiz, da Suprema Corte Federal, foi designado para cargo com autonomia de ministro e proferiu algumas palestras onde ganhou, obviamente e depois enfiou a viola no saco e não fez Reforma no Judiciário, alguma. Com isso deve ter conseguido o cargo de juiz como atua agora que é vitalício, será que qualquer cidadão merece isso diante do Estado brasileiro da miséria e pobreza de sua gente? dúvida cruel e atroz que corrói que pensa em igualdade, distribuição de renda. Sabe a época disso, do mensalão e do primeiro para o segundo governo de Luiz Inácio Lula da Silva, estranho.

Não os magistrados brasileiros se julgam acima da democracia, da lei e eles podem quando estão nos dias de estrelismo, em suas entrevistas apontar Reformas Tributárias, Políticas, Educacional, na Saúde enfim até mesmo no Fardão da Academia de Letras, mas no judiciário não, aqui é nós e ponto final.

Assim caminha o Brasil, a passos largos para o fundo do poço, depois de cair, sai e começa a caminhar para o principício novamente com a data vênia dos brasileiros nacionalistas e verde amarelos que cantam o Hino Nacional com a mão no coração, mas que deixam processos ficarem mais de anos, a miséria aumentar, a pobreza se tornar crônica, a educação e a saúde sucatearem. Enfim o Brasil para sempre, para sempre.

fonte:

Dra. Claudia Elenice de Oliveira, Eduardo Cunha, advogados do Banco do Brasil:    
PAULA RODRIGUES DA SILVA119133 N - MG
PAULO EDUARDO PRADO131369 N - MG
dr. Benedicto Celso Benicio Júnior, advogado do Banco Itaú, dr. Felippe Rabello dos Santos e seus colegas, presidente da OAB, que entou com impeachment, entrou na ciranda dos impeachments no Brasil, e na roda dos afortunados, os 513 deputadores federais, os deputados estaduais e vereadores, enfim a chamada classe que se transformou em categoria, hoje no Brasil, é profissão, os políticos.
Um advogado que conseguiu do segundo juiz um processo não não cabia processar a pessoa, mas eles conseguiu, Anderson Figueiredo, ganhou um apartamento na revelia, ainda por cima.
E, a todos que trabalham com a justiça, mas não lutam pela justiça, ganham salários e "fazem" justiça conforme seu interesse, é o que mais ocorre no Brasil.
Ouvidoria, aqueles que lhe atendem e não resolvem nada. Dr. Francisco da Corregedoria, muito solicito, mas não tem autonomia sobres os juízes volto a lembrar nada acontece.

Advogados brasileiros, que na sua maioria, são coniventes com todo o esquema e não reagem, não fazem absolutamente nada. Enfim para que ser Tiradentes, que muitos historiadores chamam de traidor, de bode expiatório. Como Lampião, jagunço, cangaceiro. E, os que vão para as ruas e reividicam melhorais, tarifas e transporte condizentes, baderneiros, vândalos...

As Ouvidorias, que nunca resolvem nada quanso se reclama com eles. Aos Corregedores que não lhe atendem e também não resolvem, parecem mesmo que possuem restrições de conversar com os juízes. Enfim, a la machine, que destrói a Justiça em detrimento de poucos para a desorganização da maioria. Assim se aumenta a onda de violência, crimes, assaltos, estupros, assassinatos, planos maquiavélicos e diabólicos para enriquecer. Enfim quando a Justiça tarda, tudo acontece ao dobro, quanto mais tarde, ao triplo.


Marcelo dos Santos
jornalsita - MTb 16.539 - SP/SP

Jornal de Saúde informa

Férias escolares: momento importante para atualizar a caderneta de vacinação das crianças e adolescentes

Rio de Janeiro, novembro de 2018  – Férias escolares, viagens, família reunida e festas de fim de ano. Além de todas essas comemora...

Jornal de Saúde